Empréstimo da CGD a Isabel dos Santos passou por Malta, um dos paraísos fiscais europeus

Manuel Araújo / Lusa

Isabel dos Santos

Uma investigação jornalística descobriu que Isabel dos Santos controlava 13 sociedades em Malta. Uma dessas sociedades serviu para fazer o negócio com a Caixa Geral de Depósitos para a entrada na ZON.

Segundo o Expresso, a sociedade em causa chama-se Kento Holding Limited, teve sede em Malta e é uma das 13 empresas que Isabel dos Santos gere em Valeta, de onde controla parte do seu património com a ajuda de advogados portugueses.

Foi através desta sociedade que a empresária contraiu o empréstimo à Caixa Geral de Depósitos para comprar 10% da ZON, empréstimo feito com o parecer da Direção de Risco do banco.

Caixa Geral de Depósitos deu 125 milhões a Isabel dos Santos

Em dezembro de 2009, Isabel dos Santos anunciou a compra de 10% da ZON, negócio que António Mendonça, ministro das Obras Públicas na altura, descrevia como “uma boa notícia” uma vez que “demonstrava a vitalidade da economia portuguesa”.

A operação seria parcialmente financiada em mais de metade do seu valor pelo banco público e pressupunha a venda de participações da própria CGD, da Cinveste e da ZON. Este pedido de empréstimo à Caixa para aquisição de 163,8 milhões de euros de ações da ZON foi feito através da Kento, que é detida a 100% pela empresária angolana, e tem sede em Malta.

De acordo com os Malta Files, uma investigação jornalística que o semanário integrou em 2017, Isabel dos Santos controlava 13 empresas em Valeta, várias delas com participação em cascata, o que torna mais difícil a deteção do seu beneficiário efetivo.

Malta é o destino preferido de milhares de outros empresários que vão para esse país para aproveitar as baixas taxas de tributação. Apesar de, em teoria, Malta ter uma taxa efetiva de IRC de 35% (uma das mais altas da Europa), na prática, através de mecanismos vários, é possível só pagar uma taxa efetiva de 5%.

Os Malta Files mostravam que havia 50 mil companhias estrangeiras registadas no país, 423 dos quais portuguesas.

ZAP //

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Lol e Portugal nunca tem dinheiro, se quiser mos comprar uma casa para aconchegar a nossa familia nem sequer nos dão.

    E esses corruptos tem tudo e os portugues a pagar pelas dividas do País só podem estar a brincar.

  2. Sou brasileiro e vejo que a maçã nunca cai longe da árvore mesmo.
    Meu país sofre horrores com a corrupção desenfreada e posso afirmar que tivemos a quem puxar nisso!

    • Terá sido à Itália?
      Corruption Perceptions Index 2018
      1 – Dinamarca
      22 – EUA
      30 – Portugal
      42 – Espanha
      53 – Itália
      105 – Brasil
      165 – Angola
      180 – Somália
      transparency.org/cpi2018

  3. A notícia é de que pediu um empréstimo e não de que o não está a pagar. Mas convinha confirmar porque competência falta lá para os lados da CGD.

  4. À CGD, esta dívida só lhes vai dar lucro. Quem se lixa é quem lá mete o dinheiro. Hoje em dia não há Bancos justos, mais vale fazer como os piratas e enterrar o baú debaixo da terra.

  5. não só não deixou de pagar como já amortizou parte da dívida como também viu as ações adquiridas -e que suponho sirvam de garantia- valorizadas em -creio- 10 vezes.
    a Isabel dos Santos é a mulher mais rica de África à custa dela independentement6e3 de3 ser filha de quem é ou foi.
    mais uma vez o C M ocultou os factos para ter uma capa bombástica… mas mesmo assim um jornal desses faz falta.

Costa não tinha dúvidas. O parecer da PGR sobre familiares é “absolutamente inequívoco”

O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu hoje que o parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre as incompatibilidades entre governantes e negócios com empresas de familiares é “absolutamente inequívoco”. “O parecer é absolutamente inequívoco sobre …

Jovens do mundo inteiro ocupam a ONU em inédita Cimeira do Clima

Mais de 500 jovens, representantes de mais de 140 países, ocuparam este sábado o espaço habitualmente destinado aos diplomatas da ONU. A United Nations Youth Climate Summit, primeira cimeira da juventude sobre o clima, em Nova …

Esta zebra nasceu com bolas em vez de riscas

No Quénia, foi avistada uma cria de zebra com uma particularidade: em vez de riscas, esta tinha bolinhas brancas. Habitualmente, as zebras com condições semelhantes acabam por não viver durante muito tempo. Um rara cria de …

Há rochas "saltitantes" e colapsos de penhascos no cometa da Rosetta

  Cientistas que analisam o tesouro de imagens obtidas pela missão da Rosetta da ESA descobriram mais evidências de curiosas rochas "saltitantes" e quedas dramáticas de penhascos. A Rosetta operou no Cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko entre agosto de 2014 …

PS e BE afastados "porque dá jeito" (e os riscos de andar para trás)

O líder do PSD alertou este domingo para o distanciamento do PS em relação ao BE, porque “dá jeito para as eleições”, notando ser uma tentativa de “limpar” a proximidade dos últimos quatro anos e …

A KLM vai passar a "voar" de comboio

A KLM, que já tinha sugerido que se voasse menos e se viajasse mais de comboio, confirmou que vai retirar um dos voos Bruxelas-Amesterdão, passando os passageiros a efetuar a rota sobre carris, num comboio …

Cientistas fazem reconstrução facial de um guerreiro escocês do séc XV

Cientistas reconstruiram digitalmente o rosto daquele que terá sido um membro poderoso de um clã do século XV da Escócia, que terá morrido num violento conflito com um clã vizinho. Corria o ano de 1957 quando …

Estudo mostra que os golfinhos também já são resistentes aos antibióticos

Um novo estudo realizado nos Estados Unidos mostra que os golfinhos Tursiops truncatus também já mostram resistência aos antibióticos. Não é segredo que os seres humanos usam demasiados antibióticos, tanto que estamos a desenvolver uma resistência …

Indígenas famosos pela sua saúde cardíaca começaram a usar óleo de cozinha (e a engordar)

O povo Tsimane, que vive na Bolívia, tem permanecido relativamente afastado do mundo exterior durante várias gerações, prosperando da terra e praticando formas tradicionais de caça, pesca, agricultura e recolha de alimentos. Durante vários anos, sabe-se …

Mais de 150 detidos em protestos violentos em Paris. Desta vez, sem coletes amarelos

As autoridades francesas detiveram este sábado mais de 150 pessoas numa nova jornada de protestos em Paris, onde coincidiram uma manifestação dos coletes "amarelos" com outras dois em defesa do clima e contra a reforma …