Dieselgate. Volkswagen condenada a indemnizar cliente

Julian Stratenschulte / EPA

A justiça alemã condenou hoje a Volkswagen a indemnizar em parte um cliente que comprou um automóvel equipado com um motor diesel falsificado, numa sentença que deve influenciar dezenas de milhares de processos cinco anos depois de rebentar o escândalo.

Ao equipar os veículos com um ‘software’ capaz de fazê-los parecer menos poluentes do que realmente são, o grupo automóvel alemão “enganou consciente e sistematicamente durante vários anos” as autoridades, “numa ótica de lucratividade”, explicou o juiz Stephan Seiters.

A Volkswagen vai agora “propor” soluções amigáveis para resolver “uma grande parte dos 60.000 processos individuais em curso“, explica o grupo de juízes num comunicado.

Os juízes do Tribunal Federal Alemão (BGH) consideraram nomeadamente que a compra de um automóvel equipado com um motor falsificado constituía um dano em si mesmo, mesmo que, como a Volkswagen argumentou, o veículo permanecesse “utilizável”.

Este é o primeiro revés legal para o gigante automóvel na Alemanha, no âmbito do escândalo que mergulhou a indústria automóvel alemã, pilar da economia do país, numa crise histórica da qual ainda está a lutar para sair.

O Tribunal analisou o caso de Herbert Gilbert, de 65 anos, que comprou um diesel usado Volkswagen Sharan em 2014, um dos 11 milhões de veículos nos quais o fabricante admitiu em setembro de 2015 ter colocado ‘software’ que subestimava as emissões poluentes.

Ao devolver o veículo à Volkswagen, o reformado tem direito a um reembolso, mas este último “deve ter em conta” a utilização do veículo e, portanto, a sua perda de valor ao longo do tempo, excluindo assim um reembolso total do preço de compra.

A decisão foi tomada após o final de um julgamento sem precedentes na Alemanha, em abril, semelhante a uma ação coletiva norte-americana envolvendo centenas de milhares de requerentes.

A Volkswagen vai gastar pelo menos 750 milhões de euros para compensar 235.000 clientes em virtude de um acordo amigável, uma quantia que pode parecer pequena em comparação com os mais de 30 mil milhões de euros que o escândalo já custou ao fabricante, principalmente nos Estados Unidos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Estão a trabalhar bem… daqui a uns 100 anos talvez a justiça alemã terá julgado a maior burla de sempre na industria automóvel…
    Claro que o facto de a VW ter uma boa parte de capital público, é apenas um pormenor…

RESPONDER

Na Colômbia, a "rebelião dos grisalhos" lutou contra o confinamento e a juíza deu-lhes razão

Um grupo de ilustres septuagenários, que liderou a iniciativa local da "rebelião dos grisalhos", na Colômbia, conseguiu uma grande vitória judicial. Na Colômbia, a "rebelião dos grisalhos" lutou contra o confinamento, exigindo mais tempo na rua …

EUA ponderam bloquear o TikTok e outras redes sociais chinesas

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, admitiu esta semana que os Estados Unidos estudam a possibilidade de bloquear a rede social de vídeos TikTok, bem como outras plataformas do género chinesas. Em entrevista à emissora …

Salgado acusa Banco de Portugal de "deslealdade" e "desonestidade"

Na contestação à coima aplicada pelo supervisor por violação de normas de prevenção de branqueamento de capitais, a defesa de Ricardo Salgado acusou o Banco de Portugal de ter sido “desleal e desonesto” na forma …

No Reino Unido, só 22% das pessoas que testaram positivo relataram ter sintomas

Um novo estudo acaba de revelar que, no Reino Unido, apenas 22% dos casos positivos tinha sintomas da covid-19 no dia em que fizeram o teste. Um estudo do Office for National Statistics (ONS) britânico, divulgado …

Administração Trump notifica formalmente o Congresso sobre saída da OMS

O Governo norte-americano informou esta terça-feira o Congresso sobre a sua saída forma da Organização Mundial da Saúde (OMS). A Administração Trump já notificou formalmente o Congresso norte-americano de que os Estados Unidos vão sair da …

“Não vou ser infetado e propagar a covid-19”. Burundi anuncia triagem maciça da população

O Governo do Burundi começou esta segunda-feira uma campanha de triagem maciça da covid-19, decisão que demonstra uma alteração das políticas implementadas pelo novo Presidente do país no sentido de combater mais assertivamente a propagação …

Despedida de Centeno e estreia de Leão. Eurogrupo elege presidente na quinta-feira

A eleição para a presidência do Eurogrupo, na quinta-feira, será a última reunião presidida por Mário Centeno e a estreia europeia de João Leão como ministro das Finanças. A eleição para a presidência do Eurogrupo é …

Governo está a preparar um programa específico de apoio ao Algarve

O Algarve terá um programa específico de apoio, que já está a ser preparado pelo Governo, avançou o ministro da Economia esta terça-feira. O ministro da Economia disse, esta terça-feira, que o Governo está a preparar …

OMS admite transmissão pelo ar e pede que se evitem espaços fechados

Depois do alerta de 239 especialistas, a Organização Mundial de Saúde diz que há novas provas de que o novo coronavírus se transmite pelo ar. A Organização Mundial de Saúde (OMS) admitiu, esta terça-feira, haver novas …

Lufthansa vai cortar mil empregos administrativos (e reduzir novas aeronaves a metade)

Esta terça-feira, a Lufthansa anunciou novas medidas do seu plano de reestruturação que incluem uma redução de mil postos de trabalho nos serviços administrativos. A companhia aérea alemã Lufthansa anunciou, esta terça-feira, que irá reduzir o …