Dívida de 90 milhões de euros na saúde militar

José Sena Goulão / Lusa

O sistema de saúde dos militares das Forças Armadas vai ter uma dívida de quase 90 milhões de euros no final deste ano, o que corresponde a um aumento de 30% — 20,7 milhões de euros — face a 2017.

Segundo notícia avançada pelo Correio da Manhã esta terça-feira, o Instituto de Ação Social das Forças Armadas (IASFA) considera que a dívida da Assistência na Doença aos Militares (ADM) resulta de um desequilíbrio estrutural entre receitas e despesas.

O responsável pelo IASFA, o general Rui Xavier Matias, afirma que, por ano, este organismo tem uma receita de cerca de 73 milhões de euros, mas este montante total não cobre as despesas anuais, que atingem quase 94 milhões de euros.

“O desequilíbrio financeiro da ADM decorre de o IASFA suportar encargos que deveriam ser responsabilidade de outras entidades, nomeadamente do Serviço Nacional de Saúde e do Serviço Regional de Saúde, e também da responsabilidade de suportar encargos que lhe foram superiormente atribuídos, no âmbito do Serviço de Saúde Militar”, explica o IASFA.

A crise na ADM traduz-se, assim, num dos maiores desafios do novo ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, sendo que poderá ter de haver mudanças na gestão do IASFA.

Contudo, a verba que o Governo de Costa atribuiu ao Ministério da Defesa para o próximo ano mantém-se igual ao valor atribuído para esta área em 2018 – 20 milhões de euros.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Para mim acabava-se já com as forças armadas, só dão prejuízo ao país e não servem para nada, e como se não bastasse, ultimamente é só escândalos em que os prejudicados são todos os portugueses honestos e trabalhadores como eu que descontam para estes parasitas.

RESPONDER

Benfica vs AEK | Grimaldo de luxo no adeus à Champions

O Benfica fechou a sua participação no Grupo E da Liga dos Campeões com uma vitória, a segunda da temporada no adeus à prova, e frente ao mesmo adversário com que alcançara o primeiro triunfo, …

Uma tonelada de chocolate invadiu as ruas de uma cidade alemã

Um "rio" de chocolate invadiu as ruas de Werl, na Alemanha, nesta segunda-feira. Um tanque de uma fábrica local produtora de chocolate transbordou, derramando cerca de uma tonelada de chocolate nas ruas da cidade que …

Formações rochosas ancestrais destruídas no Utah. Vandalismo ou fraude?

Misteriosos vídeos apareceram recentemente na Internet que mostram formações rochosas antigas protegidas no deserto do Utah a ser destruídas com explosivos. Os vídeos levantam mais perguntas do que dão respostas. Num primeiro, vê-se um arco rochoso …

Bruno de Carvalho foi a personalidade portuguesa mais pesquisada no Google em 2018

O futebol liderou as pesquisas no Google em 2018. Bruno de Carvalho, ex-presidente do Sporting, foi a personalidade portuguesa mais pesquisada. Entretanto, a palavra mais pesquisada por portugueses foi "Mundial". Destituído da liderança do Sporting e …

McDonalds vai reduzir uso de antibióticos na produção da carne

A resistência aos antibióticos representa uma ameaça à saúde global e à segurança alimentar. Quanto mais antibióticos são dados ao gado, mais rapidamente as bactérias podem adaptar-se e tornar-se resistentes. Quando se trata de reduzir o …

Além de Amália e Eusébio, quem está afinal sepultado no Panteão Nacional?

Do fado de Amália Rodrigues ao espetáculo futebolístico de Eusébio, o Panteão Nacional é morada última de vários talentos nacionais, que marcaram a História de Portugal e levaram a imagem do país além fronteiras. Mas …

Espanha anuncia aumento do salário mínimo para 900 euros

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, anunciou a subida de 22% no salário mínimo - de 735,90 para 900 euros. Num discurso no parlamento espanhol, Pedro Sánchez sublinhou que a subida será de 22%, a maior desde …

Ex-advogado de Trump condenado a três anos de prisão

Michael Cohen, antigo advogado do Presidente norte-americano, foi esta quarta-feira condenado a três anos de prisão. Esta é a sentença mais pesada já atribuída nos processos saídos das investigações sobre as suspeitas de interferência da …

Demissão em bloco dos chefes de equipa de urgência do hospital D. Estefânia

Os chefes de equipa de urgência do hospital D. Estefânia, em Lisboa, consideram que houve "quebra do compromisso" feito pela instituição de contratar mais médicos. O anúncio, feito esta quarta-feira, refere que os médicos consideram que …

Lidl aumenta salário mínimo para 670 euros

O Lidl decidiu aumentar “para 670 euros o valor do ordenado de entrada” no primeiro ano na empresa, acima do salário mínimo nacional, que é de 600 euros. O Lidl Portugal anunciou esta terça-feira que …