Empresa israelita está a ajudar o FBI a desbloquear iPhone de terrorista

Manny Valdes / Flickr

-

O maior jornal israelita avança que é uma empresa deste país quem está a ajudar o FBI a desbloquear o iPhone do atirador do massacre de San Bernardino.

Depois do FBI ter anunciado que pode ter descoberto uma solução alternativa para desbloquear o iPhone, eis que o maior jornal israelita avança que é uma empresa do país quem está por trás desta reviravolta.

De acordo com o jornal Yedioth Ahronoth, é a Cellebrite, empresa que desenvolve software forense para telemóveis, que está a ajudar as autoridades americanas a desbloquear o telemóvel do terrorista de San Bernardino.

A empresa está sediada numa cidade próxima de Tel Aviv, Petah Tikva, e tem um contrato assinado com o FBI desde 2013, ano em que Edward Snowden revelou o escândalo da vigilância da NSA.

A tecnologia da Cellebrite permite extrair informações para investigações criminais ou de inteligência, mesmo que o smartphone esteja bloqueado ou encriptado.

Isto é algo que até aqui parecia impossível, dado o braço de ferro entre a Apple e o FBI, que conseguiu uma ordem do tribunal para que a tecnológica desenvolvesse uma versão especial do iOS para este iPhone 5c.

A Apple recusou e recebeu o apoio de Silicon Valley, com gigantes como o Facebook a alinharem na posição de não desenvolver software destinado a permitir o desbloqueio de um iPhone.

A empresa israelita consegue extrair dados de 15 mil modelos de telemóveis e tablets e também consegue desenhar um mapa de conexões entre o dono do telefone e a pessoa que o mesmo contactou.

Segundo o jornal israelita, os clientes governamentais e policiais da Cellebrite estão espalhados por cerca de 90 países e já conseguiram resolver crimes complicados com a tecnologia da empresa.

Um desses exemplos aconteceu no Connecticut, nos Estados Unidos, em que o assassino foi identificado através de mensagens extraídas do seu telemóvel que o incriminavam – era o filho da vítima.

Noutro caso, a Interpol usou esta tecnologia para acabar com uma rede de criminosos que extorquíam as vítimas online graças a conteúdos sexuais.

A Cellebrite ainda não comentou a notícia, mas a Apple já veio dizer que quer saber exatamente como é que o FBI planeia quebrar a encriptação do iPhone de Syed Farook, um dos dois atiradores que em dezembro do ano passado matou 14 pessoas.

ZAP / B!T

PARTILHAR

RESPONDER

Google paga prémios até centenas de milhares de euros para descobrir bugs

A Google aumentou o valor dos prémios que oferece a quem descobrir bugs nos seus produtos e serviços. Alguns dos prémios podem mesmo chegar aos milhares de euros. Ganhar dinheiro ao descobrir bugs é algo desconhecido …

Identificado suspeito do incêndio no estúdio de animação no Japão. Queixa-se de plágio

Esta quinta-feira, um incêndio no estúdio de animação KyoAni provocou 33 mortos e 35 feridos. Confirmadas as suspeitas de que o desastre resultara de fogo posto e que o autor usara gasolina para propagar as …

Nunca ninguém mandou tanto tempo como Benjamin Netanyahu

Benjamin Netanyahu foi o primeiro chefe de Governo de Israel a nascer no país — em Telavive, a 21 de outubro de 1949, um ano após a criação do Estado.  Foi também o primeiro-ministro mais …

Vulcão Etna acordou e entrou de novo em erupção

O Etna voltou a acordar lançando lava de uma das crateras localizadas na área desértica do topo do vulcão siciliano, de acordo com o Instituto Nacional Italiano de Geofísica e Vulcanologia (INGV). A atividade é intermitente …

Agência Europeia para a Segurança da Aviação alerta para limitações dos Airbus 321neo

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) publicou na passada quarta-feira um estudo sobre um problema nos Airbus 321neo que pode dar origem a uma “redução do controle do avião”. O documento alerta todas as …

Carlos Vinícius por 17 milhões no Benfica. É o terceiro reforço mais caro das águias

O Benfica anunciou hoje como reforço o avançado brasileiro Carlos Vinícius, que assina por cinco temporadas, com o clube "encarnado" a pagar 17 milhões de euros ao Nápoles pela transferência. Os encarnados confirmaram a contratação do …

"Acharam que era empregado de mesa". Deputado Hélder Amaral denuncia racismo no Parlamento Europeu

O deputado do CDS-PP Hélder Amaral revela que foi vítima de racismo no Parlamento Europeu. O único deputado afro-descendente com assento parlamentar refere que "acharam que era empregado de mesa". Esta revelação foi feita por Hélder …

Há mais cinco dias para pagar o IVA (e mais mudanças noutros impostos)

Os deputados aprovaram esta sexta-feira, a proposta do Governo que altera diversos códigos fiscais, entre os quais mais cinco dias para o pagamento do IVA e eliminação de garantia para dívidas mais baixas de …

Deputado vai ser testemunha no caso do incêndio de Monchique. Mas não conhece o arguido

O deputado social democrata Cristóvão Norte vai testemunhar em defesa do suspeito do crime de incêndio, que deflagrou em Monchique em 2018, mas não conhece o arguido nem a sua advogada. O deputado foi um dos …

"Sozinhos e perdidos nas contas". O filme da direita segundo Centeno

O tempo das derrapagens e dos orçamentos retificativos pertence ao passado, defendeu, este sábado, o ministro das Finanças, Mário Centeno, considerando que PSD e CDS-PP estiveram na presente legislatura "sozinhos e perdidos nas contas". Estas críticas …