Supremacistas ameaçam espancar negros que façam olhinhos a brancas (e “não é um crime”)

O Ku Klux Klan da Florida tem distribuído folhetos no norte e centro do Estado. “Qualquer macaco que for apanhado a fazer olhinhos a uma rapariga branca será espancado com bastões – é uma promessa”. As autoridades norte americanas estão a investigar o assunto como “distribuição de literatura” que, “em si mesmo, não é um crime”.

A descoberta de folhetos com mensagens de ódio e racistas e ameaças contra cidadãos negros e judeus está a ser investigada pela polícia da Florida.

De acordo com o Público, esta não é a primeira vez que são distribuídos estes folhetos, mas o que os distingue é a violência das ameaças, que tem escalado.

Num dos folhetos pode se ler um “aviso a todos os pretos“: “Qualquer macaco que for apanhado a ‘fazer olhinhos’ a uma rapariga branca será espancado com bastões e as vossas mães não vão receber mais bananas – é uma promessa!”

E os judeus também não ficam fora dos alvos de ódio do grupo extremista: “Quem luta contra o Judeu, luta contra o Diabo“. A frase remete para a II Guerra Mundial, sendo da autoria de Julius Streitcher, um dos responsáveis pela propaganda nazi antes e durante a Guerra e fundador do jornal “Der Stürmer”.

Os folhetos foram encontrados na zona de East Arlington, em Jacksonville, enrolados em várias ruas dos bairros em frente à porta de cada moradia e a autoria é reclamada pelos Loyal White Knights, o maior dos vários grupos independentes espalhados pelos Estados Unidos da América que representam a 3ª vaga do Ku Klux Klan.

As autoridades norte americanas disseram estar a investigar o caso, mas não acreditam haver indícios de crime: “Se não houver crime, aproveitamos a oportunidade para explicar aos queixosos que a distribuição de literatura, independentemente do grau de ofensa que tem para para algumas pessoas, não é em si mesmo, um crime“.

Outros folhetos foram encontrados durante o fim de semana, no mesmo Estado, mas desta vez com o objetivo de recrutar. Dentro de um pacote de rebuçado atirado para o chão perto de Orlando no centro de Florida, lia-se “Acabem com a SIDA, apoiem a perseguição de gays”.

Jame Spears, um dos líderes do grupo, disse que o objetivo era recrutar novos membros e “fazer saber os brancos que o Klan está no bairro deles”: “Não vejo diferenças entre os Loyal White Knights, o NAACP (National Association for the Advancement of Colored People, organização que defende e promove os direitos dos negros) e outros grupos de defesa dos direitos civis”.

Grupos como os Loyal White Knights, fundados na última década, apresentam-se como os legítimos herdeiros do Ku Klux Klan original (meados da década de 1860) e da sua segunda vaga (de 1915 até ao fim da II Guerra Mundial).

Ao contrário dos antecessores, dizem que não são racistas e que não defendem o uso de violência. Em vez disso, dizem que estão apenas a defender uma ideologia e que, por isso, têm direito à liberdade de expressão nos Estados Unidos; e que compreendem e respeitam as lutas de cada comunidade, desde que essas comunidades não se misturem – é com esta nova formulação que pretendem equiparar-se a grupos de ativistas como o Black Lives Matter, por exemplo.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “Qualquer macaco que for apanhado a ‘fazer olhinhos’ a uma rapariga branca será espancado com bastões e as vossas mães não vão receber mais bananas – é uma promessa!”

    Ou seja, isto é tudo um problema alimentar… e nada mais

RESPONDER

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …

Designer holandês desenvolve "caixão vivo" feito com fibras de fungos

Um corpo humano pode demorar cerca de uma década a decompor-se dentro de um caixão. Com o Living Cocoon, o tempo é reduzido para dois ou três anos. Bob Hendrikx, biodesigner fundador da Loop, desenvolveu e …

Relógio em Nova Iorque mostra o tempo restante para reverter efeitos do aquecimento global

O Metronome, icónico relógio digital de Nova Iorque, deixou de mostrar o tempo do dia-a-dia e mostra agora o tempo restante que o nosso planeta tem para reverter os efeitos do aquecimento global. O relógio digital …