Dona de casa processa gigantes da higiene e limpeza

Marius Iordache / Wikimedia

Marius Iordache / wikimedia

Marius Iordache / wikimedia

Já se fala na guerra “contra os gigantes da lixívia”! Isto porque uma doméstica de 53 anos está a processar as grandes marcas de produtos de higiene e de manutenção, reclamando uma indemnização de 2400 euros.

Esta dona de casa francesa sente-se lesada pela concertação de preços levada a cabo por estas empresas e que  foi comprovada em tribunal em Dezembro de 2014.

A Autoridade da Concorrência Francesa condenou 13 grandes empresas do sector dos produtos de higiene e de manutenção por concertação de preços entre 2003 e 2006. Foram sancionadas a multas entre os 345,2 milhões de euros e os 605,9 milhões de euros, naquela que foi a mais alta multa alguma vez aplicada pelo organismo.

Esta situação levou a dona de casa em causa, uma mulher que vive em grandes dificuldades financeiras, a avançar com um processo contra quatro das empresas condenadas – Colgate Palmolive, Henkel, Procter & Gamble e Unilever. Ela espera ser reembolsada do valor que estima ter gasto a mais durante os quatro anos da concertação de preços.

Na verdade, este expediente legal é uma forma de a mulher tentar não reembolsar o Estado Francês de uma quantia indevida de Rendimento de Solidariedade Activa (RSA), o Rendimento Social de Inserção francês, que recebeu e que agora lhe é exigido. Ela procura obter das empresas o dinheiro que o Estado lhe solicita de volta.

O advogado Emmanuel Ludot explica ao jornal Le Parisien, que reporta o caso, que a mulher vive “em grande precariedade” e que está “muito doente”.

Quanto ao valor exigido pela doméstica, o advogado refere que foi calculado em função do seu carrinho de compras semanal, excluindo os produtos alimentares, multiplicando a quantia obtida por quatro anos, o que dará “200 euros por mês”.

É 25 por cento do poder de compra que foi roubado durante quatro anos“, acrescenta Emmanuel Ludot, considerando que o caso é “uma caricatura da miséria” e “uma caricatura dos grandes grupos sobre as pessoas pobres”.

O advogado assume que a sua cliente não tem os talões de compra para confirmar os gastos, mas acredita que o caso pode sustentar-se em depoimentos. Além disso, nota que as quatro empresas visadas “distribuem 99 por cento dos produtos de higiene e de manutenção”, pelo que diz que “é fácil provar a compra destes produtos”.

A comunicação social francesa vai entretanto notando que o caso pode abrir precedentes e levar outros consumidores a seguirem os passos desta dona de casa, o que poderá constituir uma preocupação para as empresas visadas.

SV, ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Podemos dizer que este caso, que está a decorrer em França, tem contornos verdadeiramente americanos.. Onde é que eu já vi este filme???

  2. Eu trabalhando nesta area de desinfecção, vejo a tentativa lógica visto serem estas as empresas que detem o monopólio e não havendo uma inspecção séria, em relacão aos produtos que utilizam e penso que a uma cartelização.

  3. apenas uma curiosidade: existem em portugal advogados para, numa situação idêntica no nosso país, defenderem um cliente/consumidor?

RESPONDER

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …

Vídeo revela, pela primeira vez, como é que o cérebro se livra dos neurónios mortos

Uma equipa de cientistas conseguiu usar, pela primeira vez, uma técnica que "mata" uma célula cerebral isolada e permite observar o processo de limpeza do sistema nervoso em tempo real. A equipa de investigadores conseguiu registar …

Reutilizável, dobrável e esterilizável. Novo "escudo" protege profissionais de saúde

Uma equipa de cientistas desenvolveu, recentemente, um dispositivo dobrável em forma de tenda que atua como um escudo físico para os profissionais de saúde na linha da frente contra a covid-19. A tenda redutora de gotículas …

O Lamborghini mais potente acelera dentro de água. É um iate com 4.000 cavalos

O resultado da primeira colaboração entre a a Lamborghini e os especialistas da Tecnomar é um iate de luxo, com 4.000 cavalos que recria a sensação de condução de um superdesportivo dentro de água. O mais …

Aproxima-se o lançamento do rover Perseverance

O rover Perseverance da NASA está a menos de um mês da data de lançamento prevista para 20 de julho. A missão de astrobiologia do veículo vai procurar sinais de vida microscópica passada em Marte, explorar …

Benfica 3-1 Boavista | Águias põem fim a quarentena caseira

O Benfica venceu na noite deste sábado o Boavista, naquele que foi o primeiro triunfo caseiro após a retoma da Liga. Poderá ter sido a redenção das águias? Após ter somado apenas dois triunfos, quatro desaires …