Drones sobre aeroporto de Gatwick obrigam a suspender voos

O aeroporto internacional de Gatwick, na região de Londres, suspendeu temporariamente o tráfego aéreo devido à presença de drones na pista.

A presença de drones na pista aérea do aeroporto internacional de Gatwick, um dos aeroportos mais importantes do Reino Unido, obrigou a que os voos com destino a Gatwick tivessem de ser desviados para outras cidades e aeroportos, incluindo Paris e Amesterdão. Também os voos que tinham saída de Gatwick sofreram grandes atrasos.

Os voos estão suspensos desde a última noite na sequência do avistamento de dois drones sobre o aeroporto. Os dois drones, de origem ainda desconhecida, foram vistos pela primeira vez por volta das 21h de quarta-feira, levando os responsáveis do aeroporto a suspender e a desviar as ligações por motivos de segurança, avança o Observador.

Em comunicado, a direção do aeroporto explica que “dois drones sobrevoaram o aeroporto, pelo que tivemos que suspender os voos durante a investigação”. A BBC adianta que cerca de 10 mil passageiros foram afetados.

Cerca das 8h00 a pista ainda estava condicionada. No Twitter, o aeroporto referiu que “a segurança dos passageiros e funcionários é a nossa prioridade“.

O grupo europeu de controlo de tráfego aéreo Eurocontrol disse que a pista permanecerá fechada até as 11h00. Esta foi encerrada por volta das 21h00 de quarta-feira, quando dois drones foram vistos a sobrevoar a pista – que chegou a ser reaberta por cerca de 45 minutos nesta madrugada, tendo voltado a ser encerrada.

“Após informações sobre a presença de dois drones sobrevoando a pista do aeroporto de Gatwick por volta das 21h00, a pista foi encerrada das 21h03 de quarta-feira às 03h01 de quinta-feira”, lê-se num comunicado divulgado pelo aeroporto.

“Infelizmente, outra observação de drones nas proximidades do aeroporto forçou o encerramento da pista, novamente, por volta das 03:45″, acrescentou a nota.

O aeroporto já garantiu estar a trabalhar com as companhias aéreas para “oferecer aos passageiros estadia em hotéis” ou alternativas de viagem.

Gatwick é o oitavo aeroporto da Europa com maior volume de tráfego. A partir dali faz-se a ligação a mais de 200 cidades e de 70 países e transitam anualmente 45 milhões de passageiros. Devido a esta suspensão de atividade, os responsáveis estimam que cerca de 2.000 voos foram impedidos de descolar.

À BBC, Chris Woodroofe, chefe de operações de Gatwick, referiu que perto de 20 equipas de agentes se organizaram na busca dos drones avistados sobre o aeroporto. O avistamento “perturbou fortemente os passageiros”, sendo essa uma das razões para que a polícia não tenha tentado disparar para anular os drones.

Os drones estão proibidos de sobrevoar aeroportos e até um quilómetro de distância do seu perímetro.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Desaparecimentos, mistérios e lendas. O Triângulo do Alasca pode ser mais perigoso do que o das Bermudas

Milhares de pessoas desaparecem todos os anos no estado norte-americano do Alasca, fazendo lembrar as histórias do Triângulo das Bermudas, onde aviões e navios desapareceram sem deixar rastro. De acordo com a revista The Atlantic, três …

Descobertas sete novas aranhas-pavão. E uma parece um quadro de Van Gogh

Foram encontradas sete novas espécies de aranha do género Maratus. E há uma que se destaca por se parecer com "A Noite Estrelada", famoso quadro de Vincent Van Gogh. Nos últimos anos, as aranhas-pavão (do género Maratus) …

Estado de emergência no México suspende produção de cerveja Corona

Nem toda a publicidade é boa publicidade. Que o diga a cerveja mexicana Corona que, em tempos de pandemia, partilha o nome com o vírus de que já ninguém quer ouvir falar. Segundo o jornal The …

Gás natural pode transformar Moçambique no "Qatar de África" (se os jihadistas deixarem)

A descoberta de gás natural em Moçambique é vista como uma grande esperança para o país que, à boleia dos avultados investimentos que está a receber de grandes multinacionais, sonha tornar-se no "Qatar de África". …

Afinal, os 1.000 ventiladores doados por Elon Musk podem não ser completamente inúteis

Elon Musk, CEO da Tesla, doou mil ventiladores do tipo errado a hospitais da Califórnia, que enfrentam um número esmagador de casos de coronavírus. Agora, afinal, os ventiladores vão poder ser usados em casos de …

Cientistas preveem quatro grandes furacões no Atlântico em 2020

Cientistas da Universidade Estadual do Colorado, nos Estados Unidos, preveem que se formem quatro grandes furacões no Oceano Atlântico em 2020. De acordo com os especialistas, estes quatro furacões serão de categoria 3 a 5 na …

Neymar doa 870 mil euros para luta contra a pandemia no Brasil

O futebolista internacional brasileiro Neymar doou cerca de 870 mil euros para a luta contra a pandemia covid-19 no seu país, revelou esta sexta-feira o canal SBT. Segundo a estação de televisão brasileira, o contributo de …

França confiscou quatro milhões de máscaras destinadas a Espanha e Itália

As autoridades francesas apreenderam quatro milhão de máscaras que uma empresa sueca transportava da China para a Espanha e Itália no início do mês. A disputa diplomática foi revelada na quarta-feira pela revista francês L'Express. Segundo …

Sobe para 52 o número de elementos da PSP infetados

Subiu esta sexta-feira para 52 o número de elementos da PSP infetados com covid-19, revelou esta força de segurança, dando conta que está a ser assegurado apoio psicológico a todos os polícias com 30 profissionais. Em …

A curvatura do espaço-tempo vai ajudar o WFIRST a encontrar exoplanetas

O WFIRST (Wide Field Infrared Survey Telescope) da NASA irá procurar planetas para lá do nosso Sistema Solar na direção do centro da nossa Galáxia, a Via Láctea, onde estão a maioria das estrelas. O …