Entre os grandes devedores da Caixa, há 3 “clientes-mistério”

António Cotrim / Lusa

Paulo Macedo, presidente da Caixa Geral de Depósitos

A empresa que analisou os principais créditos da Caixa Geral de Depósitos não conseguiu chegar a informação sobre três grandes clientes específicos do banco público.

Estes três clientes encontram-se no grupo dos 25 maiores devedores da instituição financeira, revelados pelo relatório de auditoria da EY, mas cuja identificação final nunca foi feita publicamente, uma vez que o documento está truncado, nota o Expresso.

De acordo com Florbela Lima, a auditora da EY foi a responsável pelo relatório de auditoria que analisou os atos de gestão praticados entre 2000 e 2015, não há informação disponível sobre os três misteriosos clientes.

“Essa informação não estava disponível na Caixa Geral de Depósitos e não nos foi disponibilizada”, continuou a especialista da auditora que tinha começado a sua audição parlamentar a alertar para o facto de haver informação a que a auditoria pode não ter chegado.

Há também um caso que está no Ministério Público, que se encontra na posse da documentação original do banco público. Sabe-se que Vale do Lobo é um negócio em que houve investigação judicial, tendo, inclusive, havido uma acusação a um ex-administrador do banco, Armando Vara, por conluio com o antigo primeiro-ministro, José Sócrates.

A resposta de Florbela Lima levou a deputada do CDS Cecília Meireles a questionar como é que, não havendo documentação de suporte sobre aqueles créditos, podem ser recuperados pelo banco público. Os nomes dos devedores em causa não foram revelados.

O incumprimento dos regulamentos internos na hora de dar créditos e a ausência de regras na atribuição de bónus aos administradores são algumas das conclusões do documento.

A audição de Florbela Lima é a primeira a realizar-se na segunda comissão de inquérito à gestão da CGD. Esta quarta-feira, segue-se a de Carlos Costa, governador do Banco de Portugal, e de Vítor Constâncio, seu antecessor, na quinta-feira.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. MP e PJ, o que andam a fazer ??
    Esconder o nome desses três caloteiros é sinal evidente de corrupção.
    E o que tem feito a CGD para recuperar o mal parado ?
    O Berardo já foi arrestado nos seus bens para pagar os milhões que deve ?
    E a LENA mais o Carlos, também ?

  2. Tudo começa no vitor constâncio que ainda por cima foi para o bce, como é que é possível numa europa que se diz querer ser justa(que é para rir claro)?

    • Bem verdade, viajante estamos num País e numa Europa do vale tudo….a corrupção começa no sul e acaba no norte da Europa bem no coração da alta finança Europeia….))

  3. Por aquilo que soube há dias e pode não ser verdade, uma das grandes devedoras é uma empresa espanhola cujo presidente ou vice, é casado com uma administradora do BP. Seja como for, esses grandes devedores pertencem à quadrilha e se isso vier a público é chato…!

  4. Informações retidas pela pública CGD? Seria ridículo ou não fosse Portugal. Noutro lado era tudo despedido por justa causa. A de não informar o legítimo dono, ou nós.

  5. Como pode haver em democracia devedores secretos?
    O que fazem os Sr.s Deputados?
    O que faz o Ministério Público?
    Claro que o Governo o que está ou outro não lhe interessa fazer nada.
    E que paga a estes crápulas todos?
    O Zé claro.Urra como um jumento mas paga e ainda bate palmas.
    Fod….

Responder a Maria Cancelar resposta

Descobertas pegadas fossilizadas com mais de 10 mil anos. São a trilha pré-histórica de uma mãe com um bebé ao colo

Uma equipa de investigadores internacional descobriu o trilho pré-histórico mais comprido do mundo no Novo México, nos Estados Unidos. O novo estudo conta a historia de uma mulher que carregou um bebé nos braços durante …

Pure Skies. Empresa desenha cabines dos aviões do pós-pandemia

Desde o início da pandemia, os especialistas têm testado diferentes maneiras de alcançar o distanciamento social em aviões, embora com pouco sucesso. Agora, há uma empresa que está a levar esta ideia até ao próximo …

OE2021. Bloco de Esquerda vota contra na generalidade

O Bloco de Esquerda vai votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, anunciou a coordenadora do partido, Catarina Martins. Em declarações aos jornalistas, a bloquista confirmou este domingo que o …

PS ganha eleições nos Açores sem garantia de maioria absoluta

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo entre 37% e 41%, o que não garante a maioria absoluta, segundo a projeção à boca das urnas realizada este domingo pela Universidade Católica …

Extinção da fauna em Madagáscar pode dever-se à presença humana (e a mudanças climáticas)

Grande parte da fauna de Madagáscar e das ilhas Mascarenhas foi eliminada durante o último milénio. Neste sentido, uma equipa de cientistas analisou um registo do clima nos últimos 8000 anos nas ilhas. O resultado …

PAN vai abster-se na generalidade. OE mais próximo da aprovação

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) vai abster-se na votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na próxima quarta-feira, anunciou a líder parlamentar do partido, Inês Sousa Real. Com a abstenção dos três …

O passado tóxico fica para trás. Asbestos, a cidade "amianto", mudou de nome

A cidade canadiana Asbestos (que significa amianto) ganhou um novo nome, quase 11 meses após o anúncio da votação. Wuase metade dos cerca de 6 mil residentes da cidade canadiana marcaram presença numa votação organizada num …

Menino de 12 anos encontra fóssil de dinossauro com 69 milhões de anos

Nathan Hrushkin, aspirante a paleontólogo de 12 anos, encontrou o fóssil de um dinossauro enquanto passeava com o pai em Alberta, no Canadá. Depois de enviarem uma fotografia ao Museu Royal Tyrrell, ficaram a saber …

Autarca de Cascais associa festa privada de luxo a “número muito expressivo” de casos

O presidente da Câmara Municipal de Cascais associou este sábado uma festa privada, organizada num clube de luxo na Avenida de Liberdade, a "um número muito expressivo de casos" registado no concelho. "A festa de aniversário …

João Almeida acaba em 4.º e faz história no Giro. É o melhor português de sempre na prova

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) subiu este domingo ao quarto lugar final da 103.ª edição da Volta a Itália em bicicleta, no contrarrelógio da 21.ª etapa, que 'coroou' o britânico Tao Geoghegan Hart (INEOS). O português …