Estes insetos “beijam” durante a noite, mas estão a espalhar uma doença pelo mundo

(dr) Gabriel Hamer / Texas A&M University

Os insetos que “beijam” as pessoas durante a noite não são tão inofensivos quanto parecem. Estes sugadores se sangue, chamados triatomíneos, estão a espalhar a doença parasitária de Chagas pelo mundo inteiro.

A doença de Chagas, que não tem tratamento, causa sérias complicações cardíacas ou intestinais em cerca de 30% dos doentes. Estas complicações podem, inclusivamente, levar à insuficiência cardíaca e, até, morte súbita.

Como a maior parte dos pacientes não mostram qualquer indício de infeção, os cientistas descreveram a doença de Chagas como um “assassino silencioso“.

Comum na América Central e do Sul, esta doença parasitária está agora a espalhar-se pelo mundo, tornando-se comum nos Estados Unidos, Canadá, Europa, Austrália e Japão, segundo uma declaração da American Heart Association (AHA) e da Sociedade Interamericana de Cardiologia.

A doença, que está agora a ser espalhada pelos triatomíneos, insetos que mordem as pessoas durante a noite, merece especial atenção da comunidade médica, que deve tornar-se mais consciente da existência desta doença de modo a reconhecê-la, tratá-la e controlá-la.

Durante a noite, certas espécies de insetos triatomíneos rastejam em pessoas, cães e outros mamíferos para se alimentarem e, normalmente, mordem o rosto das suas “vítimas”, especialmente perto dos olhos ou da boca. Das mais de 100 espécies de triatomíneos, cerca de 12 são considerados importantes transmissores de Trypanosoma cruzi, o parasita causador da doença de  Chagas.

Depois de se alimentarem, estes parasitas defecam, e as suas fezes podem conter o parasita. O perigo encontra-se aí mesmo e na possibilidade de as fezes ficarem sob a ferida da mordida ou nas membranas mucosas do olho ou da boca, aumentando a possibilidade de as pessoas ficarem infetadas.

Apesar de alguns infetados ficarem com as pálpebras inchadas, a verdade é que a maioria das pessoas não apresenta qualquer sinal de infeção.

Segundo o ScienceAlert, numa fase inicial, algumas pessoas experimentam sintomas bastante comuns como febre, fadiga, dores no corpo e erupções cutâneas. Os médicos conseguem diagnosticar esta doença através de análises ao sangue e tratá-la com medicamentos antiparasitários.

No entanto, se não forem devidamente tratados, os doentes podem desenvolver a forma crónica da doença, que pode levar a maiores complicações no futuro, incluindo acidente vascular cerebral (AVC) ou insuficiência cardíaca.

Nos Estados Unidos há, pelo menos, 11 espécies de triatomíneos. A doença de Chagas está a espalhar-se cada vez mais graças à migração, que fez com que outras formas de transmissão se tornassem mais comuns. A doença pode também ser transmitida através de transfusões de sangue ou doações de órgãos.

Os autores alertam que estes tipos de transmissão “são um problema global e podem ocorrer onde quer que os indivíduos infetados residam”.

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Sei que há em Portugal uma infestação de insetos chupadores de sangue nas camas mas não me recordo do nome deles. São estes insetos que causam a doença das Chagas?

  2. Sabe ?, convém que diga como obteve esse conhecimento.
    Vivo em Portugal e não sei isso.
    De qualquer maneira julgo que está falando, dum parasita chamado ‘percevejo’.
    Ele ‘vive’ em colchões velhos e em geral em ambientes não limpos, tal como as pulgas.

    • Sim, são os percevejos. Parece que há uma infestação em hotéis e no turismo de habitação. Hoje em dia, estas pragas também viajam nas malas e de avião.

  3. MF: Procure por um artigo que diz “Doença de Chagas pode afectar 1000 em Portugal”. Pelos vistos, esse percevejo não existe em Portugal, mas existem emigrantes latino americanos que são portadores da doença…

A Realidade Virtual pode ser a próxima terapia para tratar pânico, fobias e distúrbios

A Oxford VR, empresa britânica de realidade virtual, acaba de acumular mais de 13 milhões de euros para investir na terapia com a tecnologia do futuro. A companhia surgiu a partir do departamento de psiquiatria da …

Apple não deixa que vilões de filmes usem iPhones

A Apple não deixa que os vilões dos filmes de Hollywood usem os telemóveis iPhone no grande ecrã. Esta é apenas uma das empresas que não permite este tipo de coisa. Os filmes podem ter uma …

O coronavírus pode ser a "doença X" temida pelos especialistas

O coronavírus, que já matou 2.700 pessoas e infetou mais de 80 mil desde dezembro, está a tornar-se "rapidamente" no primeiro grande desafio pandémico do mundo, enquadrando-se nos moldes da "doença X" temida por especialistas. O …

Media Capital passou de lucros a prejuízos de 54,7 milhões

A Media Capital registou prejuízos de 54,7 milhões de euros no ano passado, contra lucros de 21,6 milhões de euros um ano antes, anunciou hoje a dona da TVI, que está em processo de compra …

Camas na classe económica dos aviões podem vir a tornar-se uma realidade

A companhia aérea neozelandesa Air New Zealand está a pensar incluir camas na classe económica de alguns dos seus voos mais longos. A ideia deverá avançar dentro de um ano. A companhia aérea neozelandesa Air New …

Temperatura do planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões de anos

A temperatura no planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões a cinco milhões de anos, caso a humanidade consiga estancar as emissões de gases com efeito de estufa até 2030, diz a especialista …

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …

Governo quer licenças de trabalho parcial pagas para pais no primeiro ano dos filhos

O Governo quer implementar licenças de trabalho parcial remuneradas para pais e mães de crianças no seu primeiro ano de vida, no âmbito do programa para a conciliação entre vida profissional e vida familiar e …

Covid-19. Portugal "tem de preparar-se para o pior" e ter plano de contingência

Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, defende que Portugal tem de se preparar para o pior e, por esta altura, já devia ser conhecido o plano de contingência em ação. "Convém …

Misteriosa mensagem esculpida numa rocha em França foi finalmente decifrada

A inscrição, gravada há 250 anos numa rocha na região francesa da Bretanha, foi finalmente decifrada graças a um concurso lançado pelo município. O mistério, que há muitos anos intrigava a comunidade científica e curiosos de …