Dez milhões de crianças “podem nunca voltar à escola” após coronavírus

Mohamed Hossam / EPA

A pandemia de coronavírus causou uma “emergência educacional sem precedentes”, com 9,7 milhões de crianças afetadas pelo encerramento de escolas em risco de nunca voltar às aulas, alertou na segunda-feira a Organização Não Governamental (ONG) Save the Children.

De acordo com dados da UNESCO, citados pela instituição de caridade britânica, em abril, 1,6 mil milhões de jovens deixaram de ir à escola e à universidade devido às medidas para conter a covid-19, o que equivale a cerca de 90% da população estudantil do mundo.

“Pela primeira vez na história da humanidade, uma geração inteira de crianças em todo o mundo teve a sua educação interrompida”, lê-se no novo relatório da ONG, intitulado “Save our Education”, citado pela agência AFP.

Segundo o documento, a crise económica pode forçar entre 90 e 117 milhões de crianças a entrar na pobreza, com efeito indireto nas admissões nas escolas. Com muitos jovens obrigados a trabalhar – ou a casar precocemente para sustentar as famílias – , entre 7 e 9,7 milhões de crianças podem abandonar a escola permanentemente.

Ao mesmo tempo, a instituição alertou que a crise pode deixar um défice de 77 mil milhões de dólares (aproximadamente 67,9 mil milhões de euros) nos orçamentos para educação em países de baixa e média receita até o final de 2021.

“Cerca de 10 milhões de crianças podem nunca retornar à escola – esta é uma emergência educacional sem precedentes e os governos devem investir urgentemente no ensino”, disse o presidente-executivo da Save the Children, Inger Ashing.

“Corremos o risco de cortes orçamentais incomparáveis, que farão explodir a desigualdade existente entre ricos e pobres, e entre rapazes e raparigas”, acrescentou.

A instituição pediu aos governos e doadores que invistam mais fundos para um novo plano global de educação que permita ajudar as crianças a voltar à escola quando for seguro e, até esse momento chegar, apoiar o ensino à distância.

“Conhecemos crianças mais pobres e marginalizadas, que já estavam mais atrasadas e que já sofriam maiores perdas, sem acesso ao ensino a distância – ou a qualquer tipo de educação – a meio do ano letivo”, referiu Ashing.

A Save the Children apelou igualmente à suspensão do pagamento de dívidas para países de baixa receita – uma medida que, segundo a ONG, poderia libertar 14 mil milhões de dólares (aproximadamente 12,3 mil milhões de euros) para programas de educação.

“Se permitirmos que esta crise educacional se desenvolva, o impacto no futuro das crianças será duradouro”, aublinhou Ashing. “A promessa que o mundo fez para garantir que todas as crianças tenham acesso a uma educação de qualidade até 2030 será atrasada em anos”, acrescentou, citando o objetivo da Organização das Nações Unidas.

O relatório listou 12 países onde as crianças correm maior risco: Níger, Mali, Chade, Libéria, Afeganistão, Guiné, Mauritânia, Iémen, Nigéria, Paquistão, Senegal e Costa do Marfim. Antes da crise, cerca de 258 milhões de crianças e adolescentes já estavam a deixar a escola, concluiu a instituição.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Israel fecha os olhos e deixa palestinianos cruzarem a fronteira para ir a banhos

As autoridades israelitas têm deixado milhares de palestinianos cruzar a barreira de separação entre os dois territórios para poderem ir às praias. Este foi um fim-de-semana muito especial para Siham e os seus cinco filhos. …

Diabéticos e hipertensos voltam a ter faltas justificadas

Os diabéticos e hipertensos sem condições para desempenharem funções em teletrabalho voltam a ter direito a justificar as faltas ao trabalho devido à pandemia de covid-19, segundo um diploma publicado em Diário da República. “Os imunodeprimidos …

Deputada da Coreia do Sul debaixo de fogo. Usou um vestido no Parlamento

Na semana passada, a deputada sul-coreana Ryu Ho-jeong usou um vestido numa assembleia legislativa, sendo bombardeada com críticas que gerou um debate sobre sexismo e a cultura patriacal do país. De acordo com a CNN, na …

SC Braga oficializa "top gun" Gaitán por duas temporadas

O internacional argentino Nicolas Gaitán assinou um contrato com o Sporting de Braga válido por uma época, com outra de opção, informou esta terça-feira o clube minhoto da I Liga de futebol. Formado no Boca Juniors, …

Vacina russa chama-se "Sputnik V" e foi já pedida por 20 países

A vacina russa contra a covid-19, cujo registo foi esta terça-feira anunciado pelo Presidente, Vladimir Putin, chama-se "Sputnik V", vai começar a ser fabricada em setembro e já foi encomendada por 20 países. De acordo com …

Rui Pinto no Twitter: "Travessia do deserto” terminou mas a “luta continua”

Rui Pinto assumiu que a “árdua e longa ‘travessia do deserto’” chegou ao fim, aludindo à sua libertação, mas avisou que “a luta continua”, pois Portugal “continua um paraíso para a grande corrupção” e branqueamento …

PJ deteve suspeita de atear fogo florestal no Parque Nacional da Peneda-Gerês

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher de 57 anos suspeita de atear um incêndio florestal registado em 4 de agosto no Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), no concelho de Terras de Bouro. Em …

Mais duas mortes e 120 novos casos. Lisboa com 60% dos novos infetados

Portugal regista esta segunda-feira mais duas mortes, 120 novos casos de infeção por covid-19 e 160 curados em relação a segunda-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). O número de pessoas internadas é …

Encontrado cadáver com 30 anos em mansão abandonada em Paris

As obras de reforma numa mansão abandonada em Paris tiveram de ser suspensas inesperadamente depois de trabalhadores terem descoberto um cadáver a decompor-se na cave há 30 anos. De acordo com o jornal britânico The Guardian, …

Quase cem mil crianças contraíram a covid-19 em apenas duas semanas nos Estados Unidos

Noventa e sete mil crianças norte-americanas foram identificadas como infetadas com o novo coronavírus (covid-19) nas últimas semanas de julho. Os números relativos a estas duas semanas são avançados pela empresa norte-americana, que cita um relatório …