Empresa que contratava médicos para prisões não pagou e fugiu com o dinheiro

Mário Cruz / Lusa

Uma empresa adjudicada pelo Estado para a contratação de profissionais de saúde para prisões não pagou aos trabalhadores e fugiu com o dinheiro. Está incontactável desde então.

A Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP) adjudicou à Corevalue Healthcare Solutions, Lda. a contratação de médicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, auxiliares de ação médicas e outros profissionais de saúde para o preenchimento de horas em prisões durante o ano passado.

No entanto, a empresa em causa não terá pago aos trabalhadores contratados e está, neste momento, incontactável. A notícia é avançada esta terça-feira pelo DN. Ao que o jornal apurou, há já vários processos em tribunal por dívidas pela prestação de serviços à Corevalue Healthcare Solutions.

A DGRSP explica que a responsabilidade está na empresa contratada e que, por isso, não há muito que possa fazer.

O Estado está a confiar em empresas onde não há contratos, onde tudo é feito ao telefone ou por e-mail, contactos que só são disponibilizados depois de nos inscrevermos no site deles para nos candidatarmos às horas disponíveis e de termos sido aceites, mas neste momento já nem estes contactos estão ativos”, disse ao DN, Inês Carriço, umas das enfermeiras lesadas.

Além disso, a mesma enfermeira relata que em 2017 a empresa pagou-lhe pelo trabalho, mas não pagou à Segurança Social, deixando-a com um dívida de 400 euros.

Só em Lisboa, a Corevalue Healthcare Solutions deve mais de 40 mil euros a pelo menos 30 profissionais de saúde. A nível nacional, acredita-se  que os valores sejam ainda mais elevados.

A empresa continua a estar identificada como de prestação de serviços na área da saúde, apesar de estar incontactável. No seu site lê-se que tem entre 11 e 50 funcionários e que tem contratos públicos desde 2015.

Em março deste ano foi denunciado um caso semelhante de uma empresa que ganhou um concurso público, deixou trabalhadores com ordenados em atraso, tinha um recluso a gerir a empresa a partir da prisão e desapareceu misteriosamente.

No total, a Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais pagou 243 mil euros a uma empresa de prestação de serviços que desapareceu repentinamente e que tinha como missão colocar profissionais e garantir a prestação de cuidados de saúde a reclusos de 17 cadeias.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Não tenho grande pena dos médicos. Também eles têm por hábito roubar os clientes nos preços loucos que cobram por consulta, sobretudo num país como o nosso com um salário mínimo e médio tão baixo.

    • Nem duvidem que é, quem pôs a funcionar o sistema de contratação por empresas privadas o agenciamento de pessoal? foi por ventura o largo do rato?

RESPONDER

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …

Al Gore diz ser o maior fã de Greta Thunberg

Al Gore, antigo vice-presidente de Barack Obama e autor do documentário ambiental "Uma verdade inconveniente", elogiou esta semana o trabalho desenvolvido pela ativista sueca Greta Thunberg, dizendo ser o seu maior fã. "Sou o seu …

A água é comum nos mundos extraterrestres (mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava)

A presença de água em exoplanetas é comum, mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Para chegar a …

"Encontrei a minha alma gémea". Presidente do Flamengo disposto a (quase) tudo para segurar Jesus

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, ficou encantado com Jorge Jesus logo quando o conheceu. É o que o dirigente diz numa entrevista, onde admite que encontrou a sua "alma gémea", não revelando dados sobre …

COP25: uma traição ao Acordo de Paris "e às pessoas em todo o mundo"

Organizações não governamentais ambientalistas consideraram que os projetos de resolução que a cimeira do clima da ONU tem para aprovar são "uma traição" do Acordo de Paris e dos milhões de pessoas que sofrem com …

Governo admite novo aumento extra das pensões (com a simpatia das Finanças e de olho na geringonça)

O Governo está a equacionar um novo aumento extraordinário das pensões no âmbito da preparação da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020). A medida agrada a PCP e Bloco de Esquerda e terá …

Na última noite no Porto, Óliver foi sozinho à Ponte D. Luís (e vieram-lhe as lágrimas aos olhos)

O médio espanhol Óliver Torres confessa que a sua saída do Porto foi "emotiva" e que se despediu do clube e da cidade na Ponte D. Luís, de noite e sozinho, com "as lágrimas nos …

Costa e Centeno discutiram no Conselho Europeu (e foi Centeno quem ganhou)

António Costa e Mário Centeno envolveram-se numa "discussão directa" em pleno Conselho Europeu que deixou os restantes membros do Eurogrupo perplexos. Em causa esteve o primeiro orçamento da Zona Euro, com o primeiro-ministro de Portugal …