Encontrados misteriosos “vasos da morte” numa floresta remota do Laos

Investigadores descobriram 15 locais no país do Laos, no Sudeste Asiático, que continham mais de cem enormes jarros de pedra de há cerca de mil anos. Acredita-se que os potes tenham sido usados ​​para armazenar os mortos.

Foram encontrados milhares de jarros semelhante em todos os vales e colinas do planalto central de Xiangkhoang, mas as suas origens e propósitos têm intrigado os arqueólogos há muito tempo. Uma teoria propõe que os corpos foram colocados dentro durante um conjunto complexo de práticas funerárias.

A última descoberta indica que os frascos foram espalhados por uma área maior do que se pensava anteriormente, de acordo com uma equipa de arqueólogos da Universidade Nacional Australiana. No total, identificaram 137 frascos individuais numa área florestal remota e montanhosa com a ajuda de autoridades do governo do Laos.

“Os novos sítios foram visitados apenas por caçadores de tigres ocasionais. Agora redescobrimos, esperamos construir uma imagem clara sobre a cultura e como se livrava dos seus mortos”, disse Nicholas Skopal, um dos membros da ANU em comunicado.

Outro membro da equipa da ANU, Dougald O’Reilly, diz que a distribuição mais ampla pode significar que as práticas funerárias associadas também eram mais comuns do que os especialistas supunham.

“É evidente que os potes, alguns a pesar várias toneladas, foram esculpidos em pedreiras e de alguma forma transportados, muitas vezes vários quilómetros até aos seus locais atuais”, disse O’Reilly. “Mas a razão pela qual estes locais foram escolhidos como o local de descanso final para os jarros ainda é um mistério. Além disso, não temos evidências de ocupação nesta região.”

Ao lado dos potes, os arqueólogos também encontraram discos esculpidos, que podem ter funcionado como algum tipo de marcador de enterro. Curiosamente, o lado dos discos que continham as esculturas elaboradas foi encontrado virado para baixo. Entre as esculturas, a equipa identificou círculos concêntricos, figuras humanas e criaturas. “O entalhe decorativo é relativamente raro nos locais dos jarros e não sabemos por que alguns discos têm imagens de animais e outros têm desenhos geométricos”, disse O’Reilly.

Além disso, os locais também estavam cheios de outros artefactos, incluindo cerâmicas, contas de vidro, ferramentas de ferro, jóias, equipamentos de fabricação de panos e vários frascos em miniatura.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Esse método de utilizar vasos como “caixões” é comum em antigas culturas indigenas da América do Sul. Contudo aqui os vasos eram confeccionados em cerâmica. Nesses enormes vasos eram depositados os mortos com os joelhos flexionados e bastante compactos.

RESPONDER

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …

A Alemanha quer tornar o teletrabalho um direito legal

O Governo alemão prepara-se para publicar um projeto de lei que dará aos trabalhadores do país o direito legar de trabalhar a partir de casa. A medida aplicar-se-á a todos as atividades laborais que possam …