Google confirma: Emails das contas Gmail estão a ser lidos por terceiros

A Google confirmou que muitos utilizadores do Gmail já tiveram os seus emails lidos por terceiros. Estima-se que sejam cerca de 1,4 mil milhões em todo o mundo.

O Wall Street Journal chama-lhe o “segredo sujo da tecnologia”. Esta segunda-feira, o jornal norte-americano publicou um artigo no qual avança que cerca de 1,4 mil milhões de utilizadores com conta no Gmail já tiveram os seus emails lidos por terceiros.

Em causa está o testemunho de vários funcionários de empresas de aplicações, explica o Diário de Notícias, que admitem ter lido “milhares” de mensagens, quer enviadas quer recebidas pelos utilizadores.

Isto acontece quando um determinado utilizador associa a sua conta a alguma aplicação, por exemplo, para planear viagens ou comparar preços, e a empresa que a gere passa a ter acesso aos emails, informação utilizada para desenvolver novas apps ou software, tendo em conta as tendências e os gostos das pessoas.

Alguns desses casos são a Edison Software, que analisou os emails para criar um novo software, e a empresa eDataSource Inc., que admite ter analisado as mensagens de correio eletrónico para melhorar os seus algoritmos.

Segundo o mesmo jornal, a Google confirmou esta prática e alega ainda que não vai contra as suas políticas, uma vez que são os utilizadores que autorizam esse acesso quando fazem a associação da sua conta ao prestador de serviços.

O jornal norte-americano recordou que, há um ano, a gigante tecnológica tinha garantido que ia impedir que os seus computadores analisassem as caixas de entrada dos utilizadores do Gmail em busca de informações para personalizar publicidade.

Esta é mais uma polémica para se juntar ao caso do Facebook, com a rede social a ser acusada de ter falhas de segurança que permitiram à empresa Cambridge Analytica recuperar os dados de 50 milhões de utilizadores e de os ter usado com fins eleitorais como, por exemplo, na campanha presidencial de Donald Trump em 2016.

A rede social admitiu que 63 mil portugueses podem ter visto os seus dados pessoais envolvidos neste caso de falha de segurança.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Eu cada vez mais é:

    Softwares: Open Source

    Sistema Operativo: Linux or Windows, mas sempre offline nas minhas estações de trabalho. Só tenho um computador portátil para ir à net. Os outros estão todos cortados da net e não os ligo nem para ctivar softwares. Ou activam offline, ou esquece.

    Contas de email: Domínio próprio e nunca partilho com aplicações. Para já nunca uso apps online pra quase nada e quando o faço, sempre que implica fazer login na Google ou no Facebook (como para fazer comentáriuos em jornais), salto logo fora. Se tiver de usar contas Gmail ou Outlook, é quase uma conta diferente para cada site que cesso… Nunca lá vão encontrar emails senão os que eles próprios enviam.

    Navegação na Internet: Quase sempre VPN e/ou browsers tipo DuckDuckGo.

    Número de telefone: Nunca jamais o dou na net. Se tenho mesmo de dar, compro um cartão SIM para o efeito e depois nunca mais o meto no telemóvel.

    Cartão de crédito: Sempre gerado um virtual com número diferente para cada transacção, com data e limite de uso correspondente à transacção em causa.

    E mesmo assim sabe Deus…

  2. Mais uma….
    Estas empresas usam e abusam… e só agora vem esta lei, quando eles já venderam e ganharam milhares de milhões com os dados dos utilizadores!…

  3. Vergonhoso! Sinceramente, espero que a ce atue sobre esta situação e que o que consiga, permita melhorar a qualidade de vida de todos europeus.
    Porém, sem cair no pessimismo, os lobbies, especulo, que circulam internamente podem no impedir. Vergonhoso!
    Depois querem votos! Querem, ganham, sugam… Parasitas…

  4. Esta frase diz tudo: “A Google confirmou esta prática e alega ainda que não vai contra as suas políticas, uma vez que são os utilizadores que autorizam esse acesso quando fazem a associação da sua conta ao prestador de serviços.”
    O que falta hoje em dia é as pessoas assumirem a responsabilidade dos seus actos. Se não lêem o que está escrito e apenas fazem “seguinte”, não se podem depois vir queixar…

    • Certo, mas o problema é que mesmo lendo, a maioria dos utilizadores não consegue perceber as implicações, porque é tudo muito vago, com termos que não significam nada, etc, etc…
      Desafio-o mostrar onde é que o Google diz CLARAMENTE que os email’s das contas Gmail poderem ser lidas por terceiros… eu ainda não encontrei!!
      Não há dúvidas que há má fé e uso abusivo dos dados dos utilizadores, que, como sabemos valem biliões – daí as “politicas” serem o mais vago possível!…

        • Sim, nesse caso é relativamente explicito, embora me pareça que possam haver utilizadores que pensem que é apenas “ver e gerir” o endereço de email e não as mensagens do email!…

          • Um endereço de email é algo fixo e não precisa de ser gerido. Se as pessoas não sabem interpretar a língua portuguesa, então não coloquem a culpa na Google. Se o pedido de permissão fosse para ver o endereço de email, estaria lá explicitamente indicado “Ver o seu endereço de email” e não “Ver e gerir o seu email”…
            Continuo a achar que esta questão nada tem a ver com o escândalo do Facebook, onde aí sim, houve acessos a dados sem permissão…

  5. pessoalmente prefiro usar contas de provedores mais ( pequenos ) nao por nao fazerem o mesmo se conseguisem,mas pela razao que lhes falta os meios ,acho estranho os estados nao se imporem mais a esta espionagem industrial,pois no meio disto tudo ,vao muitas informaçoes confidencias dos estados e governos,que provavelmente a troco de dinheiro ou beneficios fiscais,vao parar a outros,tambem nao percebo este ovelhismo das pessoas ,quando existem alternativas no caso das contas de email,ja no que toca a sistemas operativos permanentemente actualizados,para o cidadao comum torna-se complicado,falta concorrencia de nivel ao sistema das janelas 😉 privacidade na internet nao passa de mito urbano 🙂

RESPONDER

Confrontos na Catalunha. PSOE desce e extrema-direita sobe nas intenções de voto

Segundo uma sondagem para o espanhol El Mundo, os socialistas ficariam com 121 deputados e 27% dos votos. O PP cresce e o Vox pode passar a terceira força política. De acordo com uma sondagem publicada …

Hackers bloquearam mais de 30 organismos públicos em 2019

Desde o início deste ano, mais de 30 organismos públicos foram alvo de ataques informáticos, escreve o Jornal de Notícias esta terça-feira. De acordo com o diário, os hackers atacam sistemas informáticos de câmaras municipais, juntas de …

Liderança da bancada do PSD: Negrão quis sair, Rio é "boa solução" a curto prazo

Fernando Negrão, que no último ano e meio liderou a bancada parlamentar do PSD, admitiu esta terça-feira não estava disponível para continuar no cargo. "Não estava disponível [para continuar à frente da bancada] porque foi …

José Maria Ricciardi diz que está disponível para "erguer o Sporting"

José Maria Ricciardi, um dos candidatos nas eleições de setembro de 2018, anunciou através das redes sociais que está disponível para "erguer o Sporting". Na página do Facebook "Ricciardi - Erguer o Sporting", José Maria Ricciardi …

Boris Johnson volta aos Comuns para aprovar Brexit em tempo recorde e sair dia 31 de outubro

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, vai tentar esta terça-feira aprovar a legislação necessária para poder garantir que o Reino Unido sai da União Europeia no dia 31 de outubro quer haja ou não consenso na …

Líbano. Governo corta metade dos salários de políticos em resposta aos protestos

Ao quinto dia de manifestações, o governo libanês respondeu com a aprovação de um pacote de emergência de reformas económicas que deixa cair a introdução de novos impostos e passa pela redução do défice. O primeiro-ministro …

Caso Griezmann. Barcelona paga 15 milhões pelo silêncio do Atlético (e fica com benefício futuro)

Escreve o jornal espanhol El Mundo que Barcelona e Atlético de Madrid já chegaram a acordo no "caso Griezmann". O clube catalão pagou 15 milhões de euros pelo silêncio dos colchoneros, ficando ainda com benefício …

Professor detido depois de ser acusado de agredir aluno “com enorme violência”

Um aluno do 8.º ano da Escola Secundária Rainha Dona Leonor, em Alvalade, em Lisboa, terá sido esta segunda-feira agredido por um professor durante uma aula. Segundo o relato da Associação de Encarregados de Educação dos …

Gabinetes dos novos membros do Governo custam 71 milhões de euros

O novo Governo terá 70 gabinetes no total, que representarão uma despesa anual de, pelo menos, 71 milhões de euros aos cofres públicos, mais sete milhões de euros do que o último. O primeiro-ministro, António Costa, …

Fim do cessar fogo na Síria. Turquia ameaça que milicianos curdos no terreno serão abatidos

O período de cessar-fogo de 120 horas acordado entre a Turquia e os Estados Unidos (EUA) para permitir que as milícias curdas saiam do nordeste da Síria termina esta terça-feira, pelas 19:00 (20:00 em Lisboa), …