O encontro entre Obama e Trump não foi tão cordial como se disse

Michael Reynolds / EPA

O presidente eleito, Donald Trump, nem sequer olha na cara do presidente, Barack Obama. O clima foi tenso.

O presidente eleito, Donald Trump, nem sequer olha na cara do presidente, Barack Obama. O clima foi tenso.

O atual presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, recebeu esta quinta-feira na Casa Branca o presidente eleito, Donald Trump, como parte da transição de poder após a vitória do republicano na eleição de terça-feira.

Os dois reuniram-se durante 90 minutos para discutir os detalhes do processo de transição de poder. Trump assumirá o governo no próximo dia 20 de janeiro.

O atual presidente, Barack Obama, comprometeu-se a fazer “todo o possível” para ajudar Trump “a ter sucesso”. “Porque se tiver tem sucesso, então o país terá sucesso”, disse Obama a Trump.

Já o presidente eleito Donald Trump disse que “foi uma grande honra” reunir-se com Obama e que por ele o encontro “poderia ter durado muito mais tempo”. O republicano acrescentou que espera receber conselhos do democrata no futuro.

Apesar do tom cordial de ambos, algumas fotos captadas na Casa Branca indicam um claro desconforto entre Obama e Trump, que trocaram duras críticas durante a campanha presidencial.

Alguns assessores deixaram mesmo escapar que o tom não foi tão cordial como divulgado oficialmente pela Casa Branca, e que havia uma grande tensão entre os dois presidentes.

Durante a campanha eleitoral, Donald Trump chamou a Obama“o pior presidente da história” dos Estados Unidos.

Barack Obama afirmou por sua vez que Trump não estava “preparado para o cargo”.

O empresário de Nova York, agora presidente eleito, questionou também repetidamente a legitimidade da nacionalidade de Obama, que nasceu no Havaí.

Foto de funcionários da Casa Branca chateados viraliza

Uma foto com funcionários desolados da Casa Branca está a circular no Twitter entre os democratas, que afirmam que foi tirada do momento em que os funcionários da Casa Branca viram Donald Trump chegar para a reunião desta quarta-feira com Barack Obama.

Segundo parece, a foto foi partilhada inicialmente por uma mulher, que alegadamente uma londrina que se chama Emma Kennedy.

“Neste momento, todos nós somos estes funcionários da Casa Branca, que assistem à forma como Obama está a saudar Trump na qualidade de próximo presidente”, comentou Emma na quarta-deita, anexando a foto.

Depois de este post se ter viralizado, muitos utilizadores começaram a usar a imagem para os seus próprios tweets, como sendo uma foto de funcionários desolados da atual administração a assistirem ao início do encontro entre Obama e Trump.

Na realidade, a foto foi tirada quando o atual presidente estava a discursar no Rose Garden, no dia anterior, congratulando Donald Trump pela vitória – e Trump não estava mesmo presente durante o evento.

Os comentários que se espalharam por toda a rede foram logo desmistificadas pelo repórter sénior da Casa Branca no jornal norte-americano Politico, Edward-Isaac Dovere, que testemunhou o encontro entre Trump e Obama.

“Esta foto foi tirada ontem, quando Obama estava a discursar sobre os resultados das eleições. Não foi tirada hoje. Estou agora fora do Salão Oval, estão todos aqui à espera também”, diz o repórter.

ZAP / Rede GNI, Sputnik News

PARTILHAR

RESPONDER

O volátil, inóspito e sufocante Vénus pode afinal ter oceanos de água debaixo da crosta

Devido à elevada temperatura da atmosfera de Vénus, caso a crosta se abrisse, os oceanos de água transformar-se-iam imediatamente em vapor. Conhecido por ser um planeta com uma atmosfera quente e sufocante de dióxido de carbono …

Mais de mil ovelhas e cabras tomaram conta das ruas de Madrid (por um bom motivo)

Mais de mil ovelhas e cabras encheram as ruas de Madrid, este domingo, a propósito do tradicional Festival da Transumância, que foi cancelado no ano passado devido à pandemia da covid-19. De acordo com a agência …

Crise de abastecimento provoca escassez de camisolas de Natal

Na próxima época natalícia, os Estados Unidos podem enfrentar uma escassez de Ugly Sweaters, causada pela crise mundial dos transportes marítimos. As Ugly Sweaters são as típicas camisolas de Natal - por norma, coloridas e com …

Erupção de La Palma. Cães salvos por um grupo misterioso

Um grupo misterioso - que se auto-denomina A-Team - afirma ter resgatado vários animais "presos" devido à erupção do vulcão Cumbre Vieja em La Palma, nas Canárias. De acordo com o jornal britânico The Guardian, as …

Alec Baldwin

Assistente que entregou arma a Alec Baldwin já teria tido práticas inseguras

Uma fabricante de adereços disse que, no passado, já tinha mostrado preocupação com o facto de o assistente de realização ter protagonizado situações inseguras. No fim-de-semana, um documento judicial obtido pela CNN mostrou que a arma …

Metade dos chefes de equipa da Urgência do Hospital de Braga demitiu-se em bloco

Uma dezena de chefes de equipa da Urgência do Hospital de Braga demitiu-se esta segunda-feira, em protesto contra a falta de condições de trabalho e o "desinvestimento" no Serviço Nacional de Saúde. Contactada pela agência Lusa, …

Primeiro-ministro da Polónia acusa UE de ter "arma apontada à cabeça" do país

O primeiro-ministro polaco acusou a União Europeia (UE), esta segunda-feira, de "ter uma arma pontada à cabeça" da Polónia, ao exigir que Varsóvia reveja as reformas judiciais, ameaçando-a com sanções. Numa entrevista publicada pelo Financial Times, …

Carlos César acusa BE e PCP de terem preferido "jogos de poder"

O presidente do PS acusou, esta segunda-feira, os partidos de esquerda de terem preferido "os jogos de poder", no seguimento do anúncio de ambos do voto contra o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). "BE e …

O dirigente do PSD Paulo Mota Pinto

Mota Pinto aponta "irresponsabilidade" de marcar diretas. Rangel reforça importância de ter líder "fortemente legitimado"

O dirigente do PSD defendeu, esta segunda-feira, que o partido "está preparado" para legislativas antecipadas, defendendo que estas devem ocorrer "o mais rapidamente possível". Em declarações à agência Lusa, o presidente da Mesa do Congresso e …

EMA aprova terceira dose da vacina da Moderna a partir dos 18 anos

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) deu luz verde, esta segunda-feira, à administração da terceira dose da vacina da Moderna a partir dos 18 anos. Em comunicado, a agência refere que os dados apontam que uma …