Centenas de donativos para as vítimas de Pedrógão “escondidos” em armazéns da câmara

António José / Lusa

O presidente da Câmara Municipal de Pedrogão Grande, Valdemar Alves

Centenas de donativos enviados pelos portugueses paras as vítimas do incêndio de Pedrogão Grande, que deflagrou a 17 de junho de 2017 fazendo 66 mortos e mais de 200 feridos, estão “escondidos” em armazéns da autarquia, revela uma reportagem da TVI esta quinta-feira transmitida. 

Segundo relata a TVI, em causa estão centenas de frigoríficos, máquinas de lavar, micro-ondas, mobílias inteiras e até colchões, alguns destes objetos estão ainda embalados com os plásticos de origem e não chegaram nunca às vítimas.

A emissora afirma “que muitos desses donativos estão a ser desviados para amigos e familiares dos autarcas“, dando conta que o Ministério Público está a analisar o caso.

“Eles é que movimentam isto, é que fazem o que querem. Isto é tudo deles. É o quero, posso e mando”, afirma Manuel Antunes, antigo funcionário da autarquia na peça.

Fernanda Alves, uma das vítimas atingidas pelo incêndio, confirma que entre os donativos “havia circo-ondas, frigoríficos, montes de coisas”. “Gostava de lhe fazer uma pergunta: para onde é que foram essas coisas?”, indaga.

Ao que a emissora apurou, os donativos em causa estão guardados em dois armazéns da autarquia, que se encontram “vedados” e “permanentemente trancados“, sendo estes espaços apenas acedidos por funcionários da Câmara de Pedrógão Grande.

“Pavilhões cheios. Tanta coisa que veio. Não era preciso ir lá dentro. Via-se que estavam cheios de coisas pelas janelas. Não sei para onde é que isso [os donativos] foi”, confirmou Mário Alves, vítima do incêndio, em declarações à TVI.

A investigação, que é apresentada pelo jornalista André Carvalho Ramos, foi até ao local onde os donativos estão armazenados, captando imagens que mostram vários objetos empilhados e ainda embalados. As mesmas imagens mostram que as janelas de um dos armazéns foram tapadas com tijolos. A porta das traseiras do espaço, que é o único acesso ao interior, foi também bloqueada com uma retro-escavadora da autarquia.

De acordo com a reportagem, familiares de autarcas da Câmara de Pedrógão receberam alguns dos donativos, situação que é confirmada pelo antigo funcionário da autarquia que alega ter visto três funcionário camarários a carregar alguns destes objetos.

“Estavam a carregar um estrado de uma cama, umas mesa de cabeceira (…) os funcionários da câmara [estavam] num carro particular para levar para a casa de um funcionário (…) eram três pessoas que estavam lá que foram descarregar na freguesia de Via Facaia, na localidade dos Campelos”, afirma.

Manuel Antunes nota que esta é a freguesia onde vive a vice-presidente da Câmara, adiantando ainda que “quem carregou o material” foi o seu irmão.

Confrontada sobre se favoreceu o seu irmão, a vice-presidente da autarquia, Margarida Guedes, nada respondeu. Também o seu irmão recusou falar com a TVI.

Quanto aos donativos “escondidos”, a vice-presidente começou por dizer que a câmara “não tem qualquer eletrodoméstico”, remetendo depois declarações adicionais para  presidente da câmara, Valdemar Alves. “Isso é com o senhor presidente“, rematou.

Em igual sentido, também Valdemar Alves se remeteu ao silêncio quando confrontado pelo jornalista, que também o questionou sobre o facto de ser o seu filho, Telmo Alves, o responsável pela gestão dos donativos.

De acordo com a TVI, a Câmara de Pedrógão Grande está a ser investigada pelo Ministério Público num processo que analisa o que foi doado e a quem foram entregues os donativos.

O incêndio que deflagrou em 17 de junho de 2017, em Escalos Fundeiros, concelho de Pedrógão Grande, e que alastrou depois a concelhos vizinhos, provocou 66 mortos e 253 feridos, sete deles com gravidade, tendo destruído cerca de 500 casas, 261 das quais eram habitações permanentes, e 50 empresas.

SA, ZAP //

PARTILHAR

20 COMENTÁRIOS

  1. Responsabilizem os responsáveis. A maior vergonha é que estamos a falar de um assunto que deveria ter sido resolvido no imediato e que pelos vistos vai levar anos. E, como já é normal, quem realmente necessita, nem uma palavra recebeu…

    • Pois é minha senhora, as máquinas fotográficas e telemóveis deste período avariaram, e estão no técnico para as recuperar e já lá vão uns largos meses, ou à espera que o dito cujo presidente dê o aval com o dinheiro que já não está na conta…
      Miserável, acéfalo, imundo…

      • JMAbreu, como “a crise ja passou…” nao tarda vira outra “parque escolar” que distribuirá telemoveis, maquinas fotograficas e muitos outros dispositivos multi media.
        Acho muito bem que desbundem a riqueza que a geringonça ja gerou!
        E o dito cujo leva-os todos ao cólinho.
        ZéPovinho, levanta a enxada e a forquilha antes que enferruge mais.

  2. Estao a espera das eleicoes para serem doados pelo partido do Presidente da Camara.

    Camada de chulos, este pais esta entregue a bicharada.

  3. É o estado… vai sempre dar ao mesmo… e nós pagamos… Estou farto destes FP (leia-se funcionários públicos ou quem quiser que entenda outra coisa…).

      • Seja Estado , Politicos ou quem quer que seja estamos feitos. São sempre os mesmos a Pagar e os mesmos a receber. Desde IPSS com Viaturas de alta gama à porta e os “coitadinhos” de saco na mão na “mamisse”. agora imaginem que estas coisas não se sabiam. A SOLIDARIEDADE dos PORTUGUESES Podia SER MUITO MAIOR. Mas temos o País que temos. Por Muito que me digam NÃO HÁ VOLTA A DAR. Metade ??? do Páis Paga e resto Agradeçe.

  4. FDP, o que é isto? batemos no fundo, já nem sequer se fala dos donativos em dinheiro, o que é surreal, mas privar quem tudo perdeu, de bens essenciais, que lhes foram doados, é uma tremenda filha da putisse.
    cadeia com esses lambões ou então revolta popular

  5. Ser ladrão já é ruim, abusar da generosidade dos portugueses é péssimo, roubar de quem precisa e pelo que passaram, é imperdoável. Estes ladrões deviam ser empalados em praça pública.

  6. A corrupção, o compadrio, os favores a familiares e a membros do partido é isso que assistimos por esse país fora. Não pensem que isso é só em Pedrogão.

  7. Este presidente da câmara já deveria estar preso. Estão à espera de quê? Parece um xé-xé, mas tem jeito para o gamanço. O povo anónimo, generosamente, a solidarizar-se com esta gente atingida pela tragédia, e um corrupto presidente de câmara a rapinar o produto dessa generosidade. O que está ajustiça à espera para o meter na grelha ?

  8. Tudo gente “ONESTA”, com “O” bem grande, até parece que político é tudo a mesma raça, do mais elevado ao mais pequeno.
    Aqui fala-se dos donativos em espécie, e o que aconteceu aos donativos em dinheiro, será que não aconteceu o mesmo, não digo guardados em armazéns mas sim escondidos até que o povo se esqueça.
    Aproveitar-se ilicitamente da boa vontade e dos donativos do povo deveria ser considerado um crime gravíssimo e a sentença seria cortar as mãos que se apropriaram do que não lhes pertencia. Haveria para aí muitos manetas.

  9. Mais uma vez a República da Korruptlândia & Cleptocracia, no seu palmarés!!!!. E não seja o povo tuga considerado dos maiores “clepto” do mundo!!!!!! Tristeza de povo… que só não roubam o Sol porque se queimam, e, fica um pouco longe….. Promessas, promessas, promessas…….

  10. Este presidente de câmara de há muito tempo que deixa muitas dúvidas sobre o seu percurso político e este é mais um caso vergonhoso e que estranhamente não parece haver colaboradores a seu lado melhor do que ele e capazes de denunciar toda esta pouca vergonha, por outro lado o desleixo de Estado e autoridades parece ir no mesmo sentido pois ninguém investiga o caminho dado aos donativos e se de facto os necessitados estão ou não a ser devidamente assistidos. O resultado que tudo isto vai dar é que no futuro e em casos semelhantes muitos de nós não participarmos em qualquer ajuda pois infelizmente chegou-se ao ponto de não podermos confiar em ninguém. Antigamente havia mais humildade e honestidade, hoje é ver quem consegue ser o maior ladrão, talvez uma qualidade da democracia ou então de quem a finge compreender.

  11. Esta criatura já ganhou o prémio de maior palerma de 2019. Muito embora tenham fortes concorrentes, como o Autarca de Elvas e o de Borba. As nossas autarquias estão entregues à bicharada.

RESPONDER

Teegarden B e C. Descobertos mais dois planetas que podem albergar vida

Cientistas de vários países identificaram mais dois planetas que consideram poder albergar vida, com climas temperados, semelhantes à Terra e que podem conter água líquida à superfície. A equipa da universidade alemã de Göttingen utilizou vários …

Ministério Público abre investigação a Juan Guaidó por corrupção

O Ministério Público da Venezuela anunciou a abertura de uma investigação penal contra Juan Guaidó por suspeita de corrupção relacionada com fundos para assistência a cidadãos venezuelanos na Colômbia. O anúncio foi pelo procurador-geral designado pela …

Cientistas descobrem no veneno de escorpião antibiótico contra tuberculose

Químicos no veneno podem combater estirpes resistentes da tuberculose e a bactéria causadora da pneumonia e septicemia. Veneno pode ainda travar o crescimento de células cancerígenas. Cientistas descobriram no veneno de escorpião antibióticos contra a tuberculose …

Câmara de Lisboa já cobrou 17 mil euros por trotinetas mal-estacionadas

A Polícia Municipal de Lisboa cobrou 17.145 euros em coimas por trotinetas mal-estacionadas, entre fevereiro e o início de junho, tendo removido 1.820 veículos do centro da cidade nos últimos cinco meses. "A verificação das infrações …

Berardo mostra-se "incrédulo com falta de memória" de Constâncio

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP) disse, esta terça-feira, que Joe Berardo mentiu no Parlamento sobre alegadas reuniões entre ambos. O empresário, por sua vez, mostra-se "incrédulo com a sua falta de memória". "Tudo isso é …

Marcelo diz que foi "sensato" não incluir pergunta sobre origem étnico-racial no Censos 2021

O Presidente da República considerou que foi uma decisão sensata não incluir no Censos 2021 uma pergunta sobre a origem étnico-racial dos cidadãos, face ao debate gerado, embora a ideia fosse boa. "Acho que foi uma …

Esfinge gigante de Ramsés II vê a luz do dia ao fim de quase 100 anos

https://vimeo.com/343091742 Uma enorme esfinge do faraó egípcio Ramsés II viu finalmente a luz do dia, no passado dia 12 de junho, depois de ter sido recolocada através de um sistema monumental que a fez "flutuar" pelo …

Vai baixar o custo das chamadas para números começados por 707 e 708

A Anacom anunciou uma descida de 48% no preço máximo das chamadas de telemóvel para números começados por 707 e 708, e de 10% para telefone fixo. A decisão da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) de baixar os …

PSG abre a porta a Neymar (e o Barcelona não a fecha)

Depois de o eventual regresso de Neymar ao Barcelona ecoar na imprensa desportiva, o presidente do Paris Saint Germain, Nasser Al-Khelaifi quebrou o silêncio sobre o jogador brasileiro. Em entrevista à France Football, o presidente …

“Explosão suspeita” entre China e Coreia do Norte causou um sismo

Os serviços sismológicos chineses registaram um sismo de 1,3 graus de magnitude na escala de Richter às 19h38 locais (12h38 em Lisboa), na cidade chinesa de Hunchun, causado por uma “explosão suspeita”, disseram as autoridades …