O encontro entre Obama e Trump não foi tão cordial como se disse

Michael Reynolds / EPA

O presidente eleito, Donald Trump, nem sequer olha na cara do presidente, Barack Obama. O clima foi tenso.

O presidente eleito, Donald Trump, nem sequer olha na cara do presidente, Barack Obama. O clima foi tenso.

O atual presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, recebeu esta quinta-feira na Casa Branca o presidente eleito, Donald Trump, como parte da transição de poder após a vitória do republicano na eleição de terça-feira.

Os dois reuniram-se durante 90 minutos para discutir os detalhes do processo de transição de poder. Trump assumirá o governo no próximo dia 20 de janeiro.

O atual presidente, Barack Obama, comprometeu-se a fazer “todo o possível” para ajudar Trump “a ter sucesso”. “Porque se tiver tem sucesso, então o país terá sucesso”, disse Obama a Trump.

Já o presidente eleito Donald Trump disse que “foi uma grande honra” reunir-se com Obama e que por ele o encontro “poderia ter durado muito mais tempo”. O republicano acrescentou que espera receber conselhos do democrata no futuro.

Apesar do tom cordial de ambos, algumas fotos captadas na Casa Branca indicam um claro desconforto entre Obama e Trump, que trocaram duras críticas durante a campanha presidencial.

Alguns assessores deixaram mesmo escapar que o tom não foi tão cordial como divulgado oficialmente pela Casa Branca, e que havia uma grande tensão entre os dois presidentes.

Durante a campanha eleitoral, Donald Trump chamou a Obama“o pior presidente da história” dos Estados Unidos.

Barack Obama afirmou por sua vez que Trump não estava “preparado para o cargo”.

O empresário de Nova York, agora presidente eleito, questionou também repetidamente a legitimidade da nacionalidade de Obama, que nasceu no Havaí.

Foto de funcionários da Casa Branca chateados viraliza

Uma foto com funcionários desolados da Casa Branca está a circular no Twitter entre os democratas, que afirmam que foi tirada do momento em que os funcionários da Casa Branca viram Donald Trump chegar para a reunião desta quarta-feira com Barack Obama.

Segundo parece, a foto foi partilhada inicialmente por uma mulher, que alegadamente uma londrina que se chama Emma Kennedy.

“Neste momento, todos nós somos estes funcionários da Casa Branca, que assistem à forma como Obama está a saudar Trump na qualidade de próximo presidente”, comentou Emma na quarta-deita, anexando a foto.

Depois de este post se ter viralizado, muitos utilizadores começaram a usar a imagem para os seus próprios tweets, como sendo uma foto de funcionários desolados da atual administração a assistirem ao início do encontro entre Obama e Trump.

Na realidade, a foto foi tirada quando o atual presidente estava a discursar no Rose Garden, no dia anterior, congratulando Donald Trump pela vitória – e Trump não estava mesmo presente durante o evento.

Os comentários que se espalharam por toda a rede foram logo desmistificadas pelo repórter sénior da Casa Branca no jornal norte-americano Politico, Edward-Isaac Dovere, que testemunhou o encontro entre Trump e Obama.

“Esta foto foi tirada ontem, quando Obama estava a discursar sobre os resultados das eleições. Não foi tirada hoje. Estou agora fora do Salão Oval, estão todos aqui à espera também”, diz o repórter.

ZAP / Rede GNI, Sputnik News

PARTILHAR

RESPONDER

Ministro holandês faz mea culpa. "Não fomos suficientemente empáticos" com o sul da Europa

O ministro das Finanças holandês reconheceu que foi infeliz nas posições que assumiu sobre a resposta económica à pandemia de covid-19, assumindo que mostrou pouca “empatia” com os países do sul da Europa. Em declarações à …

Estados Unidos admitem possibilidade de novo surto no outono

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos disse haver a possibilidade de o país enfrentar um novo surto depois do verão, mas lembrou que nessa altura "várias coisas vão …

Mortes em Portugal estão a aumentar desde o início do mês (sem contar com a Covid-19)

Já morreram mais pessoas em Portugal, neste ano, do que em igual período do ano passado, com especial destaque para o  mês de Março, onde a taxa de mortalidade aumentou, mesmo sem contar com as vítimas de …

PCP quer reabrir camas e decretar preços máximos nos combustíveis para enfrentar pandemia

O PCP apresentou um pacote extenso de propostas para fazer face aos impactos do surto de covid-19. Entre elas está a reabertura do Hospital Militar. O PCP apresentou um conjunto de medidas para fazer face ao …

Houseparty nega pirataria e oferece recompensa milionária a quem provar "campanha difamatória"

A aplicação favorita de quem está em quarentena está sob acusação de piratear contas de outras apps. A Houseparty nega e oferece uma recompensa de 1 milhão de dólares a quem provar a "campanha de …

"Agricultura não pára". Há trabalho no campo para os trabalhadores em lay-off

Com a época das colheitas à porta e a falta de braços no campo, a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) vai propor ao Governo a criação de plataformas de emprego temporário para permitir aos …

Covid-19. Cerimónias fúnebres proibidas em Espanha

As cerimónias fúnebres foram hoje proibidas em Espanha, o segundo país mais afetado pela covid-19 no mundo, e os funerais não podem ter mais do que três pessoas presentes, para impedir a propagação da pandemia …

Falta de meios dificulta marcação de testes à Covid-19

Os utentes do Norte referenciados pelas autoridades de saúde para fazerem o teste à Covid-19 estão a ter grandes dificuldades na marcação nos laboratórios recomendados, devido ao disparo na procura e ao facto de a …

"Impõe-se manter as medidas de contenção", diz Marcelo

O Presidente da República afirmou esta terça-feira que se impõe manter as medidas de contenção que vigoram em Portugal, referindo que essa foi uma opinião unânime na segunda reunião técnica sobre a situação da covid-19 …

Crise poderá levar a Juve a vender Ronaldo por 70 milhões

A crise financeira causada pela pandemia de covid-19 poderá "obrigar" a Juventus a vender Cristiano Ronaldo por 70 milhões de euros, avança a imprensa italiana, frisando que existem mais dois cenários em cima da mesa. O …