Dez milhões de crianças “podem nunca voltar à escola” após coronavírus

Mohamed Hossam / EPA

A pandemia de coronavírus causou uma “emergência educacional sem precedentes”, com 9,7 milhões de crianças afetadas pelo encerramento de escolas em risco de nunca voltar às aulas, alertou na segunda-feira a Organização Não Governamental (ONG) Save the Children.

De acordo com dados da UNESCO, citados pela instituição de caridade britânica, em abril, 1,6 mil milhões de jovens deixaram de ir à escola e à universidade devido às medidas para conter a covid-19, o que equivale a cerca de 90% da população estudantil do mundo.

“Pela primeira vez na história da humanidade, uma geração inteira de crianças em todo o mundo teve a sua educação interrompida”, lê-se no novo relatório da ONG, intitulado “Save our Education”, citado pela agência AFP.

Segundo o documento, a crise económica pode forçar entre 90 e 117 milhões de crianças a entrar na pobreza, com efeito indireto nas admissões nas escolas. Com muitos jovens obrigados a trabalhar – ou a casar precocemente para sustentar as famílias – , entre 7 e 9,7 milhões de crianças podem abandonar a escola permanentemente.

Ao mesmo tempo, a instituição alertou que a crise pode deixar um défice de 77 mil milhões de dólares (aproximadamente 67,9 mil milhões de euros) nos orçamentos para educação em países de baixa e média receita até o final de 2021.

“Cerca de 10 milhões de crianças podem nunca retornar à escola – esta é uma emergência educacional sem precedentes e os governos devem investir urgentemente no ensino”, disse o presidente-executivo da Save the Children, Inger Ashing.

“Corremos o risco de cortes orçamentais incomparáveis, que farão explodir a desigualdade existente entre ricos e pobres, e entre rapazes e raparigas”, acrescentou.

A instituição pediu aos governos e doadores que invistam mais fundos para um novo plano global de educação que permita ajudar as crianças a voltar à escola quando for seguro e, até esse momento chegar, apoiar o ensino à distância.

“Conhecemos crianças mais pobres e marginalizadas, que já estavam mais atrasadas e que já sofriam maiores perdas, sem acesso ao ensino a distância – ou a qualquer tipo de educação – a meio do ano letivo”, referiu Ashing.

A Save the Children apelou igualmente à suspensão do pagamento de dívidas para países de baixa receita – uma medida que, segundo a ONG, poderia libertar 14 mil milhões de dólares (aproximadamente 12,3 mil milhões de euros) para programas de educação.

“Se permitirmos que esta crise educacional se desenvolva, o impacto no futuro das crianças será duradouro”, aublinhou Ashing. “A promessa que o mundo fez para garantir que todas as crianças tenham acesso a uma educação de qualidade até 2030 será atrasada em anos”, acrescentou, citando o objetivo da Organização das Nações Unidas.

O relatório listou 12 países onde as crianças correm maior risco: Níger, Mali, Chade, Libéria, Afeganistão, Guiné, Mauritânia, Iémen, Nigéria, Paquistão, Senegal e Costa do Marfim. Antes da crise, cerca de 258 milhões de crianças e adolescentes já estavam a deixar a escola, concluiu a instituição.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Na Rússia, dezenas de pessoas foram presas durante manifestações de apoio a Navalny

Dezenas de pessoas foram presas hoje durante manifestações organizadas na Rússia para exigir a libertação do opositor Alexei Navalny, que está em prisão preventiva, apesar das múltiplas ameaças das autoridades contra os protestos. De Moscovo a …

Arqueólogos egípcios encontram cópia de capítulo do "Livro dos Mortos"

Arqueólogos egípcios encontraram, em Sacara, uma cópia do Capítulo 17 do "Livro dos Mortos" numa zona de túmulos próximos da pirâmide do faraó Teti. De acordo com o site Live Science, que cita um comunicado do …

Senado avalia processo de destituição de Trump na semana de 8 de fevereiro

O Senado norte-americano irá ouvir na semana de 8 de fevereiro os argumentos iniciais do processo de destituição de Donald Trump por incitamento dos recentes motins do Capitólio, anunciou o senador democrata Chuck Schumer. "Todos queremos …

Portugal é o país do mundo com mais mortes. Vacinas da AstraZeneca vão chegar com atraso

Pela primeira vez, desde o início da pandemia da covid-19, Portugal é o país com maior número de vítimas mortais e mais casos de infeção por milhão de habitantes em todo o mundo. Más notícias, …

Fóssil de dinossauro dá novas pistas sobre como estes animais acasalavam

É verdade que já sabemos muitas coisas sobre dinossauros – como eram, o que comiam e a causa da sua extinção. Mas nenhum fóssil nos permitiu ainda perceber coisas tão simples como, por exemplo, em que …

Itália bloqueia TikTok após morte de menina de 10 anos em desafio na rede social

A rede social TikTok foi hoje bloqueada temporariamente em Itália, para utilizadores cuja idade não está confirmada, na sequência da morte de uma menina de 10 anos que participava num desafio naquela plataforma. A Autoridade para …

Infetados ocupam mais de metade das camas das UCI. Hospital de campanha de Lisboa recebe primeiros doentes

Os dados são do boletim divulgado esta sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde, mas reportam-se às 24 horas anteriores, nos cuidados intensivos estavam internados 715 doentes com covid. O hospital de campanha de Lisboa está pronto …

Circular entre concelhos, só para ir votar. A partir de hoje deixa de haver missas

As medidas decretadas pelo Governo para travar o avanço da pandemia em Portugal têm novas diretrizes. Num fim de semana de eleições presidenciais existem exceções para ir votar. Desde as 20h de ontem, e até às …

Nova terapia genética tratou mieloma múltiplo em ratos

Uma equipa de cientistas desenvolveu uma nova terapia genética que conseguiu tratar o mieloma múltiplo em ratos. Após duas semanas, os ratos já mostravam melhorias. O mieloma múltiplo é um cancro com origem nos plasmócitos da …

Golo polémico de Bernardo Silva: "As pessoas deveriam conhecer as leis do futebol"

Rodri estava em posição irregular quando o seu companheiro de equipa colocou a bola na frente. Mas como houve interferência de um defesa na jogada... A explicação e o "recado" de Robbie Savage. O Manchester City …