Mais doentes graves podem começar a chegar aos cuidados intensivos. Sem contar os casos de covid-19

(dr) Hospital de São João

O Governo teme que os cuidados intensivos possam vir a ter uma maior procura por causa de doentes que estão a chegar mais tarde e em situação mais graves aos serviços de saúde, devido à pandemia de covid-19.

Segundo noticiou esta terça-feira a TSF, esta é uma das três razões que levaram o Programa de Estabilização Económica e Social a incluir 26 milhões de euros para investir no reforço da resposta de medicina intensiva.

De acordo com a Resolução do Conselho de Ministros, estima-se uma elevada procura destes departamentos, não só pela covid-19 mas também devido à necessidade de ativar serviços de saúde suspensos e a um aumento de novos doentes graves.

A terceira justificação passa por um “aumento da procura por doentes com patologias que não se têm manifestado em procura expressa, chegando mais tarde e mais graves”.

O presidente da Sociedade Portuguesa de Cuidados Intensivos, João Gouveia, disse à TSF que um reforço nesta área, “cada vez mais importante na medicina moderna”, e compreende a preocupação com o aumento de casos a precisar deste tipo de tratamentos.

“Não sabemos exatamente o que se está a passar com os doentes que em situações normais apareciam antes nos hospitais, havendo o receio de que possam vir a aparecer com complicações de doenças que de outra forma teriam aparecido precocemente, dificultando, os tratamentos”, detalhou.

João Gouveia referiu: “não sabemos onde vai levar a diminuição da procura” dos cuidados de saúde que se verificou nos últimos meses com a covid-19. “Há menos doentes com enfarte do miocárdio a entrar no sistema nacional de saúde o que se pode dever por um lado ao confinamento, mas de certeza que há um número significativo que deve ter tido o seu enfarte, que não recorreu ao sistema e que se calhar daqui a uns tempos vamos ter complicações desses enfartes”.

Como indicou a TSF, o Bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, indicou: “Uma das coisas que fizemos para combater a covid-19 foi deixar de lado, por despacho, todos os doentes não-covid, adiando doentes não prioritários e prioritários. Agora temos um grande trabalho pela frente”.

“Agora as coisas começam a voltar ao normal”, além de doentes de outras doenças há também mais acidentes na estrada, “e é importante que o Governo reconheça esta situação e a necessidade de ter mais camas de cuidados intensivos e simultaneamente camas [deste tipo] para os doentes Covid”, acrescentou.

Miguel Guimarães defendeu a necessidade de mais camas de cuidados intensivos, mais médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A "Capela Sistina" está a chegar aos EUA (e vai ser possível ver de perto os frescos de Michelangelo)

A famosa Capela Sistina de Michelangelo está a chegar a várias cidades dos Estados Unidos, graças a reproduções de alta resolução, quase em escala real, dos famosos quadros do artista. Michelangelo’s Sistine Chapel: The Exhibition é …

Há uma nova Barbie inspirada na cientista que criou uma das vacinas contra a covid-19. Mas não é a única

Sarah Gilbert, uma das cientistas que desenvolveu a vacina britânica contra a covid-19, juntou-se a Beyoncé, Marilyn Monroe e Eleanor Roosevelt — há uma Barbie que foi inspirada em si. Sarah Gilbert, professora da Universidade de …

Bangladesh. Trabalhadores retornam às confeções, apesar do recorde de mortes por covid-19

Centenas de milhares de trabalhadores regressaram às confeções em Bangladesh, após o governo permitir a sua reabertura, apesar do elevado número de mortes por covid-19. As autoridades ordenaram o encerramento de fábricas, escritórios, transportes e lojas …

Harry Kane falha jogo do Tottenham contra...o Manchester City

Nuno Espírito Santo ainda não conta com o avançado, que agora decidiu prolongar as suas férias. Foi recordado o caso de Steven Gerrard. Harry Kane estará a forçar a sua saída do Tottenham, clube que representa …

Bill e Melinda Gates oficializam divórcio sem divulgar partilha de bens

Um juiz do Tribunal Superior do condado de King, no estado norte-americano de Washington, assinou na terça-feira o decreto de dissolução do casamento de Bill e Melinda Gates, sem divulgar detalhes sobre como o casal …

Mais do que um robô de duas rodas. A mota Da Vinci DC100 equilibra-se sozinha

A empresa chinesa Da Vinci Dynamics revelou recentemente a DC100, uma mota elétrica com um amplo alcance, muitos recursos e a impressionante capacidade de se auto-equilibrar. O New Atlas escreve que a Da Vinci DC100 é …

Spartak 0 - 2 Benfica | Gaiola russa pequena demais para águia

O Benfica deu um passo importante, mas não decisivo, para chegar ao “play-off” de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões. No duelo de treinadores portugueses (Rui Vitória e Jorge Jesus), a formação “encarnada” foi …

Em Lisboa, há portas a mais de um metro do chão (e já foram motivo de picardia entre Medina e Rio)

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse a Rui Rio para prosseguir com a "silly season" — época da parvoíce, em tradução livre. Em causa está uma publicação do líder do PSD sobre …

Crianças "raramente" são afetadas por sintomas prolongados da Covid-19

Apenas 4.4% das crianças que integraram o estudo manifestavam sintomas da doença quatro semanas após o diagnóstico. Investigadores encontraram uma relação entre os sintomas prolongados e a idade das crianças, já que a duração dos …

Incêndio em Loulé tem duas frentes ativas e levou 53 pessoas a sair de casa

O incêndio que deflagrou esta quarta-feira no concelho de Loulé está com duas frentes ativas em zona de mato e vegetação e já levou 53 pessoas de 30 habitações a sair de casa "por precaução", …