Enfermeiro norte-americano teve teste positivo após receber vacina. E é normal

Um enfermeiro norte-americano de 45 anos foi diagnosticado com covid-19 seis dias depois de ter tomado a primeira dose da vacina contra a doença. Contudo, a situação não surpreendeu os especialistas, e deixa em evidência a importância de manter as medidas de higienização e de distanciamento social.

Segundo a ABC, Matthew W. tomou a primeira dose da vacina da Pfizer no dia 18 de dezembro. Seis dias depois, o enfermeiro, que trabalha na cidade de San Diego, na Califórnia, apresentou sintomas compatíveis com a covid-19. Após realizar o teste, foi diagnosticado como positivo.

Apesar de inesperada, a situação não surpreendeu os especialistas em saúde pública, uma vez que o enfermeiro só tinha tomado a primeira das duas doses da vacina e ainda não tinha passado tempo suficiente para que a imunidade se começasse a desenvolver no seu corpo.

Christian Ramers, especialista em doenças infecciosas, explicou, em declarações à estação televisiva, que os médicos sabem “pelos ensaios clínicos realizados, que demora 10 a 14 dias até estar criada a proteção fornecida pela vacina”. Segundo o médico, , mesmo após esses dias, só a segunda dose da vacina concluirá o processo de imunização.

“Pensamos que a primeira dose dê cerca de 50% (de imunidade) e é preciso uma segunda dose para chegar aos 95%“, referiu. A vacina da Pfizer é tomada em duas doses, separadas por um período de três semanas, e mesmo após a segunda dose, tem uma eficácia comprovada de 95%.

O especialista diz que, por esta razão, o caso do enfermeiro não levanta qualquer questão sobre a eficácia da vacina, acrescentando ainda a possibilidade de o enfermeiro já ter contraído o vírus antes de ser vacinado, uma vez que o período de incubação do vírus é de 14 dias.

Ramers garante que a vacina é eficaz, mas não vai acabar com a pandemia em poucos dias. “Será um processo longo, de semanas a meses enquanto distribuímos a vacina”, explicou o médico, salientando que durante todo este tempo é necessário manter as normas de prevenção atualmente recomendadas nos últimos meses.

Ana Isabel Moura Ana Moura, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Só para deixar os meus parabéns ao ZAP pela forma responsável como enquadrou o titulo desta notícia. A concorrência, infelizmente, tem recorrido ao clickbait.

  2. Totalmente de acordo com o Francisco. Informação e não sensacionalismo! Felizmente é uma situação normal dado o período que decorreu entre a vacina e os sintomas. Haja civismo, a vacinação será fundamental! Não duvidem!

Amnistia Internacional retira estatuto de prisioneiro de consciência a Navalny

A Amnistia Internacional anunciou que não pode considerar o principal opositor russo um "prisioneiro de consciência" devido a algumas declarações nacionalistas e xenófobas feitas por si no passado. Esta informação foi revelada, na terça-feira, pelo jornalista …

CGTP volta à rua com concentrações nos distritos e greves e plenários nas empresas

A CGTP vai voltar à rua pela valorização dos salários e do emprego e o respeito pelos direitos individuais e coletivos. A CGTP volta à rua com uma Jornada Nacional de Luta descentralizada para exigir melhores …

27 reúnem-se numa videocimeira para discutir restrições e a aceleração do processo de vacinação

Esta quinta-feira, os 27 reúnem-se virtualmente, numa cimeira coordenada, a partir de Bruxelas, pelo presidente do Conselho Europeu Charles Michel.  Segundo apurou a TSF, na videocimeira desta quinta-feira, os governos deverão reconhecer que a situação epidemiológica …

Em risco de perder a imunidade, Puigdemont fala em "pressão espanhola"

Carles Puigdemont, Toni Comín e Clara Ponsati estão em risco de perder imunidade. O ex-presidente do governo da Catalunha fala em "pressão espanhola" no Parlamento Europeu. O levantamento da imunidade de Carles Puigdemont e de dois …

Plano de desconfinamento a circular nas redes sociais é falso. Governo faz denúncia ao Ministério Público

Esta quinta-feira, começou a circular nas redes sociais um alegado plano de desconfinamento que teria início já no mês de março. O Governo já veio avisar que o documento é falso e vai fazer uma …

Carlos Carreiras diz que "Passos Coelho não é passado, é presente"

O presidente da Câmara de Cascais voltou a criticar a liderança do líder do PSD e, em sentido contrário, deixou rasgados elogios ao seu antecessor. Numa entrevista ao jornal Público e à rádio Renascença, Carlos Carreiras …

PSP diz que jovem que se gabou de violação no Instagram pode ter "fantasiado"

A Polícia de Segurança Pública (PSP) de Viseu afirma que "tudo leva a crer" que o jovem que assumiu, em direto no Instagram, ter violado uma rapariga estivesse a fantasiar. A PSP de Viseu identificou o …

Termina hoje o prazo para validar faturas para apresentar no IRS

Os contribuintes têm até esta quinta-feira para validar e verificar as faturas de 2020 no Portal e-fatura e que vão servir de base no cálculo das deduções no IRS. Há já vários anos que as deduções …

“Foi torturada”. Princesa Latifa escreve carta à polícia a pedir que investigue desaparecimento da irmã

Latifa escreveu à polícia britânica em 2019. O caso da sua irmã Shamsa, raptada em Inglaterra há mais de vinte anos, tem muitas semelhanças com o drama agora vivido pela princesa. A princesa Latifa, filha do …

Pelo menos oito mortos após golpe de Estado em Myanmar. ONG pedem embargo ao fornecimento de armas

Pelo menos oito pessoas morreram em Myanmar, como resultado da violência desencadeada após o golpe de Estado realizado pelos militares a 1 de fevereiro, segundo a Associação de Assistência aos Prisioneiros Políticos (AAPP). Até agora, o …