Agora só há dois níveis de combate aos incêndios: permanente e reforçado

Paulo Cunha / Lusa

As cinco fases de combate aos incêndios foram substituídas por dois níveis: o “permanente” e o “reforçado”. O reforço de meios vai ser maior em todos os períodos do ano, especialmente em meses de menor risco como junho e outubro.

Segundo a Renascença, a tradicional divisão do ano em cinco fases de combate aos incêndios, identificadas pelo alfabeto fonético, foi substituída por dois níveis: o “permanente” e o “reforçado”.

Na Diretiva Operacional da Proteção Civil para 2018, a que esta rádio teve acesso, destaca-se também o prometido reforço de meios, em todos os períodos do ano, nomeadamente nos meses de menor risco – junho e outubro – mas precisamente aqueles em que ocorreram as duas tragédias do ano passado.

Antes, o mês de junho estava incluído no período da chamada fase Bravo. Agora, vai-se passar a chamar nível “Reforçado III” e o aumento de meios é significativo: mais quase 1.600 operacionais no terreno, num total de 8.200, mais 340 viaturas e mais oito meios aéreos nos primeiros 15 dias do mês e mais 16 na segunda quinzena.

Se estas alterações se vierem a concretizar, escreve a Renascença, na segunda metade de junho, a Proteção Civil terá 48 meios aéreos, tantos quantos costuma ter na fase mais critica dos meses de verão.

Por sua vez, outubro, que nos últimos dez anos foi conhecido como fase Delta, também passa a chamar-se nível “Reforçado”. Terá mais quase três mil operacionais, mais 450 viaturas e mais 12 meios aéreos.

Relativamente à fase mais crítica, que tinha o nome de fase Charlie – julho, agosto e setembro -, chama-se agora nível “Reforçado IV” e também vai contar, como seria de esperar, com reforço de meios.

De acordo com a rádio, são mais mil operacionais, num total de 10.800, mais 240 viaturas, num total de 2.300, e mais sete meios aéreos, num total de 55, um número que é dos maiores de sempre mas convém lembrar que, da frota de dez helicópteros da Proteção Civil, apenas três estão operacionais.

Esta sexta-feira, o primeiro-ministro dirige-se à sede da Proteção Civil para reunir com a estrutura operacional e conhecer como está a ser preparado o combate aos incêndios.

Em junho de 2017, o incêndio que começou em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, provocou, pelo menos, 66 mortos e mais de 200 feridos. Em outubro do mesmo ano, uma nova vaga de incêndios matou 48 pessoas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

PSD a 3 deputados da maioria na Madeira. CDS afasta geringonças

Miguel Albuquerque, político experiente, apreciador de música e apaixonado por rosas, voltou hoje a vencer as eleições regionais da Madeira, mas tem agora pela frente a ‘espinhosa’ tarefa de negociar um entendimento que garanta estabilidade …

Porto 2-0 Santa Clara | E vão cinco vitórias consecutivas na Liga

O FC Porto respondeu ao triunfo do Benfica no sábado em Moreira de Cónegos com a quinta vitória consecutiva na Liga, na recepção ao Santa Clara, por 2-0. Num jogo morno, com uma segunda parte mal jogada …

Mazda entra na corrida e prepara lançamento do seu primeiro carro elétrico

A Mazda garantiu o lançamento do seu primeiro carro elétrico já no próximo ano. O veículo será apresentado no Salão Automóvel de Tóquio. A corrida dos veículos elétricos acelera a todo o vapor e a Mazda …

Descobertas evidências de um reino bíblico em pleno deserto israelita

A bíblia faz referência a um reino de Edom, do século X antes de Cristo. Novas evidências sugerem que este reino poderá ter estado assente no deserto de Arava, no Israel. A análise de arqueólogos a …

PSD vence regionais na Madeira mas perde maioria absoluta

O PSD venceu hoje as eleições legislativas regionais na Madeira, com 37% a 41% dos votos, o que lhe retira a maioria absoluta no parlamento, segundo a projeção da RTP/Católica. O Partido Social Democrata venceu as …

No Afeganistão, há mulheres a arriscar a vida por um golo

As jogadores da seleção de futebol feminino do Afeganistão não treinam no seu país por razões de segurança. Muitas sofreram abusos sexuais e correm risco de vida para poderem jogar futebol. Pelo menos alguma vez na …

Cientista diz que avanços científicos podem levar à extinção humana

A evolução da ciência e tecnologia pode ser fundamental para evitar catástrofes, mas, ironicamente, pode também ser a causadora do fim da nossa espécie. O estudo das mudanças climáticas baseia-se em simulações cada vez mais de …

A ilha mais remota do mundo tem nome português

Tristão da Cunha é uma ilha com apenas 250 habitantes, onde ninguém fala português. Não há hotel nem aeroporto. Há quem parta em busca de um lugar sossegado para evitar as grandes multidões turísticas. Caso esteja …

Costa não tinha dúvidas. O parecer da PGR sobre familiares é “absolutamente inequívoco”

O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu hoje que o parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre as incompatibilidades entre governantes e negócios com empresas de familiares é “absolutamente inequívoco”. “O parecer é absolutamente inequívoco sobre …

Jovens do mundo inteiro ocupam a ONU em inédita Cimeira do Clima

Mais de 500 jovens, representantes de mais de 140 países, ocuparam este sábado o espaço habitualmente destinado aos diplomatas da ONU. A United Nations Youth Climate Summit, primeira cimeira da juventude sobre o clima, em Nova …