Diretor do Polígrafo era sócio de empresa de consultoria envolvida no caso Máfia do Sangue

(dr) Wook

O jornalista Fernando Esteves, diretor do Polígrafo

Fernando Esteves, diretor do jornal Polígrafo, que acumulou a função de jornalista e editor de política na Sábado, entre 2005 e abril de 2017, manteve ao mesmo tempo uma participação na Alter Ego, empresa de serviços de consultoria em comunicação, revelou esta terça-feira a revista em questão.

Essa informação, divulgada pela Sábado, faz parte da acusação do Ministério Público no processo Máfia do Sangue, no qual consta que a Alter Ego trabalhou para a Octapharma e para Paulo Lalanda e Castro, o principal arguido. Acontece que as profissões de jornalista e de assessor são incompatíveis.

De acordo com aquele órgão de comunicação, Lalanda e Castro, ex-diretor da Octapharma em Portugal, e o médico Luís Cunha Ribeiro contrataram a Alter Ego tratar da sua assessoria, através de um contrato feito com o sócio de Fernando Esteves, Pedro Coelho dos Santos.

Segundo os registos comerciais da empresa, referidos pela Sábado, Fernando Esteves foi sócio da Alter Ego até 2018. Contactado, apenas admitiu àquele órgão de comunicação ter sido “negligente” no acompanhamento das contas da empresa. Afirmou ainda que desconhecia os clientes do seu sócio Pedro Coelho dos Santos.

Na passada semana, o médico Luís Cunha Ribeiro foi acusado pelo Ministério Público, ex-presidente do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e da Administração Regional de Saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo, de um crime de corrupção passiva e de mais outros dez ilícitos de falsificação, abuso de poder e branqueamento de capitais. Paulo Lalanda e Castro foi acusado de 21 crimes, incluindo três de corrupção ativa.

Acusadas de um crime de corrupção passiva foram ainda uma médica imuno-hemoterapeuta, que trabalha no Hospital de São João, no Porto, e uma farmacêutica, que fazia parte da Associação Portuguesa de Hemofilia. O advogado Paulo Farinha Alves foi acusado de falsificação na forma tentada e de branqueamento de capitais. A irmã de Lalanda e Castro está acusada de três de falsificação e dois de branqueamento.

ZAP //

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Que credibilidade pode ter esse tal programa da SIC com o nome parolo (para quem não tiver estudado física) de «polígrafo»?
    E a credibilidade da própria SIC também não deixa de ser «abalada, deixando dúvidas quanto a eventual participação em «negócio da lavandaria» de personalidades!

  2. Não foi este “rapazinho” Fernando esteves que, enquanto escriba do grupo cofina escreveu um livro so bre Sócrates com o o titulo de “Cercado – os dias fatais de ´José Sócrates”????? O “rapazinho” afginal também foi “cercado” pelas vigarices que cometeu. Diz agora que foi “negligente”!! Será a nova designação de “criminoso”???? Cá se fazem, cá se pagam, com lingua de palmo e meio! Tão sério que o “rapazinho” é!!!!!!!!

      • ZAP, não existiriam mais fotos que poderiam ilustrar o acusado? Teria mesmo que ser uma que o acusado escolheu? Corporativismo 1.0, nada de novo

        • Caro leitor,
          Não foi o jornalista que escolheu a foto, fomos nós, de entre as que havia disponíveis. Não havendo fotos disponíveis que tivéssemos autorização de publicação (por exemplo na Lusa, ou de um banco de imagens de domínio público, ou com licença creative commons), recolhemos a foto de uma capa de livro – cujo uso, não tendo sido expressamente dado, se enquadra no conceito de fair use policy / direito de informação. Nas palavras de um dos nossos próprios jornalistas, “parece um cantor”. Sim, parece, apenas não é a capa de um disco – é a capa de um livro, e é a que havia. Ficou melhor do que usar outra vez a foto de sacos de plasma que temos usado neste tema.
          De qualquer forma, é surreal e disparatado estar a discutir a escolha da foto e não o conteúdo da notícia, pelo que damos o assunto por encerrado.

    • Mas a foto é importante?
      Não me diga só vê bonecos !!! Caso contrário leia o texto e ignore a foto.
      Sinceramente o boneco que aparece na foto não é o Fernando?

      Até ele ser julgado, e considerado culpado, ele é presumivelmente inocente, O MP tem de provar a sua culpa, não o contrário.
      Quando isso acontecer, peça ao ZAP para colocar a imagem do homem com algemas, despenteado e com olheiras, preferência com olhos franzidos para parecer mais ameaçador.

      Até lá, esta foto serve, não cabe ao ZAP fazer o homem parecer mau ou um anjinho, mas sim usar imagens autorizadas nos bancos de dados.

RESPONDER

Nicolas Bourbaki foi o maior matemático de sempre (mas nunca existiu)

Considerado como um dos maiores matemáticos de sempre, Nicolas Bourbaki não passava de um pseudónimo adotado por um grupo de grandes matemáticos, que revolucionou a matemática como a conhecemos. Nicolas Bourbaki está entre os maiores matemáticos …

No aquário do Tennessee, é uma enguia que acende as luzes da árvore de Natal

A enguia Miguel Wattson é a responsável pelo espírito natalício que se vive no Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos. O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma forma inusitada de celebrar esta época festiva: …

Há 34 anos, Diana dançou com Travolta. Agora, o seu vestido foi vendido por 261 mil euros

O vestido que a Princesa Diana usou para jantar na Casa Branca, em 1985, foi vendido por mais de 261 mil euros. O vestido azul que a Princesa Diana usou num jantar na Casa Branca, em …

Doentes crónicos com baixo nível de literacia em saúde recorrem mais às urgências

Os doentes crónicos e com um nível de literacia em saúde mais baixo utilizam mais vezes os serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde, bem como as consultas de medicina geral e familiar, …

Ártico viveu em 2019 o segundo ano mais quente em 119 anos

O Ártico viveu em 2019 o seu segundo ano mais quente desde 1900, de acordo com um relatório publicado na terça-feira, aumentando receios de degelo e aumento do nível da água. O Polo Norte está a …

Jardineiro encontra por acaso a obra mais procurada de Gustav Klimt. Estava no galeria onde foi roubada

Um funcionário da galeria de arte Ricci Oddi, na cidade italiana de Piacenza, encontrou por acaso a obra mais procurado do pintor austríaco Gustav Klimt. Estava na própria galeria, onde a obra terá sido roubada …

YouTube reforça políticas contra assédio online

O YouTube anunciou, esta quarta-feira, um conjunto de alterações às políticas que visam combater o assédio que existe na plataforma. O YouTube anunciou esta quarta-feira o reforço das suas políticas contra o assédio online, que preveem …

Deus bebé indiano vence caso em tribunal e reinvindica território sagrado

O Supremo Tribunal Indiano declarou Ram Lalla Virajman, um deus bebé, como o legítimo proprietário de Ayodhya, uma terra no norte da Índia considerada sagrada por muçulmanos e hindus. O tribunal decidiu que o Governo …

China usa comités partidários para manipular empresas estrangeiras

Em outubro, quando a Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA) tentou voltar atrás no apoio aos protestos em Hong Kong, foi criticada por se submeter ao regime autoritário da China. Mas são cada vez mais as …

Ângelo Rodrigues, Flamengo e Tinder. Os temas mais procurados pelos portugueses no Google

Ângelo Rodrigues, Flamengo, como saber onde votar, como funciona o Tinder e "Game of Thrones" estão entre os tópicos que os utilizadores portugueses do Google mais pesquisaram ao longo de 2019. Os dados são divulgados …