DNA pode identificar vítima misteriosa de crime ocorrido há 80 anos

BBC

Alfred Rouse estava desesperado para começar uma vida nova e tentou forjar a própria morte, mas acabou por ser capturado e condenado à morte.

Alfred Rouse estava desesperado para começar uma vida nova e tentou forjar a própria morte, mas acabou por ser capturado e condenado à morte.

Um crime cometido há mais de 80 anos está prestes a ser solucionado, desvendando o mistério que causou a sua entrada na história da jurisprudência da Grã-Bretanha: a identidade da vítima, até hoje desconhecida.

Da vítima do crime sabia-se apenas que se tratava de um homem, que foi atingido na cabeça com um bastão e colocado inconsciente dentro de um carro. O veículo foi em seguida incendiado, perto da cidade de Northampton, no centro do país, em 1930.

O autor do crime, Alfred Rouse, foi encontrado e condenado à pena de morte, mas levou a identidade da sua vítima para o túmulo.

Agora, uma equipa de cientistas da Universidade de Leicester diz ter recuperado uma amostra de DNA da vítima, que pode ajudar a revelar a sua identidade.

O DNA poderá ser comparado com o da família de uma pessoa que teria desaparecido na época. Recentemente, uma mulher de nome Samantha Hall contactou a polícia, a quem contou que ao investigar a árvore genealógica da família e após informações recebidas da avó, passou a suspeitar de que a vítima do caso teria sido um seu tio-avô.

Esse tio-avô, William Thomas Briggs, saiu de casa para uma consulta médica em novembro de 1930 e nunca mais voltou.

Acredita-se que Briggs se tenha cruzado com Rouse, um comerciante de 36 anos que possivelmente queria forjar a própria morte.

Filhos ilegítimos

Segundo a BBC, Rouse teria saído ferido de uma batalha na Primeira Guerra Mundial e sofria de um desvio de personalidade que o deixava com um “enorme apetite sexual”.

autor desconhecido / wikimedia

Retrato de polícia de Alfred Rouse, assassino de uma vítima desconhecida, 1931

Retrato de polícia de Alfred Rouse, assassino de uma vítima desconhecida, 1931

Segundo se crê, Rouse teria tido pelo menos dois filhos ilegítimos e, ao ser obrigado pela Justiça a pagar pensões, teria mergulhado em problemas financeiros.

Na época, a polícia concluiu que Rouse provavelmente teria agredido um morador da rua, de quem ninguém sentisse falta caso desaparecesse. Antes de atear fogo ao carro com o homem dentro, Rouse deixou alguns dos seus pertences junto à vítima.

O carro ficou destruído, mas a matrícula ficou intacta, permitindo identificar e posteriormente prender Rouse, que fugira para a cidade de Cardiff.

Intrigada e determinada a encontrar respostas para a família, Samantha Hall contactou a polícia do condado de Northamptonshire em 2012, esperançosa de que o DNA colhido logo após o crime poderia revelar a identidade da vítima.

A família foi encaminhada para a Universidade de Leicester, onde uma equipa de cientistas conseguiu recuperar uma amostra de tecido obtida na autópsia, arquivada, juntamente com a mandíbula da vítima, no departamento de Medicina Forense do então London Medical College.

O desafio da equipa de cientistas foi encontrar na amostra DNA suficiente para estabelecer uma comparação com o DNA da família de Samantha Hall.

“Felizmente, os cientistas encontraram DNA mitocondrial suficiente para efectuar as análises e compará-lo com o da família”, informou um porta-voz da equipa.

O resultado do exame será revelado num programa da BBC, em data a definir. Suspense até ao fim!

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Luís Filipe Vieira reeleito com 62,59% dos votos

Luís Filipe Vieira foi reeleito para um sexto mandato como presidente do SL Benfica, com 62,59% dos votos dos sócios. Vieira está à frente do emblema da Luz desde 2003. Nem a pandemia travou os sócios …

Sporting 3-1 Gil Vicente | “Pote” de ouro na recta final

Sofrimento e alívio. O Sporting esteve a perder em casa por 1-0 com o Gil Vicente até aos 82 minutos, mas deu a volta ao marcador num curto espaço de tempo, acabando por fixar o …

Descoberto na Austrália recife de coral mais alto do que o Empire State Building

Um novo recife "maciço" de 500 metros foi descoberto na Grande Barreira de Corais da Austrália, tornando-o mais alto do que alguns dos arranha-céus mais altos do mundo. Os cientistas encontraram o recife separado - o …

Encontrados restos de ossos e madeira em pregos que terão sido usados na crucificação de Jesus

Um geólogo israelita analisou pregos supostamente associados à crucificação de Jesus Cristo e descobriu que os objetos contêm traços de osso e madeira. Em 1990, durante a escavação em Jerusalém do túmulo de Caifás, o sumo …

Oreo construiu um "Cofre do Apocalipse" para proteger as suas famosas bolachas

Depois do Svalbard Global Seed Vault, que guarda mais de um milhão de amostras de sementes num bunker, e o Arctic World Archive, que preserva os dados do mundo de hoje, a Oreo criou um "Cofre do …

"O Palmeiras sabe quem é o Abel?" - as dúvidas no Brasil, parte II

Abel Ferreira deverá ser confirmado como novo treinador do Palmeiras nesta sexta-feira. No Brasil voltam a surgir questões sobre as contratações de técnicos estrangeiros. Lembra-se de Marco de Vargas, o jornalista da FOX Brasil que não …

Guru de seita de escravas sexuais condenado a 120 anos de prisão

O guru de uma seita de escravas sexuais, conhecida como NXIVM, foi condenado a 120 anos de prisão. Foi considerado culpado de obrigar mulheres a fazer sexo com ele. Keith Raniere, guru da seita de escravas …

Jogadores do Atlético de Madrid "apanhados" a falar sobre João Félix

Saúl e Oblak elogiaram o jovem português, durante o intervalo da receção ao Salzburgo. Tom diferente teve uma conversa entre jogadores do Real Madrid. João Félix voltou às grandes noites nas competições europeias. Depois de já …

Creches "verdes" na Finlândia mudaram o sistema imunitário das crianças

Um pequeno experimento mostra que brincar numa "pequena floresta" durante apenas um mês pode ser o suficiente para mudar o sistema imunitário de uma criança. De acordo com o site Science Alert, várias creches na Finlândia …

Museus holandeses apertam a segurança após assaltos a objetos nazis

Uniformes da SS, armas de fogo e paraquedas estão entre os objetos nazis que estão a ser roubados de museus de guerra holandeses. De acordo com o jornal The Guardian, museus de guerra por todos os …