Elixir bucal pode ser um inimigo desconhecido do exercício físico

Uma investigação recente sugere que o uso de elixir bucal após a lavagem dos dentes pode reduzir os efeitos benéficos do exercício físico.

Fazer exercício físico traz vários benefícios para a saúde do nosso corpo, entre os quais a redução da pressão arterial. Pode parecer estranho, mas de acordo com os cientistas, este efeito tem início na boca através moléculas libertadas por bactérias. O uso de elixir bucal antibacteriano pode ter um efeito indesejado e reduzir os benefícios cardiovasculares depois de um treino no ginásio.

“Os cientistas já sabem que os vasos sanguíneos se abrem durante o exercício, porque a produção de óxido nítrico aumenta o diâmetro dos vasos, aumentando a circulação do fluxo sanguíneo para os músculos ativos”, explicou o autor do estudo Raul Bescos.

No entanto, permanece um mistério para os especialistas como é que a circulação sanguínea continua mais alta após o exercício, desencadeando uma resposta de redução da pressão arterial.

O New Atlas explica que quando o óxido nítrico se degrada no corpo humano, torna-se um composto chamado nitrato — que algumas bactérias orais convertem em nitrito. Este processo revela-se importante já que o nitrito é absorvido para a corrente sanguínea e é novamente convertido em óxido nítrico.

A investigação da equipa de cientistas da Universidade de Plymouth procurou perceber se este processo regula a descida da pressão sanguínea verificada nas horas após o exercício físico.

Os investigadores desenvolveram uma experiência com 23 adultos para comprovar a sua teoria. Como tal, foi pedido que estes corressem durante meia hora numa passadeira. No fim, alguns dos paticipantes gargarejaram com elixir bucal antibacteriano, enquanto outros gargarejaram com um placebo.

A pressão arterial foi medida ao longo da experiência e foram retiradas amostras da saliva e do sangue. Os resultados do estudo foram publicados recentemente na revista científica Free Radical Biology and Medicine.

Os cientistas repararam que a pressão sanguínea era significativamente mais baixa nos participantes que gargarejaram a boca com o placebo, provando que o elixir reduz, de facto, os efeitos do exercício físico.

“Estas descobertas mostram que a síntese de nitrito pelas bactérias orais é extremamente importante para iniciar como o nosso corpo reage ao exercício durante o primeiro período de recuperação, promovendo menor pressão arterial e maior oxigenação muscular”, realçou o coautor do estudo, Craig Cutler.

“O próximo passo é investigar com maior detalhe o efeito do exercício físico sobre a atividade das bactérias orais e a sua composição em indivíduos sob alto risco cardiovascular”, disse Cutler. “A longo prazo, investigação nesta área pode melhorar o nosso conhecimento no tratamento da hipertensão mais eficientemente“.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

Bloco apoia travão ao desconfinamento na região de Lisboa

O Bloco de Esquerda apoiou o adiamento do levantamento de restrições impostas pela pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que é importante aumentar a vigilância nas empresas de construção e trabalho …

Descoberto "cemitério" de mamutes nos arredores da Cidade do México

Investigadores descobriram um "cemitério" com cerca de 60 mamutes nos arredores da Cidade do México, avança o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país. De acordo com o site Live Science, a descoberta aconteceu, …

David Luiz confirma rumores. Regresso "vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem"

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz. Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a …

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …

Astronautas da NASA já se preparam para voo histórico a bordo do foguetão da Space X

Dois astronautas da NASA já estão a equipar-se para o lançamento histórico de um foguetão concebido e construído pela empresa SpaceX, de Elon Musk, apesar de as previsões meteorológicas indicarem mais tempestades. Com o voo já …

Há dez anos, Portugal adotou a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo

Portugal adotou há 10 anos a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo, após um debate fraturante que remeteu para mais tarde a adoção de crianças por estes casais, possível apenas desde …