BE teve melhores resultados em concelhos mais jovens, CDU nos mais envelhecidos

António Cotrim / Lusa

Catarina Martins (BE) e jerónimo de Sousa (PCP)

Os concelhos onde o BE obteve melhores resultados são mais jovens e têm maior nível de instrução. Já a CDU esteve mais forte em concelhos onde há mais crime, a população é mais velha, as empresas geram mais negócio e há maior instrução.

Nas eleições Legislativas de domingo, com base nos resultados do território nacional (falta ainda apurar os votos e atribuir os quatro mandatos da emigração), o PS foi o partido mais votado, com 36,65% dos votos e elegeu 106 deputados, seguindo-se o PSD, com 27,90% e 77 eleitos, e o BE, com 9,67% e 19 deputados.

A CDU foi a quarta força mais votada, com 6,46%, elegendo 12 deputados, 10 do PCP e dois do PEV. O CDS-PP obteve 4,25% e elegeu cinco deputados, mais um do que o PAN, que recolheu 3,28% dos votos.

Chega, Iniciativa Liberal e Livre conseguiram, pela primeira vez, um deputado cada um, com votações entre os 1,30% e os 1,09%.

Mas como é que se distribuem os votos pelos concelhos? Onde é que os partidos tiveram os melhores resultados? O portal de dados estatísticos EyeData, da agência Lusa, cruzou os resultados com um conjunto de variáveis económicas e sociais e retirou daí algumas conclusões.

BE em concelhos mais jovens e com maior nível de instrução

Os concelhos onde o Bloco de Esquerda (BE) obteve melhores resultados — Condeixa-a-Nova , Sines, Portimão — caracterizam-se por serem mais jovens, terem maior nível de instrução, maior poder de compra e menor volume de negócios.

Ambiente – Os concelhos onde o BE obteve os melhores caracterizam-se por um baixo grau de área ardida (2,84%, o que compara com a média nacional de 6,06%), e por um consumo de energia superior em 11% à média nacional (5.128,61 kWh por habitante comparados com 4.621,62 kWh por habitante a nível nacional).

A quantidade de resíduos urbanos recolhidos por habitante é também superior em 4% à média nacional, sendo de 506,71 quilos por habitante no terço onde o BE obteve melhor resultado e de 487,29 na média nacional, algo que também se reflete na despesa por município em ambiente, já que corresponde a 9,36% do total onde o BE tem melhor resultado, e é de 8,92% na média nacional.

Demografia – Nos concelhos onde o BE teve melhor resultado, o número de divórcios em cada 100 casamentos é superior em 10,5% à média nacional, já que é de 70,76, o que compara com 64,06 a nível nacional.

A nível de nascimentos fora do casamento, o valor é superior em 5,7%, correspondentes a 59,03% no terço onde o BE teve melhores resultados e 55,87% a nível nacional.

A população estrangeira residente corresponde a 5,01% do total onde o BE obteve melhores resultados, ao passo que corresponde a 4,64% em termos nacionais, e o número médio de filhos é de 1,42 por mulher, em média, a nível nacional, sendo de 1,47 no terço de concelhos onde o BE obteve melhor resultado.

A percentagem de população com mais de 65 anos é também menor onde o BE tem melhor resultado (20,99%), sendo de 21,67% a nível nacional; já na percentagem de população com menos de 15 anos, a média nacional é de 13,77% e o terço onde o BE tem melhor comportamento eleitoral é de 14,16%.

Economia – Nos concelhos onde o BE obteve melhor resultado, o poder de compra ‘per capita’ (por pessoa) é superior em 1,5% à média nacional (índice de 101,81 face a 100,22 a nível nacional).

O volume de negócios de empresas do setor primário, secundário e terciário é menor (em 16,7%, 10,0% e 9%, respetivamente) onde o BE obteve melhores resultados.

O BE tem também melhores resultados nos concelhos onde, em média, o número de desempregados inscritos é menor representando 5,39% da população com idade entre 15 e 64 anos, quando a média nacional é de 5,54%.

Educação – A percentagem de população com mais de 15 anos que tem o ensino secundário é superior em 7,9% à média nacional nos concelhos onde o BE tem o melhor resultado (32,93% face a 30,53%).

Esta tendência é repetida também na percentagem de empregadores com pelo menos o ensino secundário, já que a média nacional é de 50% e de 53,35% nos concelhos onde o BE obtém melhor resultado.

Por outro lado, a taxa de retenção no ensino básico (5,33%) é superior à média nacional (5,10%) nos concelhos onde o BE teve melhor performance.

Sociedade – A percentagem de casamentos não católicos é de 71,51% nos concelhos onde o BE teve melhor performance, sendo de 67,71% a nível nacional.

O número de médicos por 1.000 habitantes é também superior onde o BE teve melhores resultados, sendo, em média, de 5,59 nestes concelhos e 5,22 a nível nacional.

Este dado contrasta com o número de farmácias por 10 mil habitantes, que é de 3,03 a nível nacional e de 2,71 onde o BE teve melhores resultados.

CDU esteve melhor em concelhos mais envelhecidos e menos seguros

Os distritos onde a CDU teve melhor percentagem foram Beja, seguido de Évora e Setúbal. Numa análise por concelho, a CDU teve 33,5% em Serpa, 31,2% em Cuba e 34% em Aljustrel.

Tratam-se de concelhos onde há mais crimes, a população é mais velha, as empresas geram mais negócio e há maior instrução.

Ambiente – Em termos de ambiente, os concelhos onde a CDU obteve os melhores resultados nas eleições legislativas de domingo caracterizam-se por um baixo grau de área ardida (1,30%, o que compara com a média nacional de 6,06%), e por um consumo de energia superior em 9,1% à média nacional (5.042,90 kWh/hab comparados com 4.621,62 kWh/hab).

A quantidade de resíduos urbanos recolhidos por habitante é também superior em 7,9% à média nacional, sendo de 525,93 quilos por habitante no terço onde a CDU obteve melhor resultado e de 487,29 na média nacional, algo que também se reflete na despesa por município em ambiente, já que corresponde a 9,19% do total onde a CDU tem melhor resultado, e 8,92% na média nacional.

Demografia – Nos concelhos onde a CDU teve melhor resultado, a percentagem de população com mais de 65 anos é também maior onde a CDU tem melhor resultado (22,77%), sendo de 21,67% a nível nacional; já na percentagem população com menos de 15 anos, a média nacional é de 13,77% e o terço onde a CDU tem melhor comportamento eleitoral é de 14,64%.

O número de divórcios em cada 100 casamentos é idêntico ao da média nacional, sendo de 64,64 nos concelhos com melhor performance da CDU, o que compara com 64,06 a nível nacional.

A nível de nascimentos fora do casamento, o valor é superior em 11,2%, correspondentes a 62,14% no terço onde a CDU teve melhores resultados, e 55,87% a nível nacional.

A população estrangeira residente corresponde a 6,81% do total onde a CDU obteve melhores resultados, ao passo que corresponde a 4,64% em termos nacionais, e o número médio de filhos é de 1,42 por mulher, em média, a nível nacional, sendo de 1,63 no terço de concelhos onde a CDU obteve melhor resultado.

Economia – Nesses concelhos, o poder de compra ‘per capita’ (por pessoa) é superior em 14,2% à média nacional (número índice de 114,41 face a 100,22 a nível nacional).

O volume de negócios de empresas do setor primário, secundário e terciário é maior que a média nacional (em 13,9%, 17,2% e 39,5%, respetivamente) onde a CDU obteve melhores resultados.

A CDU tem também melhores resultados onde o número de desempregados inscritos é menor (5,9%).

A média do número de empresas com atividades artísticas, de espetáculos, desportivas e recreativas por 1.000 habitantes é também maior nos concelhos onde a CDU teve melhor resultado, sendo de 4,40 nesses concelhos e 3,48 na média nacional.

Educação – A taxa de retenção no ensino básico (6,02%) é superior à média nacional (5,10%) nos concelhos onde a CDU teve melhor performance.

Por outro lado, a percentagem de população com mais de 15 anos que tem o ensino secundário é superior em 15,8% à média nacional nos concelhos onde a CDU tem o melhor resultado (35,34% face a 30,53%).

Esta tendência é repetida também na percentagem de empregadores com pelo menos o ensino secundário, já que a média nacional é de 50%, mas de 57,60% nos concelhos onde a CDU obtém melhor resultado.

Sociedade – Os crimes registados pelas polícias por cada 10.000 habitantes são superiores à média nacional em 17,4% nos concelhos onde a CDU obteve melhores resultados, já que a nível nacional são de 321,58 e de 377,66 onde a coligação melhor esteve.

A percentagem de casamentos não católicos é de também superior, sendo de 75,74% nos concelhos onde a CDU teve melhor performance e de 67,71% a nível nacional.

A disparidade de ganho salarial entre profissões é mais acentuada onde a CDU obteve melhor resultado, sendo de 40,71% nesses concelhos e de 36,42 a nível nacional.

A disparidade entre géneros segue a mesma lógica, sendo de 11,37% nos concelhos onde a CDU melhor esteve nas eleições legislativas e de 10,20% a nível nacional.

PAN nos concelhos que têm salários acima da média

O PAN obteve os resultados mais altos em concelhos onde a recolha de resíduos para reciclagem está acima da média e onde os níveis salariais são mais elevados. Em causa estão, nomeadamente, Albufeira, Portimão e Olhão.

Ambiente – Em 2017, o volume de resíduos urbanos recolhidos por habitante em Portugal era de 487 kg, mas nos concelhos onde, nestas eleições, o PAN obteve uma votação mais elevada, o valor médio por habitante era de 518 kg.

Os dados estatísticos EyeData indicam ainda que, entre os indicadores do ambiente, o PAN registou resultados mais altos nos municípios onde se verifica que 54,48% de resíduos urbanos vão para valorização e reciclagem, superando a média nacional. Ao mesmo tempo, nestes concelhos, o consumo de eletricidade por habitante está acima do consumo médio do país.

Demografia – O partido liderado por André Silva conquistou um número de votos mais alto nos concelhos com população mais jovem, em que o número de residentes com 15 ou menos anos é de 14,6% — para uma média nacional de 13,8%.

Nesses municípios, o número médio de filhos por mulher situava-se, em 2018, em 1,52 superando a média nacional (de 1,42), e o mesmo se passa com a percentagem nascimentos fora do casamento que é de 57,7%, contra 55,9% no conjunto do país.

Economia e trabalho – O ganho médio mensal dos trabalhadores por conta de outrem que residem nos concelhos onde o PAN registou resultados mais elevados era, em 2016, de 1.192,03 euros, um valor que ultrapassa por mais de uma centena de euros a média nacional, então balizada nos 1.108,56 euros.

O Partido das Pessoas, dos Animais e da Natureza teve ainda melhores resultados nos municípios em que o volume de negócios das empresas dos setores terciário e secundário per capita registam valores médios acima da média nacional, mas onde o volume de negócios das empresas do setor primário (agricultura, pescas e pecuária) surge 25,7% abaixo da média do conjunto do país.

Educação – Mais de um terço (34,63%) das pessoas com 15 ou mais anos que residem nos concelhos onde o PAN teve um resultado eleitoral mais elevado têm pelo menos o ensino secundário, sendo este um valor que supera a média nacional, que é de 30,53%.

Nestes concelhos, o número de alunos dos ensinos básico e secundário por computador está igualmente acima da média nacional: 5,06 contra 4,75. Já no que diz respeito aos estabelecimentos de ensino por 10 mil habitantes, a média é inferior à nacional para o conjunto dos níveis de ensino, ou seja, desde o pré-escolar, ao básico, secundário e não superior.

Sociedade – Nos concelhos onde o PAN obteve melhores resultados há 6,41 médicos por cada 1.000 habitantes (a média nacional é de 5,22 médicos) e 2,35 unidades hospitalares, públicas e privadas, por cada 100 mil habitantes (contra uma média nacional de 2,19).

Os dados mostram ainda que a disparidade do ganho médio mensal entre sexos é de 10,93%, enquanto no conjunto do país este indicador é de 10,20%

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O PCP não consegue convencer eleitorado mais novo e os mais velhos estão a morrer, por isso todos sabemos o que vai acontecer ao PCP…
    O BE consegue fazer o que falta ao PCP, convencer os mais novos!
    É estranho como o PCP não muda de estratégia, assim caminham para o fim… Mas eles lá sabem!

RESPONDER

Sporting 2-1 Santa Clara | Super-Coates volta a ser herói

Arrancado a ferros… à campeão? O Sporting esteve a poucos segundos de registar o terceiro empate em casa, perante um Santa Clara que não foi em nada inferior aos “leões” e até conseguiu ser superior em …

Os gatos demonstram ser menos leais do que os cães (mas pode haver uma razão)

Ainda existe um estereótipo sobre a diferença entre cães e gatos. Normalmente as pessoas associam os cães a animais amorosos e leais, enquanto os gatos são tidos como distantes e indiferentes. Um novo estudo pode …

O mistério do "lago dos esqueletos" na Índia intriga cientistas há décadas

O Roopkund, localizado na parte indiana dos Himalaias, é um lago glacial com centenas de ossos humanos. E ninguém sabe como foram lá parar. Em 1942, um guarda florestal revelou ao mundo a existência deste lago …

A fronteira mais importante da China é imaginária: a Linha Hu

A Linha Hu, também conhecida como linha Heihe-Tengchong, é uma linha imaginária que divida a China em duas partes com áreas quase iguais. Estende-se da cidade de Heihe até Tengchong. Desenhada pela primeira vez em 1935, …

Algumas pessoas moram em aeroportos durante meses (ou até mesmo anos)

Aeroportos não servem de casa apenas para os sem-abrigo. Há pessoas que, involuntariamente ou não, ficam lá durante meses e, em alguns casos, até mesmo anos. Em janeiro, as autoridades de Chicago prenderam um homem de …

Senado da Carolina do Sul aprova fuzilamento como método de execução

Com esta decisão, a Carolina do Sul poderá converter-se no quarto estado do país a incorporar este método de execução de pena de morte, depois do Utah, Oklahoma e Mississípi. De acordo com a agência noticiosa …

"Oxigénio tornou-se ouro". Criminosos lucram com a sua escassez no México

A pandemia de covid-19 deixou a Cidade do México a atravessar uma grande escassez de oxigénio médico. Criminosos estão a aproveitar para lucrar com a situação. A capital mexicana registou um pico de infeções e hospitalizações …

Meteorito do tamanho de um damasco caiu em França (e os astrónomos precisam de ajuda para encontrá-lo)

Os entusiastas do Espaço estão a ser instados a procurar um meteorito do tamanho de um damasco que caiu no fim de semana passado no sudoeste de França.  O meteorito, com peso estimado em 150 gramas, …

Professora pediu a alunos para fingir que eram escravos e escreverem carta para África

Uma professora de uma escola secundária no Mississippi, nos Estados Unidos, está a ser alvo de críticas devido a uma fotografia de um trabalho de casa divulgada nas redes sociais. Foi pedido aos alunos do 8.º …

Obra de Churchill que pertencia a Angelina Jolie vendida por valor recorde

O quadro pintado pelo antigo primeiro-ministro britânico foi vendido por 8,3 milhões de libras. A pintura foi um presente de Winston Churchill para o presidente dos Estados Unidos, Franklin D. Roosevelt, e agora foi leiloada …