Durão passou a “lobista” na CE, mas com pensão vitalícia de 18 mil euros

Durão Barroso perdeu os privilégios políticos na Comissão Europeia, depois de ter sido contratado pelo Goldman Sachs, mas mantém o direito a uma pensão vitalícia de 18 mil euros por mês que vai receber quando completar 65 anos.

O ex-presidente da Comissão Europeia passou a persona non grata na União Europeia, sendo agora classificado como “lobista” pelos representantes da instituição, mas isso não lhe retira o direito à pensão vitalícia que lhe é destinada depois de ter estado no cargo durante dez anos.

O El Mundo dá conta desse dado, num tom indignado, notando que Durão Barroso é “um lobista com direito a uma pensão pública vitalícia inalcançável para 99% dos cidadãos europeus“.

O diário fala do que define como o “generoso esquema da CE” que “gela o sangue” da maioria dos europeus e que dá a Durão o direito a receber 65% do salário (de 26 mil euros), que recebia enquanto presidente da CE, até 2018, no caso de o Goldman Sachs não lhe pagar qualquer ordenado.

Estamos a falar de 16.900 euros, valor que Durão terá abdicado, conforme apurou o jornal espanhol junto da Comissão Europeia.

Mas depois de completar 65 anos de idade, o ex-presidente terá ainda direito a receber, a título de pensão vitalícia, 70% do ordenado que auferia, ou seja, 18 mil euros, de acordo com as contas do mesmo jornal.

Actualmente com 60 anos, Durão Barroso tem sido muito contestado por ter aceite o cargo de conselheiro no Goldman Sachs e há já uma petição pública a apelar que perca o direito à referida pensão vitalícia.

O El Mundo trata de notar o momento de crise que abala, sobretudo, os países do Sul da Europa, com destaque para Portugal, para sublinhar que “o escândalo” da contratação de Durão pelo Goldman Sachs deve “servir para que a CE reveja as pensões douradas dos seus membros e, especialmente, quando têm já outros meios de vida privados mais que lucrativos”.

ZAP

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Ganham pouco enquanto são deputados e por isso têm que ter uma pensão vitalicia bem choruda.Nem a pensão deveriam ter direita com os vencimentos que auferem, esses vencimentos já têm a pensão incluída!

  2. Só querem saber do seu próprio umbigo. Esmifram as nossas algibeiras, permitem a usura e depois integram os Quadros dos usurários.

  3. Quando leio todos os comentarios anteriores só me leva a pensar como parte do ze povinho é triste e ignorante. Não que eu tenha grande simpatia pelo Durão Barroso mas apenas por ser Português. Será que os anteriores Presidentes foram melhores ou serão melhores que ele ? Seja como fôr foi um Português que presidiu bem ou mal a uma instituição de prestigio e agora oxalá tenhamos o Sr.Guterres que foi um bom comissários para as migrações e, como sabem, um péssimo primeiro ministro. Já agora aquele idiota Junker que teve as benesses que teve enquanto dirigiu as finanças do seu país. Fosse um outro elemento de um outro país e teria aquela deputada feito aquela triste cena? Só me espanta que uma parte dos imbecis portgueses faça coro com aqueles palhaços internacionais e só esteja preocupado se o Ronaldo é melhor do que o Messi. Enfim, somos o povo que somos e temos os estupoidos que temos.

  4. Afinal onde está o problema? O senhor Barroso terminou um cargo e como está certamente na vida ativa arranjou outro emprego e todo o mundo parece estar contra, pela minha parte acho normal, o que não está normal é esta pensão vitalícia que este senhor recebe assim como a generalidade dos políticos na mesma situação mas aqui não oiço nenhum revoltado contra tais reformas, no fundo é tudo uma seita de chulos fingindo defender uma ética mas na prática a ética deles são as chorudas reformas antes de tempo e mais do que injustificadas e se da outra ética que argumentam não está certo deveriam existir leis explicitas sobre o assunto mas como sobre isso também não lhes interessa porque hoje tu amanhã eu a coisa continua tal como está e vai-se falando de ética quando em causa estiver um adversário politico para eludir os mais desatentos, pobres fantoches!.

  5. O que está em causa não é o direito deste chulo oportunista, arranjar trabalho depois de sair de outro trabalho. Isso é um direito que lhe assiste e é inquestionável. O que está em causa é este chulo oportunista, vir a integrar o quadro duma entidade, comprovadamente mafiosa, cujo papel que assumiu no desencadear da crise económica e financeira mundial é amplamente conhecido, reconhecido e provado. Por outro lado, esta seita mafiosa chamada Goldman Sachs, tem interesses que entram em conflito com os interesses e principios da UE, ora, o que está em causa é, basicamente, o conflito de interesses que podem ser protagonizados por este chulo oportunista, visto conhecer, e bem, os grupos, na UE, susceptíveis de poder mover influências e, desse modo, prejudicar (mais um bocadinho) a Europa.
    Sinceramente, deste chulo oportunista, nunca esperei, nem espero, nada de bom.

Este casaco foi desenhado para nos ajudar a dormir em qualquer lado

A britânica Vollebak lançou um casaco, inspirado nos astronautas, que facilita a ideia de poder dormir, literalmente, em qualquer lado. A pensar em todas aquelas pessoas que gostam de fazer uma sesta ou outra, independentemente do …

DJ Juice WRLD morre aos 21 anos

A estrela do hip-hop norte-americano Juice WRLD faleceu este domingo (8), depois de sofrer convulsões no Aeroporto de Midway, em Chicago, avança o TMZ. O rapper tinha feito 21 anos a 2 de dezembro. De acordo …

"A Favorita" arrebata prémios do cinema europeu

O filme "A Favorita", do realizador grego Yorgos Lanthimos, arrecadou oito prémios da Academia de Cinema Europeu, numa cerimónia realizada em Berlim. "A Favorita" conquistou, entre outros, os prémios de Melhor Filme Europeu, Melhor Comédia, Realização …

Belenenses 1-1 Porto | "Dragão" escorrega e deixa fugir líder

O FC Porto não foi além de um empate na visita ao Jamor, ante o Belenenses. André Santos abriu as “hostilidades” e Alex Telles, na marcação de uma grande penalidade, fixou o resultado final. Com esta …

Caligrafia desleixada de Isabel I denuncia-a como a tradutora anónima de um livro romano

A rainha Isabel I de Inglaterra foi identificada como a tradutora anónima do livro "Anais" de Tácito. As idiossincrasias da sua caligrafia acabaram por ser fundamentais para a descoberta. Na análise a uma tradução de século …

Hashtags políticas como #MeToo tornam as pessoas menos propensas a acreditar em notícias

Tendem a passarem despercebidas, mas as hashtags são mais importantes do que julgamos. A questão que se impõe é: serão benéficas para a saúde democrática da Internet? Uma hashtag (#) é uma marca funcional, amplamente usada …

Sporting 1-0 Moreirense | "Leão" resolve à cabeçada

O Sporting regressou às vitórias na Liga NOS, embora não sem sentir algumas dificuldades, em especial no ataque. Os "leões" bateram o Moreirense por 1-0, numa partida em que remataram muito (28, máximo na Liga até …

Orçamento do Estado. "Sentido de voto do BE está completamente em aberto"

A coordenadora do BE afirmou, este domingo, que o sentido de voto do partido sobre o Orçamento do Estado para 2020 está "completamente em aberto", desejando que o Governo socialista atenda às reivindicações bloquistas. "Fizemos uma …

João Cotrim Figueiredo eleito presidente da Iniciativa Liberal com 96% dos votos

João Cotrim Figueiredo foi eleito, este domingo, presidente da Comissão Executiva da Iniciativa Liberal, uma candidatura única que recolheu 96% dos votos na III Convenção Nacional do partido. A III Convenção Nacional do partido decorre hoje …

Inteligência artificial decifra manuscrito que pode mudar história da Austrália

A Terra Australis Incognita, hoje conhecida como Austrália, foi descrita por um jesuíta espanhol quase cem anos antes da descoberta em 1770 pelo marinheiro britânico James Cook, segundo um manuscrito decifrado através de inteligência artificial. A …