Agora só há dois níveis de combate aos incêndios: permanente e reforçado

Paulo Cunha / Lusa

As cinco fases de combate aos incêndios foram substituídas por dois níveis: o “permanente” e o “reforçado”. O reforço de meios vai ser maior em todos os períodos do ano, especialmente em meses de menor risco como junho e outubro.

Segundo a Renascença, a tradicional divisão do ano em cinco fases de combate aos incêndios, identificadas pelo alfabeto fonético, foi substituída por dois níveis: o “permanente” e o “reforçado”.

Na Diretiva Operacional da Proteção Civil para 2018, a que esta rádio teve acesso, destaca-se também o prometido reforço de meios, em todos os períodos do ano, nomeadamente nos meses de menor risco – junho e outubro – mas precisamente aqueles em que ocorreram as duas tragédias do ano passado.

Antes, o mês de junho estava incluído no período da chamada fase Bravo. Agora, vai-se passar a chamar nível “Reforçado III” e o aumento de meios é significativo: mais quase 1.600 operacionais no terreno, num total de 8.200, mais 340 viaturas e mais oito meios aéreos nos primeiros 15 dias do mês e mais 16 na segunda quinzena.

Se estas alterações se vierem a concretizar, escreve a Renascença, na segunda metade de junho, a Proteção Civil terá 48 meios aéreos, tantos quantos costuma ter na fase mais critica dos meses de verão.

Por sua vez, outubro, que nos últimos dez anos foi conhecido como fase Delta, também passa a chamar-se nível “Reforçado”. Terá mais quase três mil operacionais, mais 450 viaturas e mais 12 meios aéreos.

Relativamente à fase mais crítica, que tinha o nome de fase Charlie – julho, agosto e setembro -, chama-se agora nível “Reforçado IV” e também vai contar, como seria de esperar, com reforço de meios.

De acordo com a rádio, são mais mil operacionais, num total de 10.800, mais 240 viaturas, num total de 2.300, e mais sete meios aéreos, num total de 55, um número que é dos maiores de sempre mas convém lembrar que, da frota de dez helicópteros da Proteção Civil, apenas três estão operacionais.

Esta sexta-feira, o primeiro-ministro dirige-se à sede da Proteção Civil para reunir com a estrutura operacional e conhecer como está a ser preparado o combate aos incêndios.

Em junho de 2017, o incêndio que começou em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, provocou, pelo menos, 66 mortos e mais de 200 feridos. Em outubro do mesmo ano, uma nova vaga de incêndios matou 48 pessoas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …

Designer holandês desenvolve "caixão vivo" feito com fibras de fungos

Um corpo humano pode demorar cerca de uma década a decompor-se dentro de um caixão. Com o Living Cocoon, o tempo é reduzido para dois ou três anos. Bob Hendrikx, biodesigner fundador da Loop, desenvolveu e …

Relógio em Nova Iorque mostra o tempo restante para reverter efeitos do aquecimento global

O Metronome, icónico relógio digital de Nova Iorque, deixou de mostrar o tempo do dia-a-dia e mostra agora o tempo restante que o nosso planeta tem para reverter os efeitos do aquecimento global. O relógio digital …