Empresa moldava banida na Europa lidera concurso de helicópteros de combate aos fogos

Estela Silva / Lusa

Uma empresa moldava proibida de operar comercialmente no espaço europeu está em primeiro lugar num concurso para o aluguer de três helicópteros de combate aos fogos em Portugal.

A Força Aérea Portuguesa (FAP) abriu um concurso no final de setembro do ano passado para o aluguer de três helicópteros pesados de combate aos incêndios, até 2023, por um valor de 18,9 milhões de euros. O objetivo é substituir os três Kamov que estão parados desde 2018.

No entanto, o concurso está a gerar polémica, uma vez que, segundo avança o Expresso, a empresa mais bem posicionada é uma firma da Moldávia que está banida de operar comercialmente no espaço europeu. Em sua defesa, a Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC) argumenta que o regulamento apenas se aplica ao transporte de passageiros.

O caso está agora na mãos de um júri, já que a concorrência que se candidatou ao concurso contestou a legalidade da empresa moldava.

Os contratos do concurso são divididos por lotes, variando de acordo com a aeronave e a duração do vínculo. Ao todo, concorreram 11 empresas a seis lotes diferentes, sendo o lote seis — relativo aos três helicópteros pesados — que está a gerar contestação. A AIM Air, da Moldávia, está para já em primeiro lugar por ter apresentado o preço mais baixo.

Isto não significa que a empresa moldava já tenha ganho o concurso, tendo ainda que apresentar certificados da empresa e das aeronaves.

As regras “não se aplicam a voos privados e a voos não-comerciais”, explicou a ANAC ao Expresso, remetendo para o decreto de legislação portuguesa que regula o trabalho aéreo. Por outro lado, as empresas concorrentes dizem que como se trata de um voo em espaço aéreo europeu, a AIM Air deveria ser proibida de concorrer.

Esta não é propriamente a primeira vez que algo semelhante acontece. Em 2018, o Governo adjudicou à Heliportugal o aluguer de três helicópteros que, por sua vez, teve de os alugar à Pecotox Air, uma empresa moldava que não tinha autorização para operar no espaço aéreo europeu.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Se esta Empresa está afastada de qualquer concurso no Espaço Europeu, como é possível que Portugal aceite o seus serviços. Em Bruxelas andam todos a dormir ??????? e o Governo quer acumular mais problemas que aqueles que já tem com a vigarice dos Kamov ??.

RESPONDER

Mulher agride médica na Urgência do Hospital de Águeda

Uma médica foi agredida, esta quinta-feira, na Urgência do Hospital de Águeda, por uma mulher que acompanhava o filho a uma consulta. De acordo com o Jornal de Notícias, a médica, de 33 anos, que estava …

Polícia do Rio de Janeiro matou cinco pessoas por dia em 2019

A polícia do Rio de Janeiro matou 1.810 pessoas em 2019, um recorde de cinco mortes por dia e um aumento de 18% em relação ao ano anterior, informou o Instituto de Segurança Pública (ISP) …

Governo dedica 20 milhões do Orçamento ao combate à violência doméstica

O orçamento total para combater a violência doméstica em 2020 é de 20,3 milhões de euros, adiantou na quinta-feira a ministra de Estado e da Presidência no Parlamento, Mariana Vieira da Silva, sublinhando o reforço orçamental …

Chega quer câmaras nas fardas e nos carros-patrulha

O Chega, liderado por André Ventura, apresentou um projeto de resolução a defender que os agentes das forças de segurança nacionais devem poder utilizar câmaras, que seriam introduzidas nas fardas e nos carros-patrulha. O partido liderado …

"Não tenho o apoio de Assunção Cristas", diz João Almeida

O candidato à liderança do CDS-PP defende que o partido deve, no imediato, fortalecer-se e depois participar numa "plataforma à direita" de alternativa ao PS, com o PSD, mas sem o Chega. "A alternativa à governação …

Campanha internacional quer salvar leões subnutridos em parque no Sudão

Várias fotografias de leões subnutridos no zoo de Al-Qureshi, no Sudão, atraíram a atenção de milhares de pessoas, que tentam agora salvar os animais. O fotógrafo Ashraf Shazly encontrou cinco leões malnutridos, enjaulados e sem …

Joacine Katar Moreira defende mais direitos para deputados não inscritos em partidos

A deputada única do Livre, Joacine Katar Moreira, defendeu nesta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos, durante uma reunião do grupo de trabalho para racionalizar os votos objecto de …

Nova universidade internacional de Soros pretende combater populismo e alterações climáticas

O filantropo multimilionário George Soros vai investir mil milhões de dólares (cerca de 904 milhões de euros) numa universidade internacional que terá como foco a oposição a governos autoritários e às alterações climáticas. Segundo avançou o …

"O índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual a nós", diz Bolsonaro

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse, durante um vídeo em direto em que comentava a criação do Conselho da Amazónia, que "o índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual …

Jorge Brito Pereira deixa de ser advogado de Isabel dos Santos

O advogado anunciou, esta sexta-feira, que saiu da sociedade de advogados Uría Menéndez Proença de Carvalho, suspendeu a atividade profissional e, como consequência, vai cessar "o patrocínio jurídico" à empresária angolana. "Face às informações publicadas nos …