Empresa a operar em Espanha e Portugal investigada por má gestão de resíduos da covid

Brais Lorenzo / EPA

Uma empresa multinacional está a ser investigada pela Guardia Civil espanhola, em estreita colaboração com a Guarda Nacional Republicana (GNR), devido a uma alegada má gestão de resíduos sanitários da covid-19.

A Guarda Civil espanhola, em estreita colaboração com a Guarda Nacional Republicana (GNR), está a investigar uma empresa multinacional por má gestão de resíduos sanitários associados à covid-19 em Portugal e Espanha.

De acordo com o Observador, a operação Ribio levou já à detenção de 20 pessoas e a diligências nas sedes da empresa em várias regiões de Espanha, mas também em Portugal. O comunicado da Guardia Civil não identifica a empresa em causa, referindo apenas que se trata de uma holding norte-americana com sede em Londres.

Segundo a nota, a empresa “reduzia custos com embalagem, manuseio e equipamentos de proteção”, com o consequente aumento do “risco de disseminação do vírus”. A ação, levada a cabo pelo Serviço de Proteção da Natureza (SEPRONA), descobriu ainda que os “resíduos infecciosos eram armazenados na rua e sem estarem numa embalagem adequada, usando um outro tipo mais económico”.

A poupança nas embalagens fazia com que “grande parte”, ao conter substâncias líquidas, “se deteriorasse”, fazendo com que o conteúdo “acabasse espalhado pela via pública”. A empresa também “assumiu um volume e um tipo de resíduos bem acima” da capacidade que detinha, assumindo lidar com três toneladas em poucos meses.

Segundo a Guardia Civil, isto terá levado “a possíveis tratamentos incorretos, que não conseguiram neutralizar a carga viral e o risco de infeção”, possibilitando também a “atuações negligentes que podiam ter gerado situações de contágio“.

Além das más práticas, a maioria dos trabalhadores “só possuía luvas como equipamento de proteção individual”. A multinacional também subcontratou outras empresas “que não estavam habilitadas para este tipo de resíduos”, nas quais os trabalhadores não possuíam nem qualificação nem protocolos de atuação.

“Este modus operandi permitia aumentar os lucros obtidos.” As práticas permitiram maximizar os ganhos obtidos pela empresa em cerca de 300% e as autoridades espanholas estimam um ganho ilegítimo de um milhão de euros.

Os responsáveis da empresa estão indiciados por crimes relacionados com a gestão irregular de resíduos, e delitos contra os direitos dos trabalhadores e a saúde pública. Podem incorrer em penas de prisão de dois a cinco anos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Novo máximo diário de mortes por covid-19. Há mais 15.073 novos casos e 293 óbitos

Portugal registou esta quarta-feira 15.073 novos casos de infeção por covid-19 e mais 293 mortes, o maior número de óbitos em 24 horas desde o início da pandemia, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde …

Três sismos abalaram a cidade de Granada na passada noite. Pedro Sánchez pede "calma"

Mais de meio milhão de pessoas que vivem em Granada, sul de Espanha, despertaram hoje inquietas depois do sobressalto causado durante a noite por três sismos de magnitude superior a quatro graus seguidos de 30 …

Isabel dos Santos vai ter mesmo de pagar 339,4 milhões de dólares à Sonangol

O Tribunal de Recurso de Paris decidiu, esta terça-feira, a favor da PT Ventures (Sonangol), no âmbito do processo de anulação interposto pela Vidatel, da empresária angolana, que terá de pagar 339,4 milhões de dólares. Em …

Islândia começou a emitir "passaportes de vacinação"

A Islândia é um dos primeiros países a emitir os chamados "passaportes de vacinação" com o objetivo de facilitar as viagens de pessoas imunizadas contra a covid-19. A questão é polémica e divide os 27 …

Máscaras compradas no supermercado só são dedutíveis no IRS com fatura à parte

As máscaras de proteção social compradas em supermercados ou lojas precisam de uma fatura à parte para serem dedutíveis no IRS, avança o Jornal de Notícias. Se foram compradas em farmácia, a a fatura habitual …

Alemanha admite reduzir tráfego aéreo "a quase nada". Irlanda prolonga terceiro confinamento

A Alemanha admite reduzir “a quase nada” o tráfego internacional com destino ao seu território devido à pandemia de covid-19, anunciou esta terça-feira o ministro do Interior. “O perigo representado pelas diferentes mutações do vírus exige …

Marques Mendes considera que "juntar PSD e Chega é naufrágio anunciado"

Apesar de considerar que o Governo está "em queda imparável", Luís Marques Mendes vê um risco de "ingovernabilidade política" quer à esquerda, quer à direita. Num artigo de opinião publicado no Diário de Notícias, Luís Marques …

Um quarto das mortes por covid-19 foram de idosos em lares

Um quarto das mortes por covid-19 em Portugal, desde o início da pandemia, foram de idosos em lares. Em pouco mais de duas semanas, morreram 827 idosos que residiam em lares. Desde o início da pandemia, …

Biden já falou ao telefone com Putin (e divergiu da postura complacente de Trump)

O novo Presidente dos Estados Unidos falou com o seu homólogo russo, esta terça-feira, naquela que foi a primeira conversa telefónica entre os dois líderes mundiais. Na chamada telefónica, Biden divergiu da postura mais complacente do …

Segurança Social paga lay-off em duas tranches. Segunda parte só irá chegar em fevereiro

A Segurança Social só vai pagar em fevereiro o apoio que garante que os trabalhadores em lay-off não sofrem cortes salariais, sem que isso signifique um encargo extra para os empregadores. A Segurança Social vai pagar, …