Medvedev avisa: deslizámos para uma nova Guerra Fria

maiakinfo / Flickr

O presidente russo Vladimir Putin, com o primeiro-ministro Dmitri Medvedev

O presidente russo Vladimir Putin, com o primeiro-ministro Dmitri Medvedev

O primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev, afirma que as relações entre a Rússia e o Ocidente entraram numa “nova Guerra Fria”.

“Podemos dizer as coisas claramente: deslizámos para um novo período de Guerra Fria”, declarou Medvedev na Conferência de Segurança de Munique, afirmando que os laços entre Moscovo e a UE também estão deteriorados.

No contexto das tensões provocadas pelo conflito na Ucrânia e do apoio de Moscovo ao regime sírio, o primeiro-ministro russo frisou que “o que resta é uma política de inimizade da NATO em relação à Rússia”.

“Quase todos os dias, somos acusados de fazer novas ameaças terríveis contra a NATO como um todo, contra a Europa ou contra os Estados Unidos ou outros países”, disse.

Medvedev sublinhou que a Rússia está aberta a desempenhar um papel construtivo na guerra da Síria. “Vamos continuar a cooperar na implementação de iniciativas de paz conjuntas. Elas são difíceis, mas não há alternativas ao diálogo entre as nacionalidades e confissões.”

O primeiro-ministro russo afirmou ainda ser necessário que a confiança entre Moscovo e o Ocidente seja novamente estabelecida, acrescentando ser um “processo difícil”, mas necessário.

O representante russo criticou o alargamento da Organização do Tratado do Atlântico Norte e da influência da União Europeia sobre países europeus que integravam a antiga União Soviética desde o fim da Guerra Fria.

A Guerra Fria correspondeu a um período de tensão política e militar entre os blocos liderados pelos Estados Unidos e pela União Soviética, entre o fim da II Guerra Mundial e a queda do muro de Berlim, em 1989.

Por seu turno, o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, sublinhou que a Aliança não procura o confronto. “Não queremos uma nova Guerra Fria”, garantiu.

Os ministros da Defesa dos 28 países pertencentes à NATO concordaram esta quarta-feira em aumentar a presença da aliança atlântica no leste da Europa, devido à ameaça sentida por países como Lituânia, Estónia, Letónia e Polónia em relação à Rússia.

ZAP

4 COMENTÁRIOS

  1. Onde nunca existiu nenhuma ameaça Russa há Europa , a Europa pôs na mente que a Russia é uma ameaça á sua segurança .
    É a mesma coisa que argumentar sobre o fato inexistente .
    Mais valia a Rússia mandar 3 ou 4 bombas nucleares para a Europa , desta forma a Nato poderia afirmar o que afirma com provas disso .
    No entanto é ridículo sequer pensar que a Europa tem ou terá alguma defesa contra um futuro ataque provocado há Rússia pela NATO , os Russos já vieram várias vezes falar que o escudo de misseis europeus montados pelos estados unidos na Europa contra a Rússia é uma comédia para os novos misseis inter-continentais Russos .
    A Nato está a dar passos lentos para o lado da Rússia , é quase a mesma coisa que alguém ir lentamente com uma caçadeira até á sua porta e dizer que é apara auto-defesa .
    Quando a Rússia ficar farta destas brincadeiras da NATO e arrasar a Europa , depois chorem .

    • Que comédia, estes russos são mesmo uns atrasados… Mas alguma vez tinham hipóteses?
      Eram cilindrados em 2 tempos.
      Cambada de alcoólicos lol

  2. “Mais valia a Rússia mandar 3 ou 4 bombas nucleares para a Europa , desta forma a Nato poderia afirmar o que afirma com provas disso .”

    Parece que estás ansioso que isso aconteça. E já agora, vai até lá, se as bombas cairem é menos um a escrever tanta estupidez nestes sites de notícias.

  3. Concordo consigo Tóino das Batatas, este tal de TIPEPE anda a ver e a ouvir muita porcaria, e anda com o juízo a arrebentar com tanta merda que ouve e vê. Julga ele que se manda bombas nucleares para aqui e ali, como quem cospe caroço de azeitona. É lamentável que algumas pessoas não pensem no que dizem.

RESPONDER

Morrem por dia 15 mil crianças com menos de 5 anos

Um novo relatório revela que 15 mil crianças morreram por dia em 2016 antes de completarem o quinto aniversário. Pelo menos 46% delas, ou 7 mil, não sobreviveram aos primeiros 28 dias após o nascimento. Quando …

Presidente da Proteção Civil demite-se

O presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil, Joaquim Leitão, demitiu-se esta quarta-feira, informou hoje à Lusa fonte do Governo. A mesma fonte adiantou que Joaquim Leitão entregou na quarta-feira uma carta de demissão dirigida …

A vidente que afinal não é filha de Dalí vai ter que pagar os custos da exumação

Pilar Abel, a espanhola que a 20 de julho obrigou a que o corpo do pintor surrealista Salvador Dalí fosse exumado, após alegações de que seria sua filha, foi condenada a pagar os custos judiciais …

Milhares de comunistas indonésios foram massacrados em 1966 com apoio dos EUA

Documentos desclassificados revelam novos detalhes sobre o massacre indonésio contra comunistas. De acordo com os documentos, Washington estava a par e apoiava a tomada do poder pelos militares e a perseguição dos opositores comunistas. Segundo a …

Pedro Siza Vieira admite que entra num "Governo fragilizado"

O novo Ministro Adjunto e amigo próximo do primeiro-ministro admite que o "Estado falhou" e que o Governo "está fragilizado" mas assegura estar motivado para o novo desafio. Em declarações ao jornal ECO, Pedro Siza Vieira, sócio …

May promete facilitar permanência de cidadãos europeus no Reino Unido

A primeira-ministra britânica prometeu, esta quinta-feira, "facilitar" a estadia dos cidadãos europeus no Reino Unido depois do Brexit, ao mesmo tempo que garantiu que o consenso com a União Europeia nesta matéria está "muito perto". Theresa …

Bruxelas deve considerar despesas dos incêndios como “excecionais”

O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, defendeu esta quinta-feira que as despesas públicas resultantes dos devastadores incêndios em Portugal sejam consideradas como "circunstâncias excecionais", sem consequências na avaliação orçamental a fazer por Bruxelas. "Parece-me …

Creme anticelulite tem ingrediente proibido

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) pediu ao Infarmed a retirada do mercado do creme 'Depuralina Celulite', por conter um ingrediente proibido em cosméticos, na União Europeia, desde 2015. De acordo com um …

Benfica recebe o V. Setúbal, FC Porto o Portimonense e Sporting o Famalicão

O sorteio realizado, esta quinta-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras, ditou que os três grandes vão jogar em casa. Benfica e FC Porto jogam com outras duas equipas da I Liga, enquanto que o …

Líder neonazi britânico declara-se homossexual, revela ser judeu e abandona movimento

Um proeminente líder neonazi da Frente Nacional (NF) britânica deixou o movimento depois de se declarar homossexual e revelar a sua herança judaica. O líder fez as revelações sobre o seu passado violento enquanto renunciava …