Dos 5 mil militares pedidos, Centeno só autoriza a contratação de 3.500

(dr) Exército Português

A luz verde à contratação de militares já foi dada, mas o Ministério das Finanças apenas autorizou 3500 dos 5 mil militares reivindicados pelas chefias. Em causa estará também a verba utilizada para promoções nos quadros.

Segundo o Diário de Notícias, as Finanças já autorizaram a contratação de 3000 a 3500 militares, um valor que fica 30% abaixo do valor reivindicado pelas chefias.

O Ministério da Defesa escusou-se a indicar qual o número exato de efetivos autorizados a entrar este ano para as Forças Armadas, limitando-se a dizer que “as admissões para a prestação de serviço nas Forças Armadas em regime de voluntariado e de contrato [RV/RC] aguardam publicação em breve no Diário da República” – o que se prevê ocorrer nesta semana.

Até lá, adiantou a tutela, “não serão prestadas declarações” sobre uma matéria cuja competência está delegada no secretário de Estado da Defesa, Marcos Perestrello – pelo que uma das dúvidas em aberto diz respeito às admissões para os quadros permanentes (QP), que a resposta do ministério exclui do universo autorizado.

Outra dúvida consiste ainda em saber se o Ministério da Defesa já definiu com as chefias militares qual a distribuição dos efetivos autorizados por cada ramo.

O número fica, contudo, aquém das reais necessidades indicadas pelas chefias do Exército, Marinha e Força Aérea, que pediam verba para ocupar 5019 vagas em dois tipos de regime: voluntários e contratados – 249 para a Marinha, 4075 para o Exército e 695 para a Força Aérea.

Este ano já foram feitas 900 admissões nos dois regimes, mas que dizem respeito a admissões aprovadas para 2016, sendo que em 2017 ficam por liquidar as despesas de remunerações, alimentação e dormida destes militares.

Uma das explicações para concretizar admissões de voluntários e contratados em número inferior às necessidades prende-se com a exigência de as promoções dos quadros permanentes só poderem ser feitas desde que não haja acréscimo de despesas.

Este ano já foram propostas 631 admissões para os quadros permanentes, sem contar com as promoções de carreira de “quem muitas vezes está mais de uma dezena de anos no mesmo posto dos quadros permanentes”.

“Os chefes dos ramos têm de fazer opções, encontrar um equilíbrio entre promoções e incorporações” para conseguir alimentar a base da pirâmide em pessoal, assinalou uma fonte, enquanto outra estabelecia um termo de comparação: “Um capitão dos quadros permanentes “vale” pelo menos quatro RV/RC e um coronel seis”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. o Sr. Ministro é um abastado esbanjador, a indicação que lhe dei era que fariam todos o curso de comandos e contrataria aqueles que terminassem com 20 valores.

RESPONDER

Abel montou uma "equipa pequena, a jogar sempre com receio"

Opinião proveniente do Brasil lamenta a forma como o campeão sul-americano se apresenta em campo. É campeão sul-americano, por ter vencido a última Copa Libertadores, está a um jogo de estar novamente na final da Libertadores …

Pandemia com tendência decrescente nos serviços de saúde e na mortalidade

Portugal regista uma situação pandémica de “intensidade moderada”, mas com uma tendência decrescente da pressão sobre os serviços de saúde e na mortalidade associada à covid-19, refere o relatório das “linhas vermelhas” hoje divulgado. Segundo a …

Vacinas da gripe vão ser dadas nos centros de vacinação covid-19

Os centros de vacinação usados para administrar as vacinas contra a covid-19 vão também passar a ser usados para vacinar contra a gripe. Numa nota enviada às redações, a task force anunciou que os centros de …

Irmã de Kim Jong-un diz que acabar com a Guerra da Coreia é uma "ideia admirável"

Esta sexta-feira, Kim Yo-jong, irmã do líder norte-coreano Kim Jong-un, disse que o país está disposto a retomar as conversações com a Coreia do Sul se o vizinho não provocar o Norte com políticas hostis. Ri …

"Que se lixe o Congresso", diz líder do CDS

O líder centrista Francisco Rodrigues dos Santos disse não estar "minimamente preocupado" nem "concentrado em táticas para congressos internos". O presidente do CDS disse esta sexta-feira que não está “minimamente preocupado” com a próxima reunião magna …

Detidos CEO e chairman do grupo HNA, antigo acionista da TAP

Chen Feng e Tan Xiangdon, o chairmain e o CEO do grupo HNA, que já deteve uma participação na TAP, foram detidos esta sexta-feira.  O chairmain e o CEO do grupo HNA terão sido detidos na …

OMS inclui mais dois medicamentos nas recomendações para tratamento

A Organização Mundial de Saúde (OMS) acrescentou na quinta-feira dois medicamentos à lista de fármacos admitidos para tratamento da covid-19 e pediu à farmacêutica que os produz para baixar os preços e levantar as patentes. O …

Puigdemont em liberdade, mas com proibição de sair da Sardenha

O Tribunal de Recurso de Sassari decidiu, esta sexta-feira, deixar em liberdade o ex-presidente catalão Carles Puigdemont. Enquanto decorrer o processo judicial, não pode sair da ilha italiana. Carles Puigdemont saiu em liberdade esta sexta-feira, depois …

Centenas de pessoas protestam em Barcelona contra a prisão de Puigdemont em Itália

Centenas de pessoas reuniram-se próximo do consulado italiano em Barcelona em protesto contra a prisão de Carles Puigdemont. Centenas de pessoas reuniram-se esta sexta-feira próximo do consulado italiano em Barcelona, guardado por um forte dispositivo da …

Portugal com mais 9 mortes e 757 casos de covid-19

Portugal registou 757 novos casos e nove mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou, nas últimas …