Operação Saco Azul. Empresas “zombie” terão desviado 1,8 milhões do Benfica

António Pedro Santos / Lusa

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e a SAD do clube lisboeta foram constituídos arguidos pelo crime de fraude fiscal, no âmbito da operação ‘saco azul’, confirmou esta terça-feira à agência Lusa fonte oficial dos encarnados.

Contactada pela agência Lusa, fonte oficial dos encarnados confirmou que a SAD do Benfica é um dos dois arguidos coletivos cuja constituição foi revelada esta terça-feira pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e que Luís Filipe Vieira é o único arguido individual, por presidir à sociedade em causa.

A mesma fonte disse que os advogados do clube apresentaram um requerimento, a fim de saberem se o processo está em segredo de justiça, ressalvando que em causa está um processo de crime fiscal, que nada tem a ver com questões desportivas ou ‘sacos azuis’.

O inquérito é dirigido pelo Ministério Público (MP) do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) e investiga factos suscetíveis de integrarem crime de fraude fiscal, segundo a PGR. A investigação da Autoridade Tributária (AT) remonta a 2018, quando foram feitas buscas às instalações ‘encarnadas’, por suspeitas da emissão de faturas de serviços fictícios de uma empresa informática, que o Benfica pagou.

O jornal A Bola noticia esta terça-feira que Luís Filipe Vieira foi ouvido na segunda-feira, tendo sido constituído arguido, acrescentando que outros dirigentes ‘encarnados’ devem ser ouvidos nos próximos dias, casos do administrador executivo da SAD, Domingos Soares de Oliveira, e do diretor financeiro, Miguel Moreira.

Em causa estarão 1,8 milhões de euros que terão sido pagos pelas sociedades ‘encarnadas’, durante seis meses, para pagar serviços que não foram prestados.

De acordo com as suspeitas, trata-se de um esquema que envolvia empresas que prestariam serviços fictícios, sobretudo de consultadoria informática, passavam faturas, mas os serviços nunca eram prestados, detalha o Correio da Manhã.

O objetivo, continua o mesmo jornal, passava por “retirar dinheiro da SAD do Benfica, de forma justificada, e sem ninguém perceber”. As empresas em causa são consideradas “zombie”, uma vez que têm muito pouca ou quase nenhuma atividade de faturação.

Terá sido alerta bancário sobre movimentações financeiras fez soar os alarmes da PJ.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Desviar!?!? Estas empresas são plataformas de pagamentos ilícitos (neste caso da direcção do Benfica). Muito provavelmente para obtenção de favores (corrupção?). Não faz sentido um clube de futebol com o orçamento do Benfica lavar 1,8M para fugir aos impostos …

  2. Sou Benfiquista e minha opinião do presidente é que ele elevou o benfica para um patamar que já não tinhamos á muitos anos, mas a ser verdade isto, confesso que se for preso acho justo ele e todos os ladrões do meu País, como esse Pinto da Costa, Valentim Loureiro e todos, sou Benfiquista mas não sou parvo, prisão.

  3. Os casos são tantos e variados que o Benfica parece ser uma central de corrupção e ilicitudes neste país, têm carta branca e é só deixar correr o tempo para que se confirme o que escrevo, a montanha irá parir um rato ou nem isso sequer!

  4. “… para pagar serviços que não foram prestados”. Ai não foram.. Basta olhar para os últimos campeonatos dos vermelhos, e a total impunidade face à manipulação desportiva já desmascarada, para perceber que os serviços foram e continuam a ser muito bem prestados!

RESPONDER

Número três do Benfica suspeito de fraude fiscal

Os investigadores da Operação Saco Azul suspeitam que o Benfica desviou 1,4 milhões de euros, dos 1,8 milhões que pagou à empresa informática Questão Flexível. O semanário Expresso avança, na sua edição desta sexta-feira, que o …

OE2022: PCP já reuniu com o Governo, mas chuta discussões para pós-autárquicas. BE resgata propostas

O Governo já começa a apalpar terreno à esquerda para as negociações do Orçamento do Estado para 2022. O executivo reuniu com o PCP, mas o partido diz que só negoceia após as autárquicas. BE …

Harry Kane a caminho do Manchester City por 187 milhões de euros

A confirmar-se este valor, esta será a segunda maior transferência da história, superada apenas pela saída de Neymar do Barcelona para o PSG em 2017. Segundo avança o The Sun, Harry Kane está mesmo a caminho …

Benfica fez sondagem por Kaio Jorge

O jovem ponta-de-lança estará a ser cobiçado pelos italianos do AC Milan, mas os encarnados também não quiseram ficar para trás. De acordo com o jornal Record, o Benfica fez uma sondagem por Kaio Jorge, o …

Governo propõe que avós ou tios possam usufruir de licença parental

O Executivo propôs aos parceiros sociais que, quando a mãe ou o pai de uma criança estão impedidos de gozar a licença parental, os familiares diretos, como avós, tios ou irmãos, possam fazê-lo e receber …

"Jogo de passa-culpas". Detenção de Vieira abre guerra entre Novo Banco e Fundo de Resolução

O Novo Banco acusa o Fundo de Resolução pelo facto de a venda da dívida da Imosteps, empresa de Luís Filipe Vieira, não ter sido vendida isoladamente a um fundo. A detenção de Luís Filipe Vieira …

Santa Clara vence na Macedónia do Norte e está mais perto da Europa

O Santa Clara venceu hoje por 3-0 na visita ao Shkupi, em jogo da primeira mão da segunda pré-eliminatória da Liga Conferência Europa, disputado em Skopje, na Macedónia do Norte. No estádio Arena Nacional Todor Proeski, …

Testes e certificados covid falsos à venda na Internet

Existem cada vez mais casos de venda ilícita de testes negativos e certificados covid. Alguns documentos estão à venda na Internet por 21 euros. Com a obrigatoriedade de apresentar testes negativos à covid-19 ou certificados de …

Sporting quer faturar até 35 milhões de euros com Jovane e Matheus Nunes

O Sporting quer faturar em grande com as vendas de Jovane Cabral e Matheus Nunes. Os 'leões' esperam conseguir uma verba entre os 28 e os 35 milhões de euros pelos dois jogadores. Esta pode ter …

Programa para aumentar notas em escolas de contextos desfavorecidos falha em toda a linha

A investigação, para além de comparar notas internas e notas de exames nacionais de escolas públicas de contexto desfavorecidas com as restantes, debruçou-se também sobre campos como as taxas de retenção, as desistências, os “chumbos” …