Editora espanhola tem 898 cópias do misterioso Manuscrito Voynich

Simon Worrall / BBC

O Manuscrito Voynich, um misterioso códice do século XV escrito numa língua desconhecida que não foi possível ser decifrado, conta agora com 898 cópias idênticas, realizadas por uma editora espanhola, que já estão todas vendidas ou reservadas.

A editora Siloé Arte e Bibliofilia foi selecionada para este trabalho entre várias casas de edição especializada em fac-símiles, executando um dos projetos com os quais conseguiu maior repercussão internacional.

Este códice do século XV está escrito numa língua desconhecida e o conteúdo e significado são um enigma que os especialistas que o estudaram durante os últimos anos não conseguiram decifrar.

O Manuscrito Voynich foi redescoberto por um mercador de livros polaco do qual tomou o nome no começo do século XX e, segundo as provas de datação, procede do século XV.

A metade da edição fac-símile deste misterioso volume, do qual serão colocados em circulação 898 exemplares, já está vendida ou reservada, explicou o editor Juan José García.

“O mundo cultural tinha avidez por conhecer esta reprodução, encorajado pelas contínuas pesquisas e hipóteses que se desenvolvem sobre este livro”, disse García.

A Universidade de Yale escolheu a editora espanhola para realizar a edição facsimilar, que apresentou a sua maior dificuldade nas páginas desdobráveis, algumas com até oito pregas, além de dar-lhe o aspeto “de peça antiga”.

A apresentação oficial do Voynich será feita no Casino do Círculo da União, na cidade espanhola de Burgos no dia 10 de novembro e nela participarão dois dos especialistas que mais se aprofundaram no estudo deste livro: René Zandbergen e Stephen Bax.

Dezenas de especialistas já analisaram a obra para tentar descobrir o seu significado, mas nem os esforços da CIA ou da NASA conseguiram até agora descobrir o mistério do famoso livro indecifrável escrito numa língua que não existe com criaturas nunca vistas.

Em setembro, o historiador britânico Nicholas Gibbs anunciou ter desvendado o mistério: o livro tem como objectivo aconselhar sobre a saúde – principalmente das mulheres – e é uma amostra da medicina medieval.

Mas na realidade, para muitos especialistas a solução apresentada por Gibbs não resolveu o mistério, e o seu artigo foi bastante criticado – em geral, acusado de ser um texto muito grande com apenas duas linhas do livro medieval descodificadas e não ter apresentado bases suficientes para os argumentos que sustenta.

A obra original está na Biblioteca Beinecke da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, para onde foram nos últimos meses os especialistas da editora para realizar as fotografias que serviram de base à elaboração do fac-símile.

O códice leva o nome do seu último descobridor, Wildrid Woynich, um comerciante de livros antigos polaco que o adquiriu dos jesuítas em 1912, e cujos pergaminhos foram datados por carbono 14 entre 1404 e 1438.

A sua idade é um dos poucos dados claros deste códice de 252 páginas que foi atribuído a diversos personagens históricos, desde o filósofo, cientista e teólogo franciscano Roger Bacon ao matemático, astrónomo e consultor da rainha da Inglaterra Elizabeth I, John Dee.

Entre as imagens que constam da obra aparece uma espécie de herbário, mas com plantas que não foram identificadas, o que parece um tratado de astronomia e cosmologia e inclusive uma série de receitas alquímico-esotéricas, o que levou a teorias que vão desde considerar que seja um “testamento élfico” até um “diário de um extraterreste”.

// EFE

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Se até 2018 na era dos hiper-computadores não se conseguiu decifrar, é porque foi escrito aleatoriamente por alguém que gostava de gozo.

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …