Barroso deixa de ser recebido em Bruxelas como ex-presidente

European Parliament / Flickr

O ex-presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso

O ex-presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso

Durão Barroso vai deixar de ser recebido em Bruxelas como ex-presidente da Comissão Europeia, e terá de dar explicações ao executivo europeu sobre a sua relação contratual com a Goldman Sachs Internacional, onde assumirá funções de presidente não-executivo.

O ex-presidente da Comissão Europeia e antigo primeiro-ministro português Durão Barroso vai perder os privilégios de “passadeira vermelha” nas instituições da União Europeia e vai ser tratado “não como um ex-presidente” mas como um representante dos interesses da Goldman Sachs.

Segundo noticiam este domingo o jornal Expresso e o Financial Times, o atual presidente da Comissão Europeia,  Jean-Claude Juncker, vai examinar o contrato do seu antecessor com o banco norte-americano de investimento, e deu instruções ao seu gabinete para tratar José Manuel Durão Barroso como qualquer outro lobista com ligações a Bruxelas,

Na sua qualidade de ex-presidente da Comissão Europeia, assim como ex-primeiro-ministro de um Estado-membro, Durão Barroso teria direito a tratamento VIP pelos líderes e instituições europeias em Bruxelas.

A partir de agora, em quaisquer contatos futuros, será recebido como uma “representante de interesses” e qualquer comissário europeu ou funcionário da União Europeia que mantenha contatos com Durão Barroso será obrigado a registar esses contatos e a manter notas sobre os mesmos.

Esta decisão de Juncker responde à provedora de justiça europeia, Emily O’Reilly, que na semana passada pediu esclarecimentos sobre a posição da Comissão Europeia face à nomeação de Durão Barroso para administrador não-executivo na Goldman Sachs Internacional.

O’Reilly escreveu a Jean-Claude Juncker, pedindo-lhe que clarificasse a posição do executivo comunitário face à nomeação do seu antecessor e interrogando a Comissão sobre que medidas tomou para verificar se a nomeação está conforme com as obrigações éticas estipuladas.

Em julho, Durão Barroso foi contratado pelo banco de investimento Goldman Sachs. O ex-presidente da Comissão Europeia é o novo “chairman” da instituição e vai ter como papel principal ajudar a resolver os problemas causados pelo Brexit.

A Comissão tem dito até agora que que a nomeação de Barroso é legalmente inquestionável, do ponto de vista do respeito do conflito de interesses consagrados no Código de Conduta, que fixa um período mínimo de 18 meses para a assunção de novos compromissos por parte dos ex-comissários europeus.

A nomeação de Barroso para a Goldman Sachs foi tornada pública 20 meses após a sua saída da presidência da Comissão Europeia.

Mas vários líderes políticos criticaram a nomeação do ex-presidente da Comissão Europeia, considerando que há “conflito de interesses” e que é uma “indecência”.

Aparentemente, Durão Barroso é agora o primeiro ex-ex-presidente da Comissão Europeia.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

20 COMENTÁRIOS

      • Eu diria peixe palhaço… porque porco já era antes!!
        Um traidor da Pátria. Em alguns países seria executado.
        É pena que todos esses filhos da pu… litica que têm traído a Pátria não lhes possa ser aplicada a sentença de morte… que era o que mereciam muitos deles.

  1. É óbvio que o Goldman Sachs o contratou unicamente para tirar partido do que poderia ser ainda a sua influência em Bruxelas.Deram-lhe o pomposo titulo de presidente executivo, mas como lobista não passa de moço de recados. Se Bruxelas lhe puxar o tapete debaixo dos pés, quero ver quanto tempo o novo patrão o vai considerar útil antes de lhe apontar a porta de saída. O que o Código de Conduta não conseguiu, vai agora acontecer. Vão cozinhar o cherne em fogo lento, até que deixe de prestar e o joguem fora.

    • Nem mais! Embora ache que o gajo ainda se vai aguentar uns tempos. Há lá muitos como ele, oportunistas e vira-casacas, que lhe vão mantendo o aceeso a algumas influências. Por enquanto o cherne está safo.

  2. Até que enfim, alguém toma uma medida de repúdio que se veja. Devia era de deixar receber a reforma de 18.000€ mensais. Infelizmente estas medidas são tomadas por entidades alheias ao território português. Lembram-se da ex-ministra das finanças? É o regabofe de sempre.

  3. Finalmente, no resto da Europa já começam a perceber aquilo que em Portugal já todos sabiam acerca do cherne, que não passa de um vira-casacas que se mete onde lhe derem mais.

  4. oh cherne por esta é que não estavas a espera. Será o karma a equilibrar-se ? Ainda tens muito no focinho que levar. Por cá se a democracia realmente existisse e se as pessoas tivessem alguma palavra, acredita que também não ias encher os bolsos a pala dos impostos que todos pagamos.

  5. Serei o único que acha isto um escândalo? Independentemente do que achemos de Durão Barroso, não cometeu nada ilegal, esperou os 18 meses a que estava obrigado, e esta decisão é assim completamente arbitrária, talvez com laivos da típica xenofobia Francesa. Se se determinar que isto está mal, que se altere a lei, agora este tipo de decisões sem qualquer base legal é inaceitável.

  6. E passará a ser recebido tal como é e qual será o problema? Ou os senhores de Bruxelas tal como se passa por cá querem acumular títulos e mais títulos, pensões, guarda costas, etc. um nunca mais acabar, afinal estão todos viciados no mesmo, ou seja poder e dinheiro e não vêm mais nada.

  7. mas que grande mania de dar privilégios a quem ja deixou o cargo.
    ate em portugal ficam com tantos direitos como se ainda ocupassem o cargo. isso deveria acabar, poupava-se muito dinheiro.

  8. Isto é mais uma vil imagem daquilo em que se vai tornando o esgoto europeu!
    As regras de nada servem se em vez de serem aplicadas andarmos ao sabor momentâneo da demagogia políticopopulista de alguns aleijados dos neurónios !
    Nem mesmo o tribunal europeu escapa ás nomeações partidarias deste jogo da moda mais reles da politiquice baixa enganosa arbitrária e sem fundamentos.
    A lex quando não dá jeito já não é léxico a igualdade a discriminação Iden Iden!
    O fim do sonho á vista!

  9. Enquanto governantes, além de olharem só e apenas para os seus umbigos, permitem a prática da usura. Quando saltam fora da governação, tornam-se Quadros dos usurários.

  10. Só bandalhice e ódio a escorrer pelas beiças é o que os comentários soezes traduzem. E já agora o MAROCAS, SAMPAIO e afins também não têm as benesses de ex- ex.-ex, ? Comentários porcos e maliciosos de quem NUNCA foi nada na vida. A ETERNA inveja dos babacas. Se fosse um Francês, Inglês ou Alemão, teriamos a mesma onda de “repudio”. Aquele pederasta de Presidente Holand que disse ser uma vergonha não deveria estar a lamber-lhe os tomates ao Sr.Durão? Podem eventualmente criticar mas destilar ódio é que não .Acima de tudo sejam portugueses.

RESPONDER

Brasil é o país lusófono com mais refugiados. Já Portugal tem as maiores remessas dos emigrantes

Um relatório das Nações Unidas (ONU) revelou que o Brasil é o país lusófono que acolhe mais refugiados, Portugal é o que recebe mais remessas dos emigrantes e Moçambique teve o maior aumento de estrangeiros …

Ryanair deixa de voar entre Porto e Lisboa em outubro (mas fica com base mais reduzida em Faro)

A transportadora aérea irlandesa Ryanair vai deixar de voar entre Porto e Lisboa a partir de 25 de outubro devido a “razões comerciais”. A confirmação foi dada pela empresa ao Jornal de Notícias. Em abril, a …

Frente-a-frente entre Costa e Rio teve menos 633 mil espectadores do que o debate entre Costa e Passos em 2015

O frente-a-frente entre António Costa e Rui Rio, os líderes dos dois maiores partidos, teve menos audiência do que o confronto de há quatro anos, entre António Costa e Pedro Passos Coelho. Cerca de de …

EDP condenada a multa de 48 milhões por abuso de posição dominante na produção de energia

A Autoridade da Concorrência (AdC) condenou a EDP por abuso de posição dominante. A coima de 48 milhões de euros foi aplicada à EDP Produção por manipular a oferta de serviços de sistema que regula …

Há sete anos que a média de secundário dos colocados no Ensino Superior não era tão alta

Há sete anos que a média de secundário dos colocados no ensino superior não era tão alta. Relativamente aos alunos de cursos científico-humanísticos, a média dos colocados tem vindo a aumentar desde 2015, tendo atingido …

Futebolistas internacionais russos Kokorin e Mamayev saíram da prisão

Pavel Mamayev e Alexander Kokorin foram detidos depois de atacarem dois homens, um responsável do governo, num estacionamento de um hotel, e um outro num café. Deixam a prisão por "bom comportamento". Os futebolistas internacionais russos …

Praga de baratas fecha refeitório do hospital Amadora-Sintra

Uma praga de baratas está a afetar o Hospital Amadora-Sintra, provocando sérios transtornos às centenas de trabalhadores desta unidade de saúde. O caso foi denunciado ao Correio da Manhã por funcionários e confirmado pelo hospital. A …

Singapura é a inesperada vencedora da crise em Hong Kong

A instabilidade política está a levar uma crescente instabilidade económica em Hong Kong. Quem beneficia com isto é a Singapura, que surge como alternativa no mercado asiático. Em Hong Kong, o duelo entre os manifestantes contra …

Irão pediu vistos aos EUA para ir à Assembleia Geral da ONU "há meses", mas nenhum foi entregue

O Presidente do Irão ainda não recebeu visto de entrada nos EUA, podendo estar em risco a participação de Hassan Rohani na Assembleia Geral das Nações Unidas, noticiou esta quarta-feira a agência de notícias estatal …

Livre: Aparecer nas sondagens é sair da "invisibilidade"

"Estarmos nas sondagens significa que nós estamos com altas hipóteses de eleger [deputados]", referiu na quarta-feira Joacine Katar Moreira, em declarações à agência Lusa, no Jardim Augusto Monjardino, em frente à Maternidade Alfredo da Costa …