Encontrado o local de descanso final do lendário Grande Exército Viking

(dr) Martin Biddle

Uma foto tirada em 1982 no local de escavações mostra o que podem ser vestígios do Grande Exército Viking

Uma vala comum gigante descoberta no norte da Inglaterra há quarenta anos é o lugar de descanso final do lendário Grande Exército Pagão que saqueou os reinos celtas da Grã-Bretanha durante a Idade Média.

Segundo um artigo publicado esta sexta-feira na revista Antiquity, a enorme vala comum descoberta no norte da Inglaterra há quarenta anos é o lugar de descanso final do Grande Exército Pagão, o lendário exército nórdico que invadiu e saqueou a Grã-Bretanha.

A datação correcta dos restos mortais desta vala é muito importante para nós. Não sabemos praticamente nada sobre as primeiras invasões dos vikings em Inglaterra, que foram a base para a criação das primeiras povoações escandinavas na ilha”, explica a arqueóloga Cat Jarman, investigadora da Universidade de Bristol, no Reino Unido.

Segundo a lenda Anglo-Saxónica, pequenos grupos de vikings começaram por invadir a costa oriental da Inglaterra no século VIII. Os escandinavos entenderam rapidamente que os mosteiros e igrejas britânicas eram presas fáceis cheias de riqueza, e o número de invasões aumentou significativamente nas décadas seguintes.

Quando os reis e senhores feudais anglo-saxónicos começaram a lutar contra os invasores, os vikings mudaram de táctica e enviaram para a Inglaterra um exército enorme, constituído por milhares de guerreiros originários da Dinamarca e da Noruega.

Atingindo a costa da ilha em 865, os vikings destruíram as forças da Nortúmbria e outros reinos anglo-saxões na costa leste, rumaram ao interior do país e conseguiram conquistar Mercia, um dos dois reinos mais fortes dos anglo-saxónicos. Após a vitória, os guerreiros decidiram passar o inverno na cidade de Repton, no actual condado de Derbyshire.

No final dos anos 70, os arqueólogos descobriram um grande sepulcro perto de uma igreja de Repton, no qual estavam sepultadas mais de 200 pessoas. Tendo em consideração a forma de enterro, os cientistas concluíram que essa vala comum era um vestígio do mítico Grande Exército Viking.

(dr) Martin Biddle

Escavações posteriores, como esta de 1986, revelaram que cerca de 300 pessoas estavam seputadas no local

No entanto, essas esperanças foram destruídas depois da abertura da vala. Segundo a análise por radiocarbono dos restos mortais, datavam do século VII ou VIII, tendo-se acumulado no local durante muitas décadas, e não do século IX.

Mas ao mesmo tempo, os fragmentos dos artefactos e armas tinham a idade ‘correcta’ que correspondia às datas da invasão do Grande Exército – o que causou uma grande polémica na comunidade científica.

Jarman e os colegas realizaram mais uma análise dos restos mortais, levando em conta um detalhe que os seus antecessores não sabiam: a ligação entre a dieta e a composição isotópica dos ossos e outros tecidos orgânicos.

“Se comemos apenas peixe ou outros mariscos, entra no nosso organismo uma grande quantidade de carbono cuja idade é ‘maior’ que a do carbono que entra pela comida terrestre. Isso influencia os resultados da análise”, explicou Jarman.

Levando em conta esse dado, os cientistas calcularam que todas as pessoas da vala tinham sido enterradas, quase simultaneamente, em 872-885 a.C., o que corresponde às datas em que os guerreiros do Grande Exército decidiram passar o inverno em Repton.

“Este foi o mais bem documentado erro de datação por carbono da história da ciência”, diz ao Sience Nordic o arqueólogo Søren Sindbæk, da Universidade de Aarhus. “Temos agora a oportunidade de corrigir esse erro. E apesar de não podermos concluir ainda com 100% de certeza de que este era o Grande Exército, parece agora muito mais provável”, conclui.

No futuro próximo, Jarman e os colegas planeiam verificar novamente a idade das outras valas comuns da alta Idade Média encontradas no leste da Inglaterra – para eventualmente descobrir novos vestígios do Grande Exército.

PARTILHAR

RESPONDER

Nona Sinfonia de Beethoven revela novos detalhes sobre o cérebro humano

A Nona Sinfonia de Ludwig van Beethoven, 250 anos após a sua criação, ajudou a demonstrar a existência de células conceituais no cérebro. Quase 200 anos depois da morte de Beethoven, a maior obra do músico …

Governo vai suspender devolução dos manuais escolares

O ministro da Educação informou hoje que o Governo vai suspender a devolução de manuais escolares, em curso desde 26 de junho, cumprindo a decisão do parlamento, que aprovou uma proposta nesse sentido. O plenário da …

Cuba prestes a abrir portas ao turismo (exceto aos cubano-americanos)

Depois de fechar as suas fronteiras para os turistas no final de março por causa da pandemia da covid-19, Cuba prepara-se agora para reabrir várias das suas baías ao turismo - mas há algumas exceções. …

Cidade do México enterrou os rios para prevenir doenças, mas a covid-19 resiste e prospera

Na tentativa de evitar a disseminação de doenças como a malária e a cólera, a Cidade do México enterrou os seus rios. Agora, como consequência, criou inadvertidamente as condições necessárias para a covid-19 prosperar. A Cidade …

Descoberto sistema de túneis da I Guerra onde estarão enterrados dezenas de soldados

A Agência do Património da Bélgica anunciou esta semana a descoberta de um sistema de túneis alemão da I Guerra Mundial, onde estarão, muito provavelmente, dezenas de soldados enterrados. Em comunicado, citado pela Russia Today, …

Cinco funcionários da Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia

Cinco funcionários da produtora automóvel Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia, avança o The Washington Post. De acordo com o jornal norte-americano, foram cinco os colaboradores dispensados da …

"Qual o lugar mais seguro?". Costa compara infetados no Reino Unido e Algarve

O primeiro-ministro apresentou hoje uma tabela que mostra o Reino Unido muito acima do Algarve em número de infetados com covid-19 por cem mil habitantes e pergunta qual o lugar mais seguro para umas férias …

Azul anuncia venda de 6% da TAP ao Estado por 10 milhões de euros

A companhia aérea brasileira Azul, de David Neeleman, anunciou hoje a venda de 6% da TAP, no âmbito do acordo anunciado esta quinta-feira entre o Estado e os acionistas privados, que “garante a continuação” da …

NASA cria dispositivo que o avisa para não tocar no rosto (e pode ser reproduzido em casa)

A pensar na pandemia, a NASA desenvolveu o PULSE, um colar vibratório que nos alerta se formos tocar no rosto com as nossas mãos. A pandemia de covid-19 alastrou pelo mundo e, enquanto não chega um …

Há mais 11 mortes e 374 novos casos de infecção (300 são na Grande Lisboa)

Portugal regista hoje mais 11 mortos devido à doença covid-19 do que na quinta-feira e mais 374 infectados, dos quais 300 na Região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo o boletim da Direcção-Geral da …