Empresa israelita está a ajudar o FBI a desbloquear iPhone de terrorista

Manny Valdes / Flickr

-

O maior jornal israelita avança que é uma empresa deste país quem está a ajudar o FBI a desbloquear o iPhone do atirador do massacre de San Bernardino.

Depois do FBI ter anunciado que pode ter descoberto uma solução alternativa para desbloquear o iPhone, eis que o maior jornal israelita avança que é uma empresa do país quem está por trás desta reviravolta.

De acordo com o jornal Yedioth Ahronoth, é a Cellebrite, empresa que desenvolve software forense para telemóveis, que está a ajudar as autoridades americanas a desbloquear o telemóvel do terrorista de San Bernardino.

A empresa está sediada numa cidade próxima de Tel Aviv, Petah Tikva, e tem um contrato assinado com o FBI desde 2013, ano em que Edward Snowden revelou o escândalo da vigilância da NSA.

A tecnologia da Cellebrite permite extrair informações para investigações criminais ou de inteligência, mesmo que o smartphone esteja bloqueado ou encriptado.

Isto é algo que até aqui parecia impossível, dado o braço de ferro entre a Apple e o FBI, que conseguiu uma ordem do tribunal para que a tecnológica desenvolvesse uma versão especial do iOS para este iPhone 5c.

A Apple recusou e recebeu o apoio de Silicon Valley, com gigantes como o Facebook a alinharem na posição de não desenvolver software destinado a permitir o desbloqueio de um iPhone.

A empresa israelita consegue extrair dados de 15 mil modelos de telemóveis e tablets e também consegue desenhar um mapa de conexões entre o dono do telefone e a pessoa que o mesmo contactou.

Segundo o jornal israelita, os clientes governamentais e policiais da Cellebrite estão espalhados por cerca de 90 países e já conseguiram resolver crimes complicados com a tecnologia da empresa.

Um desses exemplos aconteceu no Connecticut, nos Estados Unidos, em que o assassino foi identificado através de mensagens extraídas do seu telemóvel que o incriminavam – era o filho da vítima.

Noutro caso, a Interpol usou esta tecnologia para acabar com uma rede de criminosos que extorquíam as vítimas online graças a conteúdos sexuais.

A Cellebrite ainda não comentou a notícia, mas a Apple já veio dizer que quer saber exatamente como é que o FBI planeia quebrar a encriptação do iPhone de Syed Farook, um dos dois atiradores que em dezembro do ano passado matou 14 pessoas.

ZAP / B!T

PARTILHAR

RESPONDER

O mistério das anãs brancas com campos magnéticos incrivelmente fortes pode ter sido resolvido

Uma equipa internacional de cientistas acredita ter desvendado o mistério dos campos magnéticos incrivelmente fortes em anãs brancas: um mecanismo de dínamo. Um dos fenómenos mais marcantes da Astrofísica é a presença de campos magnéticos. Como …

Nova Iorque quer oferecer vacina aos turistas. Miami vai começar a vacinar no aeroporto

Em Nova Iorque os turistas irão receber a vacina da Johnson & Johnson e em Miami a vacina da Pfizer. Com o objetivo de reativar o turismo na cidade, as autoridades de Nova Iorque querem oferecer …

Carta misteriosa escrita por passageira do Titanic está a intrigar os peritos

Uma equipa de investigadores está a tentar desvendar um mistério que envolve uma carta que terá sido escrita por uma jovem a bordo do Titanic na véspera do naufrágio. Uma família encontrou a carta numa garrafa …

Violência na Colômbia preocupa comunidade internacional

Várias cidades colombianas continuam a ser palco de violentas manifestações contra o Governo do país, mas são reprimidas com força pela polícia e por militares. As manifestações começaram em forma de protesto contra uma reforma tributária …

Veterana de Bletchley Park tem um novo código da 2.ª Guerra para decifrar (mas precisa de ajuda)

Um casal que encontrou mensagens codificadas da II Guerra Mundial sob o assoalho está tentar decifrá-las com a ajuda do seu vizinho, um decifrador de códigos de Bletchley Park. John e Val Campbell encontraram um esconderijo …

"Caixas mistério" com animais de estimação geram indignação na China

Uma nova moda conhecida como "caixa mistério" ganhou popularidade na China. O método consiste em fazer uma encomenda através da internet e é enviada, pelo correio, uma caixa com um animal de estimação. Estas encomendas estão …

Arquivos da polícia do Estado Islâmico revelam como era a vida sob o califado

Arquivos da polícia do Estado Islâmico, conhecida como shurta, revelam como era a vida sob o califado. Os polícias eram tão bem pagos que não podiam ser subornados. Não é sempre que os regimes mirram …

Barco português detido por ancorar ilegalmente em águas da Malásia

Um navio mercante registado em Portugal está retido na Malásia por ter alegadamente ancorado em águas territoriais do país sem autorização, avançou esta sexta-feira a Guarda Costeira malaia. Num comunicado, Nurul Hizam Zakaria, diretor da agência …

”Eficácia e qualidade”. OMS aprova vacina chinesa da Sinopharm

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou, esta sexta-feira, o uso de emergência da vacina chinesa contra a covid-19 da Sinopharm. Trata-se da primeira vacina desenvolvida pela China a ser aprovada pela organização, lembra a agência …

Sem estado de emergência não pode haver confinamento de pessoas saudáveis

O constitucionalista Jorge Reis Novais defendeu hoje que sem estado de emergência que suspenda a garantia do artigo 27.º da Constituição não pode haver confinamento de pessoas saudáveis, até uma eventual revisão constitucional. Por outro lado, …