Astrónomos descobrem “embrião” de planeta no Sistema Solar

Astrónomos no Japão encontraram um corpo celestial com 1,3 quilómetros de raio no limite do Sistema Solar. O objeto era desconhecido à ciência até agora.

É um dos talvez mil milhões de minúsculos objetos que se prevê existirem há mais de 70 anos, mas até agora não detetados, e acredita-se que este Objeto da Cintura de Kuiper (KBO) do tamanho de um quilómetro é evidência de um estágio crucial na formação de planetas.

Os astrónomos descobriram o corpo celeste com recurso a dois pequenos telescópios de 11 polegadas no telhado de uma escola na ilha de Miyako, no sul do Japão. “É uma verdadeira vitória para projetos pequenos”, disse Ko Arimatsu, que liderou o estudo publicado na revista Nature Astronomy.

“A nossa equipa tinha menos de 0,3% do orçamento dos grandes projetos internacionais e pensámos que não tínhamos dinheiro suficiente para construir uma segunda cúpula para proteger o nosso segundo telescópio. Ainda assim conseguimos fazer uma descoberta que é impossível para os grandes projetos“.

O corpo foi encontrado além da órbita de Neptuno, na Cintura de Kuiper, uma região em forma de disco em redor do distante Sistema Solar externo que se acredita ser povoada por objetos e cometas gelados.

A importância desta descoberta reside no facto de que se acredita que este objeto represente os remanescentes da formação do Sistema Solar há cerca de 4,6 mil milhões de anos. Isto é do interesse dos astrónomos, que ainda estão a tentar entender como o Sistema Solar se originou.

Tendo fotografado o anão Plutão em 2014, a espaço-nave New Horizons da NASA acaba de fotografar a MU69 de 30 quilómetros de largura de 2014, apelidada de Ultima Thule. Este novo e muito menor objeto poderia ser um estágio inicial do processo de formação do planeta entre pequenas combinações iniciais de poeira, gelo e planetas.

O corpo foi encontrado através da ocultação, a mesma técnica usada para encontrar muitos exoplanetas em sistemas distantes. Os KBOs de um quilómetro de raio são muito pequenos, escuros e distantes para serem vistos diretamente por enormes telescópios.

Por isso, os astrónomos do Observatório Astronómico Nacional do Japão decidiram usar o método de ocultação. Em vez de procurar um objeto diretamente, monitorizaram um grande número de estrelas e observaram a sombra de um objeto a passar na frente de uma dessas estrelas.

A equipa colocou dois pequenos telescópios e monitorizou aproximadamente duas mil estrelas num total de 60 horas. O resultado foi uma estrela a escurecer, um evento consistente com uma estrela a ser ocultada por um KBO com um raio de 1,3 quilómetros.

A deteção de um KBO tão pequeno indica que estes objetos são mais numerosos do que se pensava anteriormente. A equipa afirma que a sua investigação apoia modelos em que os “planetesimais” (um minúsculo planeta) crescem lentamente para objetos do tamanho de quilómetros. Depois, o crescimento desenfreado faz com se fundam em planetas.

“Agora que sabemos que o nosso sistema funciona, investigaremos a Cintura de Kuiper com mais detalhe”, disse Arimatsu. “Também estamos de olho na ainda não descoberta Nuvem de Oort“.

Acredita-se que a Nuvem de Oort, uma concha esférica teorizada de objetos gelados nos confins mais distantes do Sistema Solar, é o local de onde vêm os planetesimais e os cometas.

ZAP // Forbes

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Governo britânico decide banir Huawei da rede de telemóvel 5G

As operadoras de telemóvel britânicas vão ter de remover todo o equipamento da empresa chinesa Huawei usado na infraestrutura de telecomunicações 5G até ao final de 2027. A decisão foi tomada, esta terça-feira, numa reunião do …

Bolsonaro farto da quarentena. "É horrível", diz Presidente, infetado com covid-19

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em quarentena há quase uma semana após testar positivo para a covid-19, anunciou que vai submeter-se, esta terça-feira, a um novo exame e admitiu que vai aguardar ansioso os …

Encontrado o corpo da atriz Naya Rivera

O corpo da cantora e atriz, estrela da série televisiva Glee, foi encontrado, esta terça-feira, num lago no sul da Califórnia, anunciaram as autoridades do condado de Ventura. O corpo de Naya Rivera foi descoberto seis …

Em 2100, seis em cada dez idosos vão ser dependentes

Quase seis em cada dez portugueses idosos vão ser dependentes de pessoas em idade ativa no ano de 2100. A estimativa é do Eurostat. De acordo com uma estimativa recente do Eurostat, seis em cada dez …

Sete detidos em megaoperação policial em Viana do Castelo e no Porto

A PSP deteve, esta terça-feira, sete homens, com idades entre os 20 e os 30 anos, todos do concelho de Viana do Castelo, apreendeu “droga diversa” e material ligado ao tráfico e consumo de estupefacientes. Em …

China acusa EUA de sabotarem paz regional após posição sobre Mar do Sul da China

A China reivindica quase toda a área do mar do Sul da China e opõe-se, frequentemente, a qualquer manobra ou ação militar dos Estados Unidos na região. Esta terça-feira, a China acusou os Estados Unidos de …

45% da população ativa da Madeira está em lay-off ou no desemprego

A pandemia de covid-19 teve efeitos desastrosos no turismo e no mercado laboral da Região Autónoma da Madeira. No arquipélago, um terço da população ativa está em lay-off e o desemprego subiu 10% face a …

Líder da oposição da Nova Zelândia demite-se. "Tornou-se insustentável em termos de saúde"

O chefe da oposição da Nova Zelândia, Todd Muller, está demissionário, deixando o Partido Nacional sem liderança antes das eleições legislativas em que o centro-direita tem de defrontar a primeira-ministra Jacinda Ardern. Através de um breve comunicado, …

Costa sai de Haia sem promessas e deixa achega ao primeiro-ministro holandês

"Ou saímos todos ao mesmo tempo deste problema, ou ficamos todos no problema", disse António Costa após a reunião com o primeiro-ministro holandês sobre o plano de recuperação europeu. O primeiro-ministro, António Costa, disse esta segunda-feira …

Deputados do PS foram os mais faltosos. Iniciativa Liberal com zero faltas

A esquerda lidera o absentismo parlamentar nesta primeira sessão legislativa da XIV legislatura, prestes a terminar. De acordo com uma contabilização do Diário de Notícias, os deputados do PS foram os que mais faltaram aos 75 …