Erro ortográfico impede hacker de roubar quase mil milhões a um banco

Um erro de digitação de um hacker numa transferência online de fundos ajudou a impedir um roubo de quase mil milhões de dólares, envolvendo o banco central do Bangladesh e o Federal Reserve de Nova York.

Entre 4 e 5 fevereiro, os hackers fizeram-se passar pelo banco do Bangladesh e pediram a transferência de 870 milhões de dólares (cerca de 785 mil euros) do Federal Reserve Bank de Nova Iorque para “organizações não governamentais” das Filipinas e Sri Lanka.

No entanto, uma transferência de 20 milhões para uma organização sem fins lucrativos do Sri Lanka não foi aceite porque os hackers escreveram incorretamente o nome da ONG Shalika Foundation.

Uma fonte das autoridades afirmou que os hackers escreveram incorretamente a palavra “foundation”, digitando antes “fandation“.

De acordo com a Reuters, a palavra errada fez com que o Deutsche Bank, responsável pela transação, percebesse que alguma coisa estava errada e pedisse esclarecimentos ao Banco Central do Bangladesh, que interrompeu a transferência.

O Banco do Bangladesh tem milhares de milhões de dólares numa conta corrente no Fed, utilizada para acordos internacionais. As transações que foram interrompidas totalizavam entre 850 milhões de dólares e 870 milhões de dólares, de acordo com as autoridades.

Os hackers, que ainda não foram identificados, ainda conseguiram levar cerca de 80 milhões de dólares num dos maiores roubos a bancos já conhecidos na história.

Como aconteceu

A ação dos hackers teve início com a invasão dos sistemas do Banco Central do Bangladesh para roubar credenciais para transferências de pagamentos, afirmaram duas fontes da instituição monetária.

Posteriormente, os hackers bombardearam o Fed de Nova Iorque com dezenas de pedidos de transferência de dinheiro da conta do Banco do Bangladesh para outras entidades nas Filipinas e Sri Lanka.

O Banco do Bangladesh afirmou que recuperou parte do dinheiro roubado e que está a trabalhar com autoridades contra lavagem de dinheiro nas Filipinas para tentar recuperar o restante.

Mais de um mês depois do ataque, as autoridades do Bangladesh estão a ter dificuldades para rastrear o dinheiro, reforçar a segurança, além de identificar as fraquezas no sistema. As autoridades afirmaram que há poucas esperanças de descobrir quem são os hackers e que pode levar meses até que o dinheiro seja recuperado – se é que será.

O ataque aconteceu entre 4 e 5 fevereiro, quando os escritórios do banco central estavam fechados.

Inicialmente, o Banco Central não tinha certeza se o seu sistema tinha sido invadido, mas as autoridades afirmam que especialistas em cibersegurança que investigaram o caso encontraram “pegadas” dos hackers que sugerem que o sistema foi comprometido.

Os especialistas também determinaram que o ataque foi originado fora do Bangladesh e as autoridades do banco central afirmaram que a instituição está a tentar determinar como é que os hackers conseguiram entrar no sistema.

B!T

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O Banco do Bangladesh tem milhares de milhões de dólares numa conta corrente no Fed, utilizada para acordos internacionais.
    Hum acho dinheiros duvidosos e para que servem realmente

Balões da Google já "espalham" Internet nas vilas remotas do Quénia

Em 2013, surgiu a ideia de enviar balões para o Espaço próximo para conectar pessoas em locais do mundo sem Internet. A ideia, que parecia uma loucura, já é realidade. Depois de uma longa série de …

Descoberta nova espécie de dinossauro carnívoro em Portugal

Um novo género e espécie de dinossauro carnívoro terópode, cujos fósseis foram escavados em arribas dos concelhos de Torres Vedras e da Lourinhã, foi agora descrito na revista internacional "Journal of Vertebrate Paleontology" por paleontólogos …

The Crown. Afinal, vem aí uma sexta temporada

Peter Morgan, criador, produtor e argumentista de The Crown, anunciou esta quinta-feira (9), através do Twitter da plataforma de streaming Netflix, que a série britânica terá uma sexta temporada. “Quando começamos a discutir as histórias da …

Observatório Gaia revoluciona o rastreamento de asteroides

O observatório espacial Gaia da ESA é uma missão ambiciosa que tem o objetivo de construir um mapa tridimensional da nossa Galáxia, fazendo medições de alta precisão de mais de mil milhões de estrelas. No entanto, …

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas na Índia em apenas 10 dias

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas no estado de Bihar, no norte da Índia, no espaço de dez dias, noticia a AFP, que escreve que os números podem aumentar nos próximos tempos devido às alterações …

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …

Homicídios disparam na maioria das cidades norte-americanas durante a pandemia

O número de homicídios cometidos em solo norte-americano disparou na maioria das cidades do país na primeira metade de 2020, comparativamente com o mesmo período do ano passado, revela uma investigação do New York Times. …

Investigadores desenvolvem robô-cientista (e já descobriu um novo catalisador)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Liverpool, no Reino Unido, construiu um robô-cientista móvel inteligente, que realiza experiências sem ajuda humana. O novo robô-cientista toma decisões sozinho e já descobriu um novo catalisador. Segundo a …

Sérgio Figueiredo deixa direção de informação da TVI

Sérgio Figueiredo saiu do cargo de diretor de informação da TVI, anuncia a estação de televisão em comunicado enviado às redações. A cessação de funções é efetiva a partir desta sexta (10) e põe fim a …