Elon Musk teme que um robô ditador imortal acabe a dominar o mundo

tedconference/ Flickr

Elon Musk, CEO da Tesla e SpaceX

Elon Musk, o visionário presidente da SpaceX e Tesla, teme que o desenvolvimento da Inteligência Artificial dê origem ao poder ditatorial de um robô, ao qual ninguém pode escapar.

“Na era da inteligência artificial podemos vir a criar um ‘ditador imortal ao qual nunca escaparíamos'”, disse Elon Musk no novo documentário “Confias no teu computador?“, produzido pelo cineasta Chris Paine.

O filme explora as expectativas e o perigo da Inteligência Artificial. Além disso, a obra expõe exemplos, desde as linhas de montagens de robôs, às bombas enviadas por drones, passando pela difusão de notícias falsas.

O fio temático que liga todos estes exemplos tem que ver com os esforços de programadores e engenheiros para fazer máquinas que imitam não só as capacidades físicas dos humanos, como também a nossa intuição e personalidade.

Em setembro do ano passado, Elon Musk advertiu que esta tecnologia cibernética poderia desencadear a Terceira Guerra Mundial. O CEO da SpaceX também classificou a Inteligência Artificial como “o maior risco que enfrentamos enquanto civilização” e, por isso, sugeriu uma regulamentação por parte das autoridades.

Em “Confias no teu computador?”, Musk sugere que a Inteligência Artificial desenvolvida já por governos autoritários possa durar mais que os líderes ou partidos que a impulsionam, criando uma estrutura permanente de opressão.

O fundador da Tesla e SpaceX quer difundir esta mensagem, tanto que chegou mesmo a sugerir que o filme fosse exibido gratuitamente durante o fim de semana.

“É um tema muito importante“, disse Musk perante uma multidão na estreia do filme em Los Angeles, nos Estados Unidos, na passada quinta-feira. “Vai afetar as nossas vidas de formas que nem sequer conseguimos imaginar neste momento”.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Este homem é um santo! D rais me parta se eu não sou o menino Jesus três ou quatro vezes.
    Está preocupado? Mesmo?
    E o que ele diz até pode muito bem acontecer se continuarmos a ter cada vez mais gente com a cabeça no ar, a sentir-se importante porque está integrada no que consideram uma elite de projecção, e a quererem encher o fim com a ideia de se impôr convencendo – se que vão dominar.
    São os novos nazis.
    Contudo há um pequeno senão. São cada vez mais e hoje as regras do jogo são um pouco diferentes e a consequência é o engano mais fácil e vão acabar enlouquecendo e se matando uns aos outros.
    Não precisam de inteligência artificial nenhuma de nenhum robot. Ela já está instalada com a subversão de valores baseada no racionalismo que legítima conveniências e conduz aos característicos de falta de discernimento.

RESPONDER

Detetado fator climático determinante para a propagação do coronavírus

Altas temperaturas combinadas com baixa humidade propiciam que as gotículas contaminadas com o novo coronavírus evaporem mais rapidamente, reduzindo a sua capacidade de infetar pessoas. De acordo com os cientistas, citados pelo canal estatal russo RT, …

Bayern Munique vence Sevilha e conquista a Supertaça Europeia

O Bayern Munique conquistou, esta quinta-feira, a Supertaça Europeia, ao derrotar o Sevilha por 2-1, em Budapeste, na Hungria. Os alemães do Bayern Munique conquistaram a Supertaça Europeia pela segunda vez ao derrotarem os espanhóis do …

Sporting 1-0 Aberdeen | "Leão" eficaz segue para o play-off

O Sporting foi eficaz e assegurou uma vaga no “play-off” de acesso à fase de grupos da Liga Europa. Na noite desta quinta-feira, num embate relativo à 3ª pré-eliminatória da competição, os “leões” bateram o Aberdeen …

A NASA descobriu uma nova forma de aterrar em segurança na Lua

A NASA construiu um sistema totalmente novo que pode tornar a aterragem na Lua e em Marte muito menos arriscada - e já tem planos de testá-lo numa missão futura. De acordo com o TechCrunch, o …

Rio Ave elimina Besiktas e está no play-off da Liga Europa

O Rio Ave venceu os turcos do Besiktas, esta quinta-feira, no desempate por grandes penalidades (4-2), após o 1-1 no tempo regulamentar, em jogo da terceira pré-eliminatória da Liga Europa, seguindo em frente na competição. Em …

Dois dinossauros morreram como as vítimas de Pompeia. Foi há 125 milhões de anos, na China

Um grupo de arqueólogos na China acabou de descobrir dois fósseis de uma nova espécie de dinossauro, que estiveram presos no subsolo por 125 milhões de anos devido a uma erupção vulcânica pré-histórica. Os investigadores …

Batalhas de feiticeiros e círculos de demónios. Revelados textos cristãos que não foram incluídos na Bíblia

Os textos da Bíblia como a conhecemos hoje foram "canonizados" pela primeira vez pela Igreja no final do século IV. No entanto, antes disso, centenas de outros textos religiosos circularam por toda a Cristandade. Há mais …

Autoeuropa confirma que não irá renovar contrato a 120 trabalhadores

A administração da fábrica de automóveis Volkswagen Autoeuropa, em Palmela, confirmou, esta quinta-feira, que não vai renovar os contratos a termo de 120 trabalhadores ligados à produção dos veículos MPV (Multi-Purpose Vehicle). "A Autoeuropa reafirmou a …

Glaciar na Islândia "escondia" bombardeiro norte-americano da 2ª Guerra Mundial

Os destroços de um bombardeiro norte-americano B-17 Flying Fortress que colidiu com o glaciar Eyjafjallajökull durante a II Guerra Mundial estão gradualmente a aparecer à medida que a geleira recua devido às alterações climáticas. De acordo …

40 anos depois, assassino de John Lennon pede desculpa pelo crime "desprezível"

Mark David Chapman, o homem que assassinou John Lennon, diz que matou o ex-Beatle por "raiva e ciúmes" e pediu desculpa a Yoko Ono, 40 anos depois. Em 1980, Chapman atingiu John Lennon com quatro tiros …