Emel utiliza sensores que permitem saber onde há lugares de estacionamento livres

Michael Coghlan / Flickr

-

A empresa de estacionamento de Lisboa (Emel) anunciou hoje a criação de um projeto-piloto de sensorização de lugares de estacionamento, que arrancou no Saldanha, com o intuito facilitar a procura de lugar para deixar o carro.

Os sensores foram implementados na Avenida da Praia da Vitória (junto ao edifício Monumental), durante o mês de setembro, após a realização de algumas obras em agosto, sendo feita uma perfuração no alcatrão para colocar estes objetos, explicou hoje o administrador da Emel.

João Dias falava à agência Lusa à margem do 5.º Congresso Ibérico de Estacionamento e Mobilidade que decorre hoje e sexta-feira na Fundação Champalimaud, em Lisboa, inserido na Semana Europeia da Mobilidade.

Segundo o responsável, para conhecer os lugares de estacionamento livres (que serão apresentados através de um mapa), os clientes terão de aceder à aplicação ePark, hoje oficialmente lançada, e que terá posteriormente “novas funcionalidades”.

O projeto está ainda numa fase de testes, que devem estar concluídos no final de outubro, adiantou.

Caso esta experiência “corra bem”, o objetivo é estender a experiência a outras zonas do centro da cidade, como a baixa pombalina e a Avenida da Liberdade, exemplificou.

De acordo com João Dias, esta tecnologia também permite à empresa “verificar quanto tempo é que o carro está estacionado, ter maior conhecimento na procura e eficiência na fiscalização”.

Acresce será “bom para a cidade porque reduz o trânsito parasita”, dos condutores que procuram lugar, e que atualmente ronda os 30%, defendeu.

Relativamente à aplicação ePark, referiu que esta vai permitir pagar a utilização dos parques Emel através de um pré-carregamento feito pelo multibanco ou pelo Paypal.

A Emel está ainda a estudar formas de mobilidade partilhadas e alternativas ao automóvel individual, afirmou João Dias, acrescentando que tanto se poderá tratar de bicicletas (elétricas ou elétricas e convencionais) como de carros elétricos (com emissões reduzidas e que serão carregados na rede existente na cidade), apontou o responsável.

Na abertura do congresso estiveram, entre outras personalidades, o secretário de Estado da Administração Interna, João Pinho de Almeida, e o vereador da Segurança da Câmara de Lisboa, Carlos Castro. Ambos destacaram a importância do estacionamento na mobilidade dos cidadãos, reforçando ainda a sua vertente económica.

O evento foi organizado pela Associação Nacional de Empresas de Parques de Estacionamento e este ano, para além de abranger entidades portuguesas e espanholas, foi estendido a representantes da cidade da Praia (Cabo Verde), Luanda (Angola) e Maputo (Moçambique).

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Boa Noite
    Acho que essa informação seja de utilidade considerada excelente devido aos escassos locais de estacionamento tanto no Porto como na capital que se torna
    de uma pacieñcia de jó para não dizer de santo nesta última.
    Trata se demasiado premente e vai evitar óbvios atrasos.
    Maria Texeira

RESPONDER

NASA revela novos fatos espaciais que os astronautas vão levar para a Lua (e são pura ficção científica)

A NASA apresentou na terça-feira, na sua sede, em Washington, Estados Unidos, os novos fatos espaciais que os astronautas da missão Artemis vão usar em 2024, quando voltarem à Lua. Fatos feitos em modelos 3D, à …

Panama Papers. Mossack Fonseca não gostou do filme e processou Netflix por difamação

A dupla de sócios do escritório de advogados Mossack Fonseca, envolvido no caso “Panama Papers”, moveu um processo em tribunal por difamação contra a Netflix. A plataforma anuncia a estreia, para esta sexta-feira, do filme “Laundromat: …

Porsche e Boeing unem-se em projeto de táxi aéreo premium

A Porsche e a Boeing estão a unir esforços para explorar o mercado de mobilidade área urbana. Aproveitando os seus pontos fortes, as duas empresas prometem desenvolver um táxi aéreo para o futuro. Numa verdadeira fusão …

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …