Dezenas de leões marinhos aparecem doentes (ou mortos) nas praias da Califórnia

Dezenas de leões marinhos têm adoecido – até morrer, em alguns casos – nas praias da Califórnia nos últimos dois meses. E o inimigo está no próprio oceano.

“Temos tido muito trabalho”, diz à BBC Shawn Johnson, director de Ciência Veterinária no Centro de Mamíferos Marinhos, em Sausalito, perto de San Francisco.

Sob a sua coordenação, os veterinários do centro nem têm tempo para pausas. E o que os mantém ocupados são os casos crescentes de envenenamento por  ácido domóico, neurotoxina que actua sobre o sistema nervoso, causando paralisia ou contracturas musculares.

O ácido domóico é produzido por certas algas marinhas, como a doumoi ou hanayanagi (Chondria armata), que são vulgarmente ingeridas por peixes.

Esta toxina acumula-se nos peixes e, ainda que seja inofensiva para eles, acaba por ter impacto nos mamíferos. “Os mamíferos marinhos comem muitos peixes e por consequência ingerem grandes doses desta toxina, que entram na corrente sanguínea e no cérebro”, explica Johnson.

Também há registos de casos de intoxicação por ácido domóico em seres humanos. No Canadá, na década de 1980, um grupo de pessoas morreu depois de ingerir mexilhões contaminados.

Encontrar um leão marinho ou outro mamífero de grande porte a soltar baforadas, ou com convulsões na areia da praia, não deve ser uma cena fácil de perceber. E na Califórnia, a única esperança destes animais agonizantes é a de serem vistos por alguém que alerte os especialistas do centro veterinário de Sausalito.

Caso seja necessário, o animal é levado para este centro, onde uma equipa de veterinários e cientistas faz um diagnóstico do seu problema. “No caso de envenenamento por ácido domóico, que causa convulsões, tentamos contê-la com medicação e com cuidados de emergência”, explica Johnson.

Aumento das temperaturas

Segundo Shawn Johnson, a floração destas algas tóxicas ocorre em diferentes alturas do ano. Entre os especialistas é consensual que o aumento das algas tóxicas no oceano foi causado pela mudança climática e pelo aumento das temperaturas oceânicas.

Desde junho, cientistas do Centro de Mamíferos Marinhos trataram 89 animais, dos quais 82 eram leões marinhos. A maioria apareceu na região das praias de San Luis Obispo, onde há uma grande concentração de algas. E praticamente todos os leões marinhos resgatados sofreram as temidas convulsões.

O mais urgente é que o corpo expulse a toxina. Também damos ao animal medicação para proteger o cérebro. Essas convulsões podem causar lesões cerebrais permanentes”, explica Johnson.

“Depois de tratar as convulsões durante uma semana, começamos a estudar tratamentos adicionais e identificamos se há ou não algum dano cerebral.”

Se o animal recuperar, é devolvido ao oceano, com uma etiqueta de identificação para, caso apareça em outra região, se saiba que já esteve em num centro de reabilitação.

Dos 82 leões marinhos atendidos no centro, os veterinários conseguiram salvar 51.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

O primeiro protótipo em tamanho real da Starship explodiu durante um teste

O primeiro protótipo completo em aço inoxidável da nave Starship da empresa norte-americana Space X explodiu durante um teste levado a cabo na passada quarta-feira, 20 de novembro, nos Estados Unidos. O incidente ocorreu nas …

Ex-governador brasileiro condenado a mais de 10 anos de prisão

O ex-governador do estado brasileiro de Minas Gerais foi condenado, esta quinta-feira, a uma pena de 10 anos e seis meses de prisão pela Justiça Eleitoral do país. Fernando Pimentel foi considerado culpado dos crimes de …

Áudio das viagens na Uber vai poder ser gravado

A partir de dezembro, a Uber vai passar a oferecer aos utilizadores no Brasil e no México a possibilidade de gravar o áudio da viagem com o objetivo de melhorar a segurança do motorista e …

Mourinho quer ser campeão no próximo ano (e não precisa de reforços)

O treinador português foi oficialmente apresentado como técnico do Tottenham, esta quinta-feira, e diz que já tem em vista a conquista do campeonato na próxima época. José Mourinho admitiu hoje que o título de campeão inglês …

Casal homossexual de pinguins "roubou" um ovo para poder ter a sua família

Um casal homossexual de pinguins de um jardim zoológico na Holanda estava tão ansioso por ter as suas crias que não resistiu à tentação e acabou por roubar um ovo de outro par. De acordo com …

Gabriel renova contrato com o Benfica até 2024

O médio brasileiro renovou contrato por mais uma época com o Benfica, até 2024, anunciou, esta quinta-feira, o clube no seu site oficial. "Estou muito feliz com esta renovação por mais um ano, é uma forma …

Malta Files permitiu ao Fisco recuperar milhões. Rui Pinto diz que foi um dos denunciantes

O pirata informático assumiu, esta quinta-feira, ter sido um dos denunciantes dos Malta Files, que permitiu ao Fisco identificar cidadãos e empresas portugueses que se aproveitaram do regime fiscal maltês para pagar menos impostos. "De acordo …

Há 5 anos que aparecem maços de notas nas ruas de uma aldeia inglesa (e ninguém sabe porquê)

Os residentes de uma aldeia inglesa andam a descobrir maços de notas nas ruas desde 2014. Um mistério que, até agora, ninguém conseguiu explicar. Mas há várias teorias e uma envolve o Pai Natal! O dinheiro …

Em 2018, só nove crianças foram colocadas em famílias de acolhimento

Apenas nove crianças tiveram uma medida de proteção em regime de acolhimento familiar em 2018, sendo que quase todas as crianças sinalizadas pelas comissões de menores ficaram na família, a maioria junto dos pais. De acordo …

Militar da GNR diz que droga apreendida na "casinha" era da Juve Leo

Decorreu, esta quinta-feira, a terceira sessão do julgamento da invasão à academia do Sporting, que decorre no tribunal de Monsanto, em Lisboa. O militar da GNR João Oliveira admitiu hoje, em tribunal, que a posse da …