Drones para monitorizar banhistas, cercas e aplicações vão controlar praias

Vitor Junqueira / Flickr

Praia de Santa Cruz e Penedo do Guincho, Torres Vedras

Em cima da mesa estão medidas como a delimitação de zonas de segurança com cordas, sensores nos acessos, uso de drones para monitorizar banhistas e contratação de vigilantes privados.

A época balnear de 2020 será muito diferente das anteriores. Apesar de ainda não haver uma data concreta para a reabertura das praias, já várias autarquias e entidades, como o Turismo de Portugal, avançaram diversas propostas.

Entre as medidas elencadas pelo semanário Expresso estão a delimitação de zonas de segurança com cordas, a instalação de sensores nos acessos de forma a controlar as entradas no areal, o uso de drones para monitorizar banhistas, tempos máximos para permanecer no local ou içar “bandeiras de carga” para avisar os visitantes sobre a afluência.

O mesmo semanário adianta que as Forças Armadas Portuguesas estão a preparar um plano de ação que prevê o reforço de fuzileiros, artilheiros e outros militares para sensibilizar os banhistas no areal.

Algumas destas propostas constam de um documento, a que o Expresso teve acesso, elaborado pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA) no final de abril, após reuniões com representantes das comunidades intermunicipais (CIM), da Federação de Concessionários, da Autoridade Marítima, do Turismo de Portugal, da Direção-Geral da Saúde (DGS) e autarcas.

A APA está agora a preparar um manual com regras a aplicar nas praias que só deverá estar concluído no final da próxima semana, segundo o ministro do Ambiente. Em causa podem estar mais de 50 propostas. “Conversámos com um número muito alargado, 86 autarquias, com as associações de apoios de praia, com as entidades que fazem a fiscalização”, adiantou João Matos Fernandes.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) ainda não chegou a uma conclusão sobre a distância de segurança a aplicar nas praias e ainda precisa de definir critérios de limpeza dos areais e equipamentos de praia.

O matutino sabe que está em cima da mesa a suspensão dos planos de praia e o aumento da área concessionada. Os planos de praia identificam a carga máxima de pessoas num areal e determinam que um terço da área útil pode ser ocupado pelos chapéus de sol e espreguiçadeiras ou barracas. A Federação de Concessionários propõe agora duplicar esta área.

Há autarquias que sugerem a colocação de cordas para delimitar o espaço de segurança entre pessoas no areal – uma espécie de quadrículas a marcarem o lugar de cada chapéu de sol – ou a instalação de sensores nos acessos às praias para controlar a lotação das mesmas.

O documento também sugere a implantação de drones para monitorizar a quantidade de banhistas, estabelecimento de tempos limite de permanência na praia, “bandeiras de carga” com cores distintas a indicar a afluência ou aplicações móveis com o mesmo objetivo.

Uma das maiores preocupações das autarquias prende-se com a escassez de nadadores-salvadores e de meios para fiscalizar, vigiar e controlar os acessos às praias, principalmente as urbanas de elevada ocupação. Por esse motivo, muitas defendem que a Marinha seja destacada para apoiar na vigilância.

O Público revela ainda que uma das ideias apresentadas por alguns autarcas do Algarve é a contratação de segurança privada para reforçar a vigilância dos areais. “Algumas câmaras estão disponíveis para contratar vigilantes que, em articulação com as capitanias, possam assegurar o cumprimento das normas a definir pela DGS”, explicou António Pina, presidente da Comunidade Intermunicipal do Algarve (Amal).

Para que todas as regras sejam cumpridas nesta época balnear, serão também necessárias campanhas de sensibilização.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

É a quantidade de alimento que determina quem se torna a abelha-rainha

Um novo estudo sugere que é a quantidade de alimento, e não a sua qualidade, como se pensava até agora, que determina quem se torna a abelha-rainha. Quais são os fatores que determinam qual é a …

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …