Entrada em bolsa da AliBaba poderá vir a ser a maior de sempre

B!T

Jack Ma, CEO da AliBaba

Jack Ma, CEO da AliBaba

Depois de na semana passada ter apresentado a sua Oferta Pública Inicial (IPO), a Alibaba conseguiu no mais do que breve espaço de dois dias conquistar financiamento suficiente para cobrir a totalidade do negócio.

A empresa chinesa de comércio electrónico Alibaba, a maior do mundo à frente da Amazon, poderá estar na iminência de lançar a maior IPO de sempre, caso venha a ser vendido um conjunto adicional de ações para responder à grande procura.

Se tal se vier a verificar, a Oferta Pública Inicial da chinesa poderá ascender aos 24,3 mil milhões de dólares, ultrapassando a de 22,1 mil milhões de dólares apresentada pelo Agricultural Bank of China em 2010.

A empresa e alguns dos seus accionistas ofereceram 320,1 milhões de títulos conhecidos como ADS (American Depositiary Shares) a preços compreendidos entre os 60 e os 66 dólares cada um, embora o preço máximo possa, de acordo com a agência noticiosa Bloomberg, atingir os 70 dólares.

Uma fonte familiarizada com o negócio afirmou que a Alibaba deverá ainda hoje alterar a sua IPO, lançada na Bolsa de Nova Iorque, colocando-a sob um preço mais elevado do que o previamente estipulado, depois do reformulado valor ser negociado com investidores e entidades financeiras.

Jack Ma, o magnata chinês que agarra com pulso firme o leme da Alibaba, disse hoje que intenta estender e cimentar as suas operações nos Estados Unidos e na Europa, depois do negócio insólito estar finalizado.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

Morreu Bunny Wailer, derradeiro ícone do reggae

O cantor e percussionista jamaicano Bunny Wailer, uma lenda do reggae, morreu esta terça-feira, aos 73 anos, no Andrew’s Memorial Hospital de Kingston, o que marca o fim de uma época para este movimento musical. A …

Exilados sauditas sentem-se em perigo após dissidente desaparecer no Canadá

Exilados sauditas no Canadá temem que o dissidente que está de volta ao país de origem tenha sido forçado a revelar informações sobre a comunidade exilada. De acordo com o jornal Público, os exilados sauditas no …

Internamentos voltam a diminuir. Há mais 979 casos e 41 mortes

Portugal registou esta quarta-feira 979 novos casos de infeção por covid-19 e mais 41 mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …

Festas ilegais aumentaram nos últimos 15 dias. PSP já deixa avisos para a Páscoa

Numa altura em que a população já está confinada há mais de um mês, a tendência é cada vez mais para sair de casa e procurar algum contacto social. Por isso mesmo, a PSP já …

Pediatras pedem reabertura urgente das escolas. Professores querem ser consultados na elaboração do plano

A Sociedade Portuguesa de Pediatria defende a reabertura urgente das escolas especialmente o ensino pré-escolar e nos 1º e 2º ciclos do ensino básico, chamando a atenção para as consequências do fecho no desenvolvimento das …

Ventura propõe tirar subvenções a políticos condenados a mais de três anos de prisão

O deputado único do Chega entregou esta terça-feira no parlamento um projeto de lei para retirar, incluindo retroativamente, as subvenções vitalícias a ex-titulares de cargos políticos condenados por crimes "com pena de prisão superior a …

PGR analisa carta que culpa o Governo por "borla fiscal" à EDP na venda de barragens

O Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) está a analisar uma carta do Movimento Terra de Miranda que questiona a autorização dada pelo Governo à venda de seis barragens transmontanas por parte da …

Biden prevê vacinas para todos os adultos antes do fim de maio

Joe Biden assegura que até maio o país terá vacinas suficientes contra o covid para todos os adultos do país, dois meses antes do previsto. O presidente do EUA anunciou que até ao final de maio …

Pandemia não é “uma competição ou um concurso de beleza entre países”

O presidente da Aliança Global para as Vacinas (GAVI), Durão Barroso, defende que o processo de vacinação mundial contra a covid-19 não deve ser “uma competição ou um concurso de beleza entre países” e lança …

Sarkozy admite recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos

O ex-Presidente francês admite recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos contra a sua condenação a três anos de detenção, um em prisão efetiva, por corrupção e tráfico de influência. Numa entrevista ao jornal Le Figaro, …