Agora só há dois níveis de combate aos incêndios: permanente e reforçado

Paulo Cunha / Lusa

As cinco fases de combate aos incêndios foram substituídas por dois níveis: o “permanente” e o “reforçado”. O reforço de meios vai ser maior em todos os períodos do ano, especialmente em meses de menor risco como junho e outubro.

Segundo a Renascença, a tradicional divisão do ano em cinco fases de combate aos incêndios, identificadas pelo alfabeto fonético, foi substituída por dois níveis: o “permanente” e o “reforçado”.

Na Diretiva Operacional da Proteção Civil para 2018, a que esta rádio teve acesso, destaca-se também o prometido reforço de meios, em todos os períodos do ano, nomeadamente nos meses de menor risco – junho e outubro – mas precisamente aqueles em que ocorreram as duas tragédias do ano passado.

Antes, o mês de junho estava incluído no período da chamada fase Bravo. Agora, vai-se passar a chamar nível “Reforçado III” e o aumento de meios é significativo: mais quase 1.600 operacionais no terreno, num total de 8.200, mais 340 viaturas e mais oito meios aéreos nos primeiros 15 dias do mês e mais 16 na segunda quinzena.

Se estas alterações se vierem a concretizar, escreve a Renascença, na segunda metade de junho, a Proteção Civil terá 48 meios aéreos, tantos quantos costuma ter na fase mais critica dos meses de verão.

Por sua vez, outubro, que nos últimos dez anos foi conhecido como fase Delta, também passa a chamar-se nível “Reforçado”. Terá mais quase três mil operacionais, mais 450 viaturas e mais 12 meios aéreos.

Relativamente à fase mais crítica, que tinha o nome de fase Charlie – julho, agosto e setembro -, chama-se agora nível “Reforçado IV” e também vai contar, como seria de esperar, com reforço de meios.

De acordo com a rádio, são mais mil operacionais, num total de 10.800, mais 240 viaturas, num total de 2.300, e mais sete meios aéreos, num total de 55, um número que é dos maiores de sempre mas convém lembrar que, da frota de dez helicópteros da Proteção Civil, apenas três estão operacionais.

Esta sexta-feira, o primeiro-ministro dirige-se à sede da Proteção Civil para reunir com a estrutura operacional e conhecer como está a ser preparado o combate aos incêndios.

Em junho de 2017, o incêndio que começou em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, provocou, pelo menos, 66 mortos e mais de 200 feridos. Em outubro do mesmo ano, uma nova vaga de incêndios matou 48 pessoas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Vídeo de criança vítima de bullying gera onda de apoio global

Internautas de todo o mundo, inclusive celebridades, uniram-se para dar apoio ao menino australiano, de nove anos, que sofre de bullying por causa da sua aparência. De acordo com a BBC, Yarraka Bayles partilhou o vídeo …

Descoberta nova quasipartícula: o π-ton

Foi descoberta uma nova quasipartícula no Instituto de Tecnologia de Viena. Os cientistas batizaram-na de π-ton, uma quasipartícula que contém dois eletrões e duas lacunas. Existem diferentes tipos de partículas. Um deles, as quasipartículas, são excitações …

É oficial. Friends está de volta para um episódio especial

As preces dos fãs foram finalmente ouvidas. O elenco de Friends vai reunir-se para um episódio especial exclusivo na HBO Max. Jennifer Aniston, Courteney Cox, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, Matthew Perry e David Schwimmer voltarão ao …

Dieta ocidental está a deixar as pessoas menos inteligentes

Uma dieta pouco saudável, à base de hambúrgueres e doces está literalmente a deixar as pessoas menos inteligentes apenas no espaço de uma semana. Esta foi a conclusão de um estudo de investigadores da Universidade …

Pedro Proença: Sociedade deve atuar no combate ao racismo

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta sexta-feira, que a sociedade portuguesa deve atuar no combate ao racismo, violência, xenofobia e intolerância. A Liga vai lançar, durante este fim-de-semana, uma campanha com …

Na última década, Coreia do Norte gastou mais de meio milhão de dólares em cavalos russos

A Coreia do Norte gastou recentemente dezenas de milhares de dólares na aquisição de 12 cavalos provenientes da Rússia, de acordo com os dados alfandegários. A Coreia do Norte gastou quase meio milhão de dólares (584.302 …

O caranguejo "supervilão" do Canadá vai ser transformado em plástico biodegradável

Uma equipa de cientistas no Canadá desenvolveu um plano para transformar uma espécie invasora de crustáceo - conhecida como como caranguejo supervilão - em copos e talheres  de "plástico", usando as suas carapaças para criar …

Covid-19. Tripulante de navio japonês pode ser o primeiro português infetado

Um português que é tripulante do navio Princess Cruises, atracado no porto de Yokohama, no Japão, pode ter sido diagnosticado "positivo" com o novo coronavírus. Contactada pela agência Lusa, a diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, afirma …

Harry e Meghan vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal

O duque e a duquesa de Sussex vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal, anunciou, esta sexta-feira, um porta-voz da casa real. "Estando o duque e a duquesa focados nos seus planos de estabelecer …

Messi marca quatro e embala Barcelona para o topo da La Liga

Um póquer de Lionel Messi embalou o FC Barcelona, este sábado, para a liderança da Liga espanhola, com uma "mão cheia" de golos na receção ao Eibar (5-0). Os catalães subiram ao topo de La Liga …