Emails desmentem ministro da Educação

Tiago Petinga / Lusa

O Ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues

O Ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues

Tiago Brandão Rodrigues disse esta semana que “em nenhum momento” impediu a exoneração de Nuno Félix e que terá sido João Wengorovius Meneses a escolher a sua equipa, mas na prática não terá sido isso que aconteceu.

O jornal i avança que houve uma troca de emails entre Brandão Rodrigues e o ex-secretário de Estado Wengorovius Meneses que prova a ingerência por parte do ministro na equipa da Secretaria de Estado do Desporto, ao contrário do que afirmou esta terça-feira à SIC.

“Em nenhum momento eu pedi a João Meneses que não exonerasse o seu chefe de gabinete. Todos os governantes têm a possibilidade real de trabalhar e fazerem tudo aquilo que querem fazer nas suas equipas”, afirmou.

Nuno Félix demitiu-se na semana passada após ter sido confrontado com as licenciaturas que nunca chegou a concluir.

De acordo com o jornal i, Meneses tinha pedido a Tiago Brandão Rodrigues que exonerasse Nuno Félix devido a falta de confiança política e à falta de capacidades para exercer o cargo, mas o ministro recusou a ideia e chegava mesmo a reunir várias vezes diretamente com Nuno Félix.

O ministro da Educação tinha conhecimento dos problemas que envolviam Nuno Félix na gestão e funcionamento do gabinete da secretaria de Estado da Juventude e Desporto e terá mesmo pedido ao antigo secretário de Estado do Desporto que não exonerasse o chefe de gabinete.

O jornal escreve que a troca de emails entre o ministro e o secretário de Estado sobre a situação de Nuno Félix ocorreu entre março e abril deste ano.

Segundo o i, o primeiro email enviado por Wengorovius Meneses a Brandão Rodrigues a pedir a exoneração de Nuno Félix, que incluiria até uma proposta de nome para substituir o chefe de gabinete, terá sido ignorada pelo ministro.

ZAP

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Um mentiroso não pode ser um bom governante. Provando-se que mentiu e aldrabou, independentemente do bom ou mau trabalho que desenvolver só tem uma solução : demitir-se ou ser demitido.

  2. E hoje em dia na politica quem não o é ?
    Sempre a mesma massa já nada existe a fazer num Pais onde domina a aldrabice e só conta o dinheiro que sacam aos Portugueses, estamos atualmente num Pais com um défice excessivo alias quase nulo de gente séria para nos governar e enquanto não acabarem os partidos isto continuará sempre…

  3. O ministro não impediu, mas ele demitiu-se! Pronto está demitido e agora?
    Já gramámos aqueles, que pelos mesmos motivos não se demitiam nem à lei da bala e tivemos que os gramar o tempo todo que eles quiseram e agora vamos ficar aqui a bater na mesma Tecla?
    Concentrem-se mas é no que é importante! Não nos distraiam… para isso já temos as telenovelas e o futebol…

  4. Já se sabe que o Observador e o I mentiram e que o Ministro da Educação saiu imaculado deste conflito que os jornais inventaram para vender jornais. Até jornalistas de direita insuspeitos que tinham subscrito a mentira como o João Miguel Tavares do Público já vieram a público retratar-se e pedir desculpa. O ZAP caiu na esparrela também, cartão vermelho.

    • Caro FP,
      Obrigado pelo seu reparo.
      O ZAP não é imune a “esparrelas”. Mas, até à hora desta edição, não “se sabe”, em sítio nenhum que nos tenha sido possível encontrar, que os jornais I e Observador “mentiram”.
      O artigo de opinião do comentador João Miguel Tavares no Público, que refere, foi publicado antes da noticia do jornal I citada neste artigo.
      Se tal se vier a confirmar, cá estaremos como sempre para disso dar notícia e igual destaque.

      • Entretanto já que a lebre foi levantada, o Zap não perdeu a oportunidade de dar um empurrãozinho ao ministro.
        São só as esparrelas em que o ZAP vai caindo…

        • Cara Eu Mesma,
          O ZAP cai nas esparrelas que não puder evitar, mas não dá nem mais nem menos empurrões do que dava quando os ministros eram outros.

  5. É isso. Há gente que não perdoa a forma como este governo foi formado e depois não conseguem separar o que é essencial do resto.
    Para sermos mais precisos o I, relata factos sem os apresentar. Diz que houve troca de mails mas não os apresenta, portanto isto é, um suponhamos.
    Por outro lado o que está em causa é que a pessoa que incorreu na falta já se demitiu. Que interessa perguntar ao ministro se sabia, se disse ou não disse pra se demitir, se quis ou não quis? O ministro deverá ter mais que fazer. Os jornalistas apreenderam a fazer perguntas na escola do futebol

  6. Um mentiroso não pode ser ministro da educação porque a manter-se no cargo terão que rebatizar o ministério par deseducação.

  7. Quando vi a expressão dele quando respondeu à pivot da Sic notei total tranquilidade e calma. Afinal estava a mentir… Os tipos são mesmo profissionais…

RESPONDER

FC Porto vai multar jogadores que estiveram em "noitada"

Uribe, Luis Díaz, Marchesín e Saravia vão ser multados pela SAD do FC Porto após terem sido retirados da convocatória do último jogo do campeonato frente ao Boavista. A festa de aniversário da esposa de Matheus …

Diretor do Polígrafo apanhado no caso Máfia do Sangue. Jornalista admite ter sido "negligente"

Durante vários anos, o diretor do jornal Polígrafo, Fernando Esteves, acumulou a função de jornalista e editor de política na Sábado com uma quota numa empresa que, entre outras matérias, tinha no seu objeto social …

Benfica, FC Porto e Sporting têm dívida superior a mil milhões de euros

No total, Benfica, FC Porto e Sporting terminaram a época passada com um passivo de 1,118 mil milhões de euros — menos 27 milhões de euros comparativamente à temporada de 2017/18. Os "três grandes" do futebol …

Tribunal de Contas chumba contrato para manter cabines telefónicas

O Tribunal de Contas chumbou o acordo do Governo com a Meo para prolongar o contrato que mantém a funcionar as 8.222 cabines telefónicas no país. A extensão do contrato custaria 2,5 milhões de euros ao …

Vaiado em Boticas, Galamba diz que foi obrigado a dar concessão de exploração de lítio

Depois de ter sido recebido com protestos em Boticas, devido à exploração do lítio, o secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba, assegurou que o Governo foi obrigado a dar a concessão, em …

Juventus quer esquecer drama com Ronaldo, mas colegas esperam pedido de desculpas

A Juventus vai reunir-se com Cristiano Ronaldo para resolver a situação da forma mais pacífica possível. Os colegas de equipa esperam um pedido de desculpas do português. A novela de Cristiano Ronaldo no último jogo da …

A cidade do futuro está a chegar. Volocopter promete táxis voadores já em 2022

A empresa alemã Volocopter prometeu na Web Summit que os seus táxis aéreos estarão a operar de forma comercial dentro de dois ou três anos. Em declarações ao ZAP, Alexander Zosel, co-fundador da empresa, disse …

João Mário dispensado dos trabalhos da seleção por lesão

O médio, um dos 25 convocados para os duelos de Portugal com Lituânia e Luxemburgo, de apuramento para o Euro 2020, foi dispensado da seleção nacional, esta segunda-feira, devido a problemas físicos. De acordo com uma …

12 mil anos de história genética mostram que todos os caminhos vão (mesmo) dar a Roma

Afinal, pode haver alguma verdade no famoso provérbio que diz que "todos os caminhos vão a Roma". Essa é a conclusão de investigadores que descobriram a rica história genética da área. No auge do Império Romano, …

Nuno Manta Santos anuncia saída do Marítimo

Nuno Manta Santos deixou de ser o treinador do Marítimo, anunciou, esta segunda-feira, o técnico na sua página do Facebook, deixando a equipa insular no 14.º lugar da I Liga portuguesa de futebol. A saída do …