Do “rei da soja” a condenado por desvio de merendas: os homens (e nenhuma mulher) de Michel Temer

Marcelo Camargo / Agência Brasil

O vice-presidente brasileiro, Michel Temer

O vice-presidente brasileiro, Michel Temer

Após assumir a Presidência do Brasil a título interino, esta quinta-feira, Michel Temer divulgou a lista de ministros de seu novo governo.

No primeiro discurso oficial, Temer afirmou que é urgente “pacificar a nação e unificar o país”. O slogan do novo elenco é “Governo Federal: Ordem e Progresso“, que substitui o lema do Executivo de Dilma Rousseff, “Brasil: Pátria Educadora”.

Com o afastamento da presidente Dilma Rousseff, Michel Temer chega ao comando interino do país rodeado de “homens fortes” do seu partido, o PMDB. Aliás, as mulher estão totalmente ausentes da equipa de ministros: o governo de Michel Temer é 100% masculino – e branco.

Dos 23 ministros – menos nove ministros do que o executivo de Dilma Rousseff – sete destes (32%) são investigados pela Justiça, acusados por tribunais de contas ou já condenados. Entre os membros da equipa do presidente interino, Henrique Alves, Romero Jucá, Geddel Vieira Lima, Ricardo Barros, José Serra e Gilberto Kassab são suspeitos de crimes como improbidade administrativa.

Vários ministérios sofreram mudanças profundas: o Ministério das Mulheres, Igualdade Racial, da Juventude e dos Direito Humanos sofreu a mudança extrema, tornando-se uma secretaria de Estado sob a tutela da Justiça.

Além deste, o ministério da Segurança Social foi integrado no das Finanças; o da Cultura no da Educação; e o das Comunicações na pasta da Ciência e Tecnologia.

Além disso, as Secretarias de Portos e Aviação Civil foram integradas no Ministério dos Transportes e o Ministério do Desenvolvimento Agrário foi absorvido pelo Ministério do Desenvolvimento Social.

A poucos meses dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, o único ministro que sobreviveu ao terramoto político das últimas semanas foi Leonardo Picciani, que tem a seu cargo a pasta do Desporto.

Apesar de nos últimos dias terem sido apontados nomes que levantaram o alerta – como a possibilidade de um pastor da Igreja Universal do Reino de Deus assumir a pasta da Ciência -, as nomeações agora conhecidas não apresentam nomes tão controversos.

​A maioria (sete ministros) pertence ao partido de Michel Temer, o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), seguindo-se três novos ministros do antigo principal partido da oposição, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) – incluindo o senador José Serra, que já foi candidato à presidência.

Do PSD (Partido Social Democrático) saem dois ministros de renome: Henrique Meirelles (PSD), a cargo da Fazenda e Previdência (Finanças e Segurança Social), e Gilberto Kassab, nas Comunicações, Ciência e Tecnologia.

Foram nomeados ainda dois ministros do PP (Partido Progressista), incluindo o “rei da soja” Blairo Maggi, dono de um dos principais grupos exportadores de soja do país, que assume a pasta da Agricultura, Pecuária e Abastecimento apesar de ser bastante criticado por ativistas e ONGs ambientais.

Há também dois ministros que não são membros de qualquer partido: Fabiano Silveira, que chefia agora o recém-criado Ministério da Fiscalização e Controlo, e Sérgio Etchegoyen, novo chefe da Segurança Institucional do Brasil.

Entre as mudanças de ministérios, Michel Temer uniu três pastas numa só e nomeou para a tutela do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação o deputado federal Maurício Quintella, que deixou a liderança do seu partido em plena câmara dos deputados para votar a favor do impeachment, contrariando orientação do partido.

O deputado do estado de Alagoas foi investigado e condenado em 2014 por envolvimento num esquema de desvio de dinheiro de merendas escolares no seu Estado, quando era secretário da Educação entre 2003 e 2005.

Os partidos Democratas, Verde, da República, Popular Socialista, Trabalhista, Republicano e Socialista têm, cada um, um representante no novo governo.

ZAP / BBC / SN

PARTILHAR

RESPONDER

Gelo a cair num buraco faz barulhos estranhos (e parece uma batalha de lasers)

Alguma vez pensou o que se ouve quando deixamos cair gelo num buraco gelado profundo? Já não precisamos de pensar mais - e já podemos ouvir. O vídeo do pedaço de gelo a cair num buraco …

Tribunal recusa exumar corpo. Rosa Grilo conhece sentença a 3 de março

A leitura do acórdão no processo do homicídio do triatleta ficou agendada, esta terça-feira, para o dia 3 de março. De acordo com o Diário de Notícias, a defesa de Rosa Grilo pediu a exumação do …

Revelados documentos que provam a investigação de OVNIs por parte do Pentágono

Documentos recentemente divulgados mostram que o Departamento de Defesa dos Estados Unidos (EUA) financiou estudos sobre Objetos Voadores Não Identificados (OVNI's), contradizendo declarações recentes do Pentágono. Em 2017, o New York Times revelou a existência de …

"Nem sei onde é Alcochete". Pinto da Costa ouvido como testemunha de Bruno de Carvalho

O presidente do FC Porto foi ouvido, esta terça-feira, como uma das testemunhas do ex-dirigente leonino no julgamento da invasão à academia do Sporting, em Alcochete, que está a decorrer no tribunal de Monsanto, em …

A nova obra de Bansky só durou dois dias

A nova obra do artista britânico Banksy, que apareceu na véspera do Dia dos Namorados em Bristol, foi coberta por um grafite cor-de-rosa dois dias depois. A imagem de uma menina a atirar flores vermelhas com uma …

Mais de cem médicos assinam carta a exigir fim da "tortura" de Assange

Mais de cem médicos assinaram uma carta, divulgada esta terça-feira, na qual pedem que o fundador do Wikileaks receba tratamento médico adequado.  Através de uma carta publicada, esta terça-feira, na revista científica The Lancet, mais de uma …

Espiões russos foram à Irlanda investigar cabos submarinos de Internet. Teme-se que os cortem

Esta segunda-feira, o mundo entrou em estado de alerta: agentes secretos da Rússia foram descobertos na Irlanda, numa missão para mapear a localização exata dos cabos submarinos que conectam a Europa à América do Norte. Não …

Telmo Correia eleito líder parlamentar do CDS-PP por unanimidade

O deputado foi eleito, esta terça-feira, presidente do Grupo Parlamentar do CDS-PP, sucedendo a Cecília Meireles, numa votação em que contou com os votos favoráveis dos restantes quatro eleitos centristas. O anúncio foi feito no Parlamento …

Site de genealogia "salva" homem preso há 15 anos por um crime que não cometeu

Ricky Davis é a primeira pessoa a ser libertada com recurso a testes modernos de ADN no estado da Califórnia e o segundo nos Estados Unidos. Ricky Davis tinha 20 anos quando Jane Hylton, de 54 …

Bolsonaro acusado de fazer insinuação sexual contra jornalista

O Presidente do Brasil foi acusado, esta terça-feira, de fazer uma insinuação de natureza sexual contra uma jornalista do jornal Folha de São Paulo. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, a jornalista em …