Google confirma: Emails das contas Gmail estão a ser lidos por terceiros

A Google confirmou que muitos utilizadores do Gmail já tiveram os seus emails lidos por terceiros. Estima-se que sejam cerca de 1,4 mil milhões em todo o mundo.

O Wall Street Journal chama-lhe o “segredo sujo da tecnologia”. Esta segunda-feira, o jornal norte-americano publicou um artigo no qual avança que cerca de 1,4 mil milhões de utilizadores com conta no Gmail já tiveram os seus emails lidos por terceiros.

Em causa está o testemunho de vários funcionários de empresas de aplicações, explica o Diário de Notícias, que admitem ter lido “milhares” de mensagens, quer enviadas quer recebidas pelos utilizadores.

Isto acontece quando um determinado utilizador associa a sua conta a alguma aplicação, por exemplo, para planear viagens ou comparar preços, e a empresa que a gere passa a ter acesso aos emails, informação utilizada para desenvolver novas apps ou software, tendo em conta as tendências e os gostos das pessoas.

Alguns desses casos são a Edison Software, que analisou os emails para criar um novo software, e a empresa eDataSource Inc., que admite ter analisado as mensagens de correio eletrónico para melhorar os seus algoritmos.

Segundo o mesmo jornal, a Google confirmou esta prática e alega ainda que não vai contra as suas políticas, uma vez que são os utilizadores que autorizam esse acesso quando fazem a associação da sua conta ao prestador de serviços.

O jornal norte-americano recordou que, há um ano, a gigante tecnológica tinha garantido que ia impedir que os seus computadores analisassem as caixas de entrada dos utilizadores do Gmail em busca de informações para personalizar publicidade.

Esta é mais uma polémica para se juntar ao caso do Facebook, com a rede social a ser acusada de ter falhas de segurança que permitiram à empresa Cambridge Analytica recuperar os dados de 50 milhões de utilizadores e de os ter usado com fins eleitorais como, por exemplo, na campanha presidencial de Donald Trump em 2016.

A rede social admitiu que 63 mil portugueses podem ter visto os seus dados pessoais envolvidos neste caso de falha de segurança.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Eu cada vez mais é:

    Softwares: Open Source

    Sistema Operativo: Linux or Windows, mas sempre offline nas minhas estações de trabalho. Só tenho um computador portátil para ir à net. Os outros estão todos cortados da net e não os ligo nem para ctivar softwares. Ou activam offline, ou esquece.

    Contas de email: Domínio próprio e nunca partilho com aplicações. Para já nunca uso apps online pra quase nada e quando o faço, sempre que implica fazer login na Google ou no Facebook (como para fazer comentáriuos em jornais), salto logo fora. Se tiver de usar contas Gmail ou Outlook, é quase uma conta diferente para cada site que cesso… Nunca lá vão encontrar emails senão os que eles próprios enviam.

    Navegação na Internet: Quase sempre VPN e/ou browsers tipo DuckDuckGo.

    Número de telefone: Nunca jamais o dou na net. Se tenho mesmo de dar, compro um cartão SIM para o efeito e depois nunca mais o meto no telemóvel.

    Cartão de crédito: Sempre gerado um virtual com número diferente para cada transacção, com data e limite de uso correspondente à transacção em causa.

    E mesmo assim sabe Deus…

  2. Mais uma….
    Estas empresas usam e abusam… e só agora vem esta lei, quando eles já venderam e ganharam milhares de milhões com os dados dos utilizadores!…

  3. Vergonhoso! Sinceramente, espero que a ce atue sobre esta situação e que o que consiga, permita melhorar a qualidade de vida de todos europeus.
    Porém, sem cair no pessimismo, os lobbies, especulo, que circulam internamente podem no impedir. Vergonhoso!
    Depois querem votos! Querem, ganham, sugam… Parasitas…

  4. Esta frase diz tudo: “A Google confirmou esta prática e alega ainda que não vai contra as suas políticas, uma vez que são os utilizadores que autorizam esse acesso quando fazem a associação da sua conta ao prestador de serviços.”
    O que falta hoje em dia é as pessoas assumirem a responsabilidade dos seus actos. Se não lêem o que está escrito e apenas fazem “seguinte”, não se podem depois vir queixar…

    • Certo, mas o problema é que mesmo lendo, a maioria dos utilizadores não consegue perceber as implicações, porque é tudo muito vago, com termos que não significam nada, etc, etc…
      Desafio-o mostrar onde é que o Google diz CLARAMENTE que os email’s das contas Gmail poderem ser lidas por terceiros… eu ainda não encontrei!!
      Não há dúvidas que há má fé e uso abusivo dos dados dos utilizadores, que, como sabemos valem biliões – daí as “politicas” serem o mais vago possível!…

        • Sim, nesse caso é relativamente explicito, embora me pareça que possam haver utilizadores que pensem que é apenas “ver e gerir” o endereço de email e não as mensagens do email!…

          • Um endereço de email é algo fixo e não precisa de ser gerido. Se as pessoas não sabem interpretar a língua portuguesa, então não coloquem a culpa na Google. Se o pedido de permissão fosse para ver o endereço de email, estaria lá explicitamente indicado “Ver o seu endereço de email” e não “Ver e gerir o seu email”…
            Continuo a achar que esta questão nada tem a ver com o escândalo do Facebook, onde aí sim, houve acessos a dados sem permissão…

  5. pessoalmente prefiro usar contas de provedores mais ( pequenos ) nao por nao fazerem o mesmo se conseguisem,mas pela razao que lhes falta os meios ,acho estranho os estados nao se imporem mais a esta espionagem industrial,pois no meio disto tudo ,vao muitas informaçoes confidencias dos estados e governos,que provavelmente a troco de dinheiro ou beneficios fiscais,vao parar a outros,tambem nao percebo este ovelhismo das pessoas ,quando existem alternativas no caso das contas de email,ja no que toca a sistemas operativos permanentemente actualizados,para o cidadao comum torna-se complicado,falta concorrencia de nivel ao sistema das janelas 😉 privacidade na internet nao passa de mito urbano 🙂

RESPONDER

Afinal, a economia portuguesa cresceu 2,2% em 2019 (mas está em desaceleração)

O Instituto Nacional de Estatística (INE) reviu em alta, de 0,2 pontos percentuais, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) português em 2019, situando-o em 2,2%, três décimas acima das previsões do Governo. Ainda assim, …

Deputado do PSD propõe referendo. "Concorda com a despenalização da prática da eutanásia?"

O deputado do PSD Pedro Rodrigues enviou na quarta-feira aos companheiros de bancada um projeto de resolução que propõe ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a convocação de um referendo sobre a eutanásia. De …

Alguém apostou no Placard num café fechado. Santa Casa perdeu dois milhões de euros

Durante quatro dias, a Santa Casa da Misericórdia registou o valor de dois milhões de euros em apostas, a partir de um café encerrado em Odivelas. Entre 9 e 12 de fevereiro, alguém apostou dois milhões …

Bairro da Jamaica. Novas suspeitas reabrem queixa contra agentes

Os moradores envolvidos nos confrontos de janeiro de 2019, no Bairro da Jamaica, pedem a reabertura do processo contra os agente da PSP. A defesa quer ver anulada a decisão do Ministério Público que acusou …

"Cuidados de morte." Governo acusado de cortar em cuidados paliativos para poupar dinheiro

A Associação Nacional dos Cuidados Continuados (ANCC) acusa o Governo de estar a cortar nos cuidados paliativos para poupar dinheiro. A TSF avança esta sexta-feira que a Associação Nacional dos Cuidados Continuados (ANCC) não tem dúvidas …

Novo Banco contrata detetives para seguir ex-líder da Ongoing

O Novo Banco contratou equipas especializadas compostas por investigadores privados para fazer o levantamento de todos os bens que possam ser associados a Nuno Vasconcellos, ex-líder da Ongoing. Segundo avança o Correio da Manhã esta sexta-feira, …

Eurobic nega que Teixeira dos Santos esteja a ser investigado pelo Banco de Portugal

Na quinta-feira, o jornal Público deu conta de uma investigação do Banco de Portugal (BdP) ao papel de Teixeira dos Santos no Eurobic no âmbito do caso Luanda Leaks. Agora, o banco vem a público …

Com Ferro Rodrigues "não acontecerá." Castração química não será debatida no Parlamento

Admitindo que as responsabilidades pela decisão de não admissibilidade do projeto de lei do Chega eram suas, Ferro Rodrigues deixou claro que, consigo na presidência da Assembleia da República, projetos de lei (provavelmente) inconstitucionais como …

Eleições para o Tribunal Constitucional suspensas. Boletins de voto estavam ilegais

A votação dos nomes para ocuparem as duas vagas no Tribunal Constitucional foi suspensa porque os boletins de votos que foram entregues aos deputados não estavam conforme manda a lei. De acordo com o jornal ECO, …

Chega já é a 5.ª força política em Portugal. CDS ultrapassado pelo PAN e Iniciativa Liberal

O PS mantém a distância para o PSD em fevereiro, segundo o Barómetro Político da Aximage para o Jornal Económico, que dá ainda conta que o CDS está em queda, posicionando-se apenas à frente do …