Elon Musk apresentou a super-bateria doméstica da Tesla que vai mudar o mundo

Elon Musk, o visionário fundador da Tesla Motors, fabricante norte-americana de veículos eléctricos de luxo, apresentou ao mundo uma nova super-bateria doméstica, concebida para armazenar energia solar e fornecer electricidade para a casa toda.

A Tesla Powerwall é uma bateria recarregável de lítio, destinada a empresas e famílias, que armazena electricidade produzida por energia solar — ou fornecida pela rede em momentos em que o preço é mais baixo, por exemplo durante a noite.

“Temos esse gigantesco reactor nuclear no céu, chamado Sol, que nos aparece todos os dias”, ironiza Elon Musk na apresentação da sua Powerwall, “não temos que fazer nada, ele apenas funciona — só temos que o usar”.

Elon Musk, o visionário empreendedor que insiste em mudar o mundo com empreendimentos como o PayPal, a Tesla, a Space X, talvez o Hyperloop e agora a Powerwall, acredita que as novas baterias, que vão custar cerca de 3 mil euros por unidade de 7 KWh, vão “transformar totalmente a infra-estrutura energética mundial”.

De acordo com a Bloomberg, este produto pode revolucionar os mercados europeu e norte-americano de energia, numa altura em que cada vez mais os consumidores procuram alternativas aos elevados preços cobrados pelos fornecedores de serviços.

Tesla

Uma Tesla Powerwall na garagem para dar electricidade à casa - e ao carro

Uma Tesla Powerwall na garagem para dar electricidade à casa – e ao carro

Segundo as primeiras estimativas do Deutsche Bank, citadas pela Euronews, esta aposta da empresa poderá representar um volume de negócio de 4,5 mil milhões de dólares.

Mas uma tecnologia disruptiva que se propõe mudar o mundo pode na realidade ter um impacto muito superior nos resultados da Tesla, cuja unidade de automóveis eléctricos, depois de um início com dificuldades, tem tido resultados positivos e batido recordes de vendas nos últimos anos.

A nova divisão da empresa, a Tesla Energy, apresenta-se no mercado com um parceiro escolhido a dedo: a SolarCity, companhia especializada em sistemas de recolha de energia solar, na qual Elon Musk detém uma participação qualificada e um lugar na administração.

A SolarCity já aceita encomendas. A bateria chega ao mercado norte-americano este verão e estará disponível no resto do mundo em 2016.

AJB, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Tivesse eu dinheiro e já tinha um automóvel autosuficiente perpetuo há muito tempo. Em termos de energia de propulsão, obviamente.
    E não tenho apenas um sistema para cartros elétricos, também tenho para motores de combustão interna.
    Alguém quer comparticipar na criação de protótipos?

  2. NorthWind,
    Espero que não esteja a falar de um motocontínuo…
    É que se não incluir uma fonte energética, será apenas uma máquina de consumir energia.

Juiz bloqueia 3,6 mil milhões para construção do muro com México

Um juiz norte-americano deu uma ordem permanente que impede a transferência de fundos militares no valor de 3,6 mil milhões de dólares (3,25 mil milhões de euros) para a construção do muro na fronteira dos …

Houve abusos, mas não há crime nos milhões de Angola que passaram por Malta. MP arquiva caso Deloitte

O Ministério Público (MP) decidiu arquivar o caso de investigação que envolvia 48 sócios da consultora Deloitte que receberam lucros de negócios em Angola, através de Malta. Houve "uso abusivo" das regras fiscais, mas não …

Ex-governador do Rio de Janeiro libertado. Luiz Pezão passará a usar pulseira eletrónica

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) brasileiro libertou na terça-feira o ex-governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão, substituindo a sua prisão preventiva por medidas cautelares alternativas, como uso de pulseira eletrónica, anunciaram fontes …

EUA, Canadá e México assinam revisão do NAFTA. Pacto comercial tem 25 anos

Representantes dos Estados (EUA), do Canadá e do México assinaram na terça-feira uma nova revisão do Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (NAFTA), um pacto comercial entre os três países, que já tem 25 anos. Segundo noticiou …

Bósnia fecha campo improvisado e transfere quase 800 pessoas para Sarajevo

A Bósnia fechou, esta quarta-feira, um campo de refugiados, montado num local onde antes funcionava um aterro de lixo, que não tem água potável nem eletricidade. As autoridades bósnias fecharam esta quarta-feira um campo acolhimento de …

Trabalhadores dos Registos em greve a 26, 27 e 28 de dezembro

O Sindicato Nacional de Registos vai estar em greve contra o decreto-lei aprovado pelo Governo, acusando Marcelo Rebelo de Sousa de não ter tido "sensibilidade na análise do diploma do sistema remuneratório". O Sindicato Nacional de …

Artistas exigem 1% do Orçamento do Estado para a Cultura

Mais de 300 artistas concentrados esta terça-feira em frente ao Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa, exigiram um valor imediato de 1% do Orçamento do Estado para a Cultura, em 2020. O protesto, convocado pela …

Depois do Idai, ainda há carência de comida e água potável

São milhares os desalojados que, após o ciclone Idai, continuam sem acesso a água potável. Além disso, a necessidade de comida mantém-se em níveis inalterados. Os dados da Organização Internacional para as Migrações (OIM), patentes no …

Há mulheres-polícia que recebem menos quando estão grávidas

De acordo com um relatório sobre as iniquidades de género dentro da Polícia de Segurança Pública (PSP), ao qual a revista Sábado teve acesso, há mulheres-polícia que recebem menos quando ficam grávidas. Segundo o inquérito realizado …

França. Governo adia entrada em vigor das novas pensões

O novo sistema universal de pensões em França vai abranger apenas as gerações nascidas a partir de 1975 e só terá nova formulação, através de pontos, a partir de 2025. O novo sistema universal de pensões …