Elon Musk anuncia que não vai retirar a Tesla da bolsa

Bret Hartman, TED / Flickr

Elon Musk, CEO da Tesla e SpaceX

O fundador da Tesla afirmou, esta sexta-feira, que os investidores da empresa de carros elétricos o convenceram a não privatizar a empresa, pelo que vai permanecer nos mercados de ações públicas.

“Embora a maioria dos acionistas com quem falei tenham dito que permaneceriam com a Tesla se nos privatizássemos, o sentimento, em poucas palavras, foi ‘por favor, não faça isso'”, disse Elon Musk, através de um comunicado.

O fundador da Tesla disse que tomou a decisão com base nos comentários dos acionistas, incluindo investidores institucionais, que argumentaram que têm regras internas que limitam o quanto podem investir numa empresa privada.

“Eu sabia que o processo de privatização seria um desafio, mas está claro que consumiria mais tempo e seria uma distração do que foi inicialmente planeado. Isto é um problema, pois devemos manter-nos focados em aumentar o Model 3 e ser rentável. Não alcançaremos a nossa missão de avançar a energia sustentada a menos que também sejamos financeiramente sustentáveis”, insistiu.

Além disso, Musk acrescentou que, depois das consultas, reuniu-se na quinta-feira com o Conselho Diretivo, e comunicou a decisão final de “manter pública” a empresa, algo com que o Conselho “esteve de acordo”.

No início deste mês, Musk colocou nas redes sociais a possibilidade de retirar a companhia da bolsa, depois de as ações terem registado um aumento drástico e a sua cotação foi temporariamente suspensa.

A avaliação desta possibilidade foi aberta depois de o empresário ter criticado abertamente os vendedores de ações da Tesla, que, segundo o CEO, prejudicam o desenvolvimento da empresa.

Musk também enfrenta preocupações sobre se a fábrica da empresa em Fremont, na Califórnia, conta com fundos suficientes para aumentar de forma sustentável a produção do Model 3 e sustentar os seus planos de crescimento com a introdução de novos veículos e novas infra-estruturas.

Depois de suspender a sua cotação, Musk enviou uma carta formal aos funcionários da Tesla, na qual explicava que a decisão de retirar a empresa da bolsa não era final e listou as razões pelas quais a mudança foi proposta.

ZAP // EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Operação Marquês. MP entrega recurso, mas Sócrates diz que o prazo "excepcionalérrimo" já acabou

O prazo para o MP avançar com o recurso acabou no dia 23, mas os procuradores entregaram os documentos esta terça-feira, nos três dias úteis adicionais que geralmente são concedidos. No entanto, a defesa de …

Chegou ao fim a "missão espinhosa coroada de sucesso" da task force

A task force responsável pelo plano de vacinação contra a covid-19 confirmou, esta terça-feira, o fim da missão no contexto da pandemia e a transição para um núcleo de coordenação. Tal como tinha sido avançado pelo …

Pizzi nunca jogou tão pouco como esta época

Nunca Pizzi jogou tão pouco como esta temporada ao serviço do SL Benfica. O médio era uma das peças mais importantes do plantel, mas tem vindo a perder relevância. "Ele não tem entrado tanto de início, …

Marcelo recusa crises políticas e defende discussão de reforma do Estado até às legislativas de 2023

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, defendeu esta segunda-feira que o país deve manter-se livre de crises políticas até 2023, mas considera difícil deixar de se fazer uma discussão sobre a reforma do …

Arqueólogos encontram o primeiro geoglifo do mundo em forma de touro

Um geoglifo em forma de touro foi encontrado num sítio arqueológico localizado no sul da Sibéria, informou o Instituto de História e Cultura Material da Academia de Ciências da Rússia. Apesar do touro ser um símbolo …

"O BE teve um mau resultado." Catarina Martins assume derrota, mas deixa aviso a Moedas

No day after, e já com a notícia consolidada da vitória de Carlos Moedas em Lisboa, Catarina Martins não hesitou em assumir a derrota do Bloco de Esquerda. Lisboa era a Câmara mais relevante para o …

Voto útil pode explicar vitória de Moedas (que precisa da esquerda para governar Lisboa)

Carlos Moedas está forçado a fazer acordos para governar a Câmara de Lisboa que tem uma maioria de esquerda de 10 vereadores contra 7 dos partidos à direita. O novo autarca da capital já disse …

É uma práctica comum dos atletas - mas será verdade que os banhos de gelo ajudam os músculos?

Os banhos de gelo trazem benefícios para atletas que treinem a resistência, mas podem ser prejudiciais para quem se dedica a treinar a força. É uma práctica recorrente entre os atletas e até entre pessoas comuns …

Sem maioria absoluta, Moreira começa a fazer contas à vida - mas acordo com a oposição pode estar longe

Rui Moreira voltou a garantir a liderança da autarquia portuense para os próximos quatro anos, mas sem maioria absoluta. Assim, terá de começar a pensar em possíveis acordos. PS e Bloco de Esquerda recusam compromissos. …

Twitter suspende conta de André Ventura

O presidente do partido Chega, André Ventura, tem desde segunda-feira a conta oficial no Twitter suspensa, facto que está a ser denunciado por páginas de movimentos ligados à extrema-direita naquela rede social. “Conta suspensa. O Twitter …