A economia está “menos animadora”. Costa quer país a “pedalar com mais força”

Miguel A. Lopes / Lusa

O primeiro-ministro defendeu nesta quarta-feira que Portugal tem de “pedalar com mais força” para contrariar uma fase “menos animadora da economia mundial” e para continuar na “trajetória de convergência com a União Europeia”.

“Nesta fase em que a economia mundial dá sinais menos animadores, temos que pedalar com mais força para contrariar as tendências que vêm de fora e conseguirmos suportar, com a nossa capacidade de consumo e de investimento estratégico, o potencial de desenvolvimento e de crescimento económico para sustentar a dinâmica que temos tido e que temos de ser capazes de manter”, alertou António Costa.

O primeiro-ministro, que discursava no porto de mar de Viana do Castelo, durante a consignação da obra do acesso rodoviário da infra-estrutura portuária, referiu que “não é nenhuma fatalidade para o país, fazendo parte do euro, hesitar entre crescer ou ter contas desequilibradas, entre estar no euro ou ser capaz de continuar a convergir com a União Europeia”.

“Já percebemos que não há fatalidade. Só é preciso que haja boas políticas para podermos ter bons resultados. E quando os resultados são bons há que prosseguir as políticas que os permitem alcançar. Hoje, felizmente, temos a margem para fazer mais daquilo que é necessário fazer que é, investir nas infraestruturas que ajudam a reforçar e a potenciar o investimento privado já realizado, e a potenciar o nosso crescimento, da nossa economia com uma base exportadora forte”, sustentou.

“Há boas razões, não para descansarmos, mas para estarmos confiantes de que, se fizermos o que é necessário fazer, iremos chegar a bom porto e continuar a assegurar uma trajetória de convergência com a União Europeia que tem que ser a nossa ambição coletiva”, acrescentou.

As palavras de Costa surgem num dia em que a Comissão Europeia afirmou que Portugal tem ainda “muito trabalho” por fazer. O elevado nível de endividamento público e privado, o peso do crédito malparado no sistema financeiro e a baixa produtividade registada na economia levaram a Comissão Europeia a colocar novamente Portugal no grupo de países com desequilíbrios macroeconómicos.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Costa quer país a “pedalar com mais força” !!!

    Pedala tu, oh badocha ! Deixa de andar de carro e compra uma byke, que tás com um bandulho de meter vergonha. Só serve para empurrar os problemas para a frente.

RESPONDER

Tem de haver "solidariedade estratégica". Costa oferece bonsai a Marcelo

O Presidente da República foi convidado especial do último Conselho de Ministros do seu primeiro mandato, dedicado às florestas, onde se discutiu o Programa Nacional de Ação do Plano de Gestão Integrada de Fogos Rurais. …

Bolsonaro volta a criticar os media. "Para a imprensa o vírus sou eu"

O Presidente brasileiro voltou a criticar a imprensa e, num momento de descontrolo da pandemia no país, afirmou que para os jornalistas o vírus é o próprio chefe de Estado. "Estamos a fazer o dever de …

Miguel Duarte foi ilibado da acusação de auxílio à imigração ilegal, "mas não foi feita justiça"

Miguel Duarte que, juntamente com outros ativistas, estava a ser acusado pela justiça italiana de ajuda à imigração ilegal, foi "ilibado", mas "o caso segue para tribunal com uma acusação aos restantes membros". A revelação foi …

Parque das Nações recebe Comic Con em dezembro

Com o mote "A New Hope", a sétima edição da Comic Con terá lugar no Parque das Nações, em Lisboa, no mês de dezembro. A sétima edição da Comic Con Portugal, um evento dedicado à cultura …

Polícia sueca investiga ataque à faca e aponta para "motivações terroristas"

A polícia sueca fez buscas no apartamento do homem que esfaqueou sete pessoas no país, na quarta-feira, informando que há pormenores na investigação que apontam para motivações terroristas. Segundo avançou esta quinta-feira o Público, a polícia …

Advogados apontam falhas à investigação da morte de Giovani Rodrigues

Alguns advogados de defesa dos acusados do homicídio de Giovani Rodrigues apontaram, esta quarta-feira, falhas à investigação, desde o apuramento dos factos à condição clínica, com a revelação de que o jovem foi também vítima …

Dia com menos mortes desde 28 de outubro. Mais 830 novos casos

Há mais 830 casos de covid-19 em Portugal. A Direção-Geral da Saúde indica que há agora 1708 doentes com covid-19 internados, menos 119 do que na quarta-feira. O número de doentes nos cuidados intensivos está …

Concelhia do PSD/Sintra tenta contornar Santana (e já aprovou um nome)

Enquanto a direção nacional do PSD tenta convencer Pedro Santana Lopes, a estrutura do PSD/Sintra aprovou o nome de António Pinto Pereira como candidato. Esta quarta-feira, a concelhia do PSD/Sintra aprovou o nome de António Pinto …

TAP com novo voo do Brasil para Portugal a 11 de março

A Embaixada de Portugal em Brasília anunciou, esta quarta-feira, que se irá realizar, a 11 de março, um novo voo entre São Paulo e Lisboa, em "condições inteiramente idênticas" às da viagem de repatriamento ocorrida …

Campos de reeducação servem para reduzir o número de uigures, diz estudo chinês

Um relatório chinês confirma que os campos de reeducação para onde o Governo envia os uigures da província de Xinjiang têm como objetivo diminuir a população uigur. O documento foi publicado acidentalmente online Depois de uma …