Embaixadora dos EUA na ONU demite-se (e Trump gostaria de ver Ivanka “dinamite” no cargo)

Michael Reynolds / EPA

O Presidente norte-americano reuniu-se com a embaixadora demissionária hoje na Sala Oval

Nikki Haley, a embaixadora escolhida por Donald Trump para representar os Estados Unidos nas Nações Unidas, pediu esta terça-feira a demissão do cargo para o qual foi nomeada em 2016.

O pedido de demissão foi confirmado pelo Presidente norte-americano, que indicou que a embaixadora sairá no final do ano. “[Halley] fez um trabalho fantástico“, considerou Donald Trump após ter reunido com Halley nesta manhã na Casa Branca.

Momentos antes desta confirmação oficial, vários média norte-americanos já davam conta que Nikki Haley planeava apresentar a sua demissão ao Presidente Trump.

Segundo a Associated Press, Trump caracterizou Haley como uma “pessoa muito espeecial”, afirmando que juntos “resolveram muitos problemas”. Além disso, nota a agência de notícias, o Presidente revelou que a embaixadora já tinha demonstrado vontade de abandonar o cargo na ONU há cerca de seis meses e que vai anunciar a sua sucessão dentro de “duas ou três semanas”.

Por sua vez, Nikki Haley, considerou ter sido “uma bênção ir para as Nações Unidas com um colete à prova de balas”, referindo-se à postura dura com que diz ter defendido os Estados Unidos na organização mundial – principalmente face ao Irão e à Coreia do Norte.

A embaixadora demissionária, nomeada para o cargo em novembro de 2016, não revelou as motivações que a levaram  deixar o cargo. Contudo, frisou, e tendo em conta que é um nome em ascensão no Partido Republicano, que não o fez com aspirações políticas, garantindo que não se vai candidatar nas presidenciais de 20202.

“Dei tudo de mim nestes últimos oito anos”, disse, acrescentando que acredita que “é bom haver a oportunidade de trocar com outras pessoas que possam colocar a mesma energia e poder no cargo”, rematou citada pela AP.

Antes de ser nomeada por Trump, Haley, de 46 anos, foi governadora da Carolina do Sul, tendo sido a primeira mulher a ocupar tal cargo.

Ivanka “dinamite” para o cargo

Para o Presidente norte-americano, “não há ninguém mais competente no mundo” para substituir Nikki Haley como embaixadora das Nações Unidas do que a filha, Ivanka Trump.

Em declarações à cadeia televisiva NBC após o anúncio da saída de Haley, Donald Trump disse que Ivanka Trump seria “dinamite” ao desempenhar o cargo, mas admite que se tomasse a decisão de a nomear seria acusado de “nepotismo”.

Pouco depois, e reagindo às declarações do seu pai, Ivanka escreveu no seu Twitter que “é uma honra trabalhar na Casa Branca”, afirmando ter a certeza de que Donald Trump nomeará alguém “formidável” para o cargo de embaixador da ONU, mas deicou bem claro: “A substituta não serei eu”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O monumento mais alto do cemitério de Nova Orleães conta uma história de vingança e mesquinhez

Com 24 metros de altura, o Monumento Moriarty é o mais alto no cemitério Metairie de Nova Orleães, nos Estados Unidos. A sua construção conta uma história de mesquinhez: o memorial foi uma desculpa para …

FBI detém membro de um dos mais perigosos e lucrativos grupos de hackers

O FBI deteve recentemente um alegado membro de um dos mais temidos grupos de piratas informáticos do mundo, conhecido como Fin7. O grupo é suspeito de ataques informáticos que levaram a uma receita ilícita estimada em …

Artista gráfico faz reconstrução facial de Henrique VII de Inglaterra

Um artista gráfico fez uma reconstrução ultrarrealista de Henrique VII, Rei de Inglaterra entre 1485 e 1509. De acordo com o site Live Science, Matt Loughrey produziu a imagem de Henrique VII a partir da sua …

Marcelo promulga diploma que permite festa do Avante! (mas deixa recados ao Governo)

O Presidente da República promulgou, esta terça-feira, o diploma do parlamento sobre proibição de festivais e espetáculos de natureza análoga até 30 de setembro devido à covid-19, mas com reparos sobre "a garantia do princípio …

Governo italiano vai contratar 60 mil pessoas para vigiar distanciamento social

O Governo italiano vai contratar "assistentes cívicos" para garantir que os cidadãos cumprem o distanciamento social. Depois de mais de dois meses confinados nas suas casas para conter a propagação do coronavírus, os italianos começaram a …

Rio volta a admitir que PSD viabilize Orçamento Suplementar do Governo

O presidente do PSD afirmou hoje que viabilizará ao Governo uma proposta de Orçamento Suplementar, "como tudo indica que é", que proceda à adaptação de medidas a tomar até ao final do ano para o …

J.K. Rowling anuncia novo livro infantil a ser publicado gratuitamente online

A escritora britânica J.K. Rowling, autora da saga "Harry Potter", vai publicar um novo livro infantil, intitulado "The Ickabog", um conto de fadas que será disponibilizado 'online', gratuitamente e em formato de série, a partir …

Empresa portuguesa cria cabine que faz desinfeção total em 25 segundos

A Starmodular, uma empresa com sede em Belmonte, distrito de Castelo Branco, criou um sistema destinado a espaços abertos ao público que permite a desinfeção total em 25 segundos para evitar a propagação da Covid-19, …

TAP duramente criticada por marginalização do Norte. Rio fala em "empresa regional"

Rui Rio foi apenas uma das várias vozes que criticaram o novo plano de voo da TAP, em que a maioria das ligações repostas são de Lisboa. Marcelo Rebelo de Sousa também demonstrou a sua …

Teatros e cinemas podem reabrir, mas com um lugar de intervalo

Teatros, salas de espetáculos e cinemas podem reabrir com todas as filas ocupadas e um lugar de intervalo entre os espetadores, que serão obrigados a usar máscara. Teatros, salas de espetáculos e cinemas podem reabrir, a …