Com a ajuda de um drone, investigadores descobrem que o reator 5 de Chernobyl não contém resíduos nucleares

Recentemente, um drone inspecionou um dos lugares mais perigosos e inacessíveis do mundo – a Central Nuclear de Chernobyl. Com a visita do drone, e pela primeira vez desde 1986, os investigadores confirmaram a ausência de lixo nuclear no reator 5.

Há cerca de um ano, os pilotos da Flyability realizaram uma missão na Central Nuclear de Chernobyl, onde aconteceu o acidente nuclear de 1986. Na altura do desastre, o reator 5 ainda estava em construção – e quase concluído. Contudo, não foi feito nenhum registo nos reservatórios que comprovasse a retenção no reator.

Agora, 33 anos depois, a equipa de desativação precisava ter a certeza se restava algum resíduo nuclear dentro do reator 5, por isso enviaram o Elios 2 para dentro do reator. Através das imagens do drone, a equipa percebeu que não haviam quaisquer vestígios de combustível nuclear no reator.

“A missão de Chernobyl foi alvo de grande preocupação, porque a parede sobre a qual o drone tinha de voar tinha 70 metros de altura, por isso não havia maneira de recuperar o drone caso o sinal se perdesse”, explica Charles Rey, que foi um dos líderes da missão.

A equipa de desativação em Chernobyl não tinha nenhuma experiência no uso de drones, sobretudo para recolher dados visuais remotamente, mas o Elios 2 possui uma ferramenta única para a realização destas tarefas, já que fica dentro de uma gaiola de proteção, que permite entrar em espaços apertados e escuros.



Embora o reator seja estruturalmente seguro, o acesso às áreas interiores – onde os resíduos nucleares poderiam estar – era praticamente impossível porque as áreas de entrada eram muito altas. Ainda assim, com a ajuda do Elios 2, os pilotos do drone foram capazes de voar até ao reator 5 e analisar dados suficientes para tirar as suas conclusões.

Após a missão, a equipa incluiu os dados observados durante a missão Elios 2 num relatório apresentado às autoridades internacionais, de maneira a atualizar o conhecimento sobre o estado dos reatores da central, avança o Interesting Engineering.

Apesar de não haver nenhum vestígio de material nuclear no reator 5, as últimas descobertas servem para lembrar de como lugares que são considerados inacessíveis por muito tempo, se estão a tornar cada vez mais acessíveis à pesquisa.

E isso não é válido apenas na Terra, mas também no espaço.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cogumelos laminados

O consumo de cogumelos pode diminuir o risco de depressão

Além de reduzirem o risco de cancro e morte prematura, os cogumelos podem beneficiar a saúde mental de uma pessoa. Uma equipa de investigadores da Faculdade de Medicina de Penn State, nos Estados Unidos, analisou dados …

Os hipopótamos de Pablo Escobar começaram a ser esterilizados

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do indesejado legado deixado na Colômbia pelo traficante de droga Pablo Escobar, está a ser esterilizado. Quando o Cartel de Medellín estava no seu auge, Pablo Escobar gastou parte …

Ian Brackenbury Channell, o "feiticeiro de Christchurch"

Duas décadas depois, uma cidade neozelandesa decidiu despedir o seu feiticeiro

Vinte e três anos depois, a autarquia de Christchurch, na Nova Zelândia, decidiu despedir Ian Brackenbury Channell, o famoso feiticeiro da cidade. Desde 1998 que Ian Brackenbury Channell era o "feiticeiro de Christchurch", sendo responsável por …

Um dos microscópios de Darwin vai a leilão. Esteve nas mãos da sua família durante quase 200 anos

Um microscópio que Charles Darwin ofereceu ao filho Leonard - e que esteve nas mãos da sua família ao longo de quase 200 anos - vai ser leiloado em dezembro e poderá valer cerca de …

Pedro Sánchez promete abolir a prostituição em Espanha, por considerar que esta "escraviza" as mulheres

Espanha é um dos países europeus com mais trabalhadoras na indústria do sexo, as quais são sobretudo originárias de países da Europa mais pobres, da América Latina e de África. O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez anunciou …

"Um milagre". Dois jovens sobreviveram quase uma semana no deserto australiano

Dois jovens, de 14 e 21 anos, sobreviveram durante quase uma semana no deserto, sem água e sem comida, depois de se terem perdido no Território do Norte, na Austrália. A polícia fala num verdadeiro …

Carlos Moedas

Moedas vai "dar tudo como presidente" e exige que seja respeitada a legitimidade do seu mandato

Carlos Moedas tomou posse, esta segunda-feira, como novo presidente da Câmara de Lisboa, tendo falado dos objetivos para o próximo quadriénio e deixado um elogio ao seu antecessor e alguns avisos à esquerda. Depois dos cumprimentos …

Chanceler austríaco Sebastian Kurz

Sondagens falsas e notícias favoráveis. O lado negro de Sebastian Kurz foi desmascarado

Sebastian Kurz e pessoas que lhe são próximas foram acusados de tentar garantir a sua ascensão à liderança do partido e do país com a ajuda de sondagens manipuladas e notícias favoráveis na imprensa, financiadas …

Tem uma carreira de sonho na Nike, mas cometeu um homicídio há 65 anos

O presidente da Jordan Brand, Larry Miller, revelou que, há 56 anos, matou um adolescente nas ruas de Filadélfia, nos Estados Unidos. O presidente da Jordan Brand — marca do ex-jogador de basquetebol Michael Jordan — …

Rio diz que decisão sobre eventual recandidatura está "quase tomada"

O presidente do PSD afirmou, esta segunda-feira, que a decisão sobre a sua eventual recandidatura está "quase tomada" e será anunciada em breve. Em declarações aos jornalistas à chegada à tomada de posse do novo presidente …