Entre os grandes devedores da Caixa, há 3 “clientes-mistério”

António Cotrim / Lusa

Paulo Macedo, presidente da Caixa Geral de Depósitos

A empresa que analisou os principais créditos da Caixa Geral de Depósitos não conseguiu chegar a informação sobre três grandes clientes específicos do banco público.

Estes três clientes encontram-se no grupo dos 25 maiores devedores da instituição financeira, revelados pelo relatório de auditoria da EY, mas cuja identificação final nunca foi feita publicamente, uma vez que o documento está truncado, nota o Expresso.

De acordo com Florbela Lima, a auditora da EY foi a responsável pelo relatório de auditoria que analisou os atos de gestão praticados entre 2000 e 2015, não há informação disponível sobre os três misteriosos clientes.

“Essa informação não estava disponível na Caixa Geral de Depósitos e não nos foi disponibilizada”, continuou a especialista da auditora que tinha começado a sua audição parlamentar a alertar para o facto de haver informação a que a auditoria pode não ter chegado.

Há também um caso que está no Ministério Público, que se encontra na posse da documentação original do banco público. Sabe-se que Vale do Lobo é um negócio em que houve investigação judicial, tendo, inclusive, havido uma acusação a um ex-administrador do banco, Armando Vara, por conluio com o antigo primeiro-ministro, José Sócrates.

A resposta de Florbela Lima levou a deputada do CDS Cecília Meireles a questionar como é que, não havendo documentação de suporte sobre aqueles créditos, podem ser recuperados pelo banco público. Os nomes dos devedores em causa não foram revelados.

O incumprimento dos regulamentos internos na hora de dar créditos e a ausência de regras na atribuição de bónus aos administradores são algumas das conclusões do documento.

A audição de Florbela Lima é a primeira a realizar-se na segunda comissão de inquérito à gestão da CGD. Esta quarta-feira, segue-se a de Carlos Costa, governador do Banco de Portugal, e de Vítor Constâncio, seu antecessor, na quinta-feira.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. MP e PJ, o que andam a fazer ??
    Esconder o nome desses três caloteiros é sinal evidente de corrupção.
    E o que tem feito a CGD para recuperar o mal parado ?
    O Berardo já foi arrestado nos seus bens para pagar os milhões que deve ?
    E a LENA mais o Carlos, também ?

  2. Tudo começa no vitor constâncio que ainda por cima foi para o bce, como é que é possível numa europa que se diz querer ser justa(que é para rir claro)?

    • Bem verdade, viajante estamos num País e numa Europa do vale tudo….a corrupção começa no sul e acaba no norte da Europa bem no coração da alta finança Europeia….))

  3. Por aquilo que soube há dias e pode não ser verdade, uma das grandes devedoras é uma empresa espanhola cujo presidente ou vice, é casado com uma administradora do BP. Seja como for, esses grandes devedores pertencem à quadrilha e se isso vier a público é chato…!

  4. Informações retidas pela pública CGD? Seria ridículo ou não fosse Portugal. Noutro lado era tudo despedido por justa causa. A de não informar o legítimo dono, ou nós.

  5. Como pode haver em democracia devedores secretos?
    O que fazem os Sr.s Deputados?
    O que faz o Ministério Público?
    Claro que o Governo o que está ou outro não lhe interessa fazer nada.
    E que paga a estes crápulas todos?
    O Zé claro.Urra como um jumento mas paga e ainda bate palmas.
    Fod….

RESPONDER

Novo estudo associa o burnout a uma consequência fatal

Uma nova investigação associa o burnout a um aumento de até 20% no risco de desenvolver fibrilhação auricular, a arritmia crónica mais frequente. O burnout é uma perturbação psicológica causada pelo stress excessivo devido a uma …

Pinto da Costa diz ter total confiança em Sérgio Conceição

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, garantiu que tem "total confiança nos jogadores e no treinador", Sérgio Conceição, que no sábado colocou o lugar à disposição, de acordo com a newsletter oficial dos …

Isabel dos Santos utilizou três identidades para entrar e sair de Portugal

A empresária angola Isabel dos Santos utilizou três documentos de identificação distintos durante as últimas viagens que fez entre Portugal e o Reino Unido. "Izabel Dosovna Kukanova", "Isabel José dos Santos" e "Santos Isabel" foram as …

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …

Portugueses vencem "Óscares" de animação em Los Angeles

O filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” da realizadora portuguesa Regina Pessoa, venceu este domingo o prémio de Melhor Curta Metragem e Sérgio Martins venceu a Melhor Direção de Animação em Longa Metragem, pelo …

Juiz Neto de Moura muda nome com que assina acórdãos

O juiz Neto de Moura, envolvido em algumas decisões polémicas sobre violência doméstica, alterou o nome com que assina os acórdãos, avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa deste domingo. De acordo com …

Violenta tempestade faz pelo menos 30 mortos em Minas Gerais

A violenta tempestade que desde quinta-feira assola o estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil, já provocou pelo menos 30 mortos e 17 desaparecidos, anunciou este domingo a Proteção Civil. De acordo com o novo balanço, …

Descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham

Foram descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham usando as suas barbatanas. Ao todo são já conhecidas nove espécies deste tipo de tubarões. Investigadores encontraram tubarões que caminham nas águas do norte da Austrália e …

Caso suspeito de infeção por coronavírus em Portugal deu negativo

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou este domingo que o primeiro caso suspeita de coronavírus em Portugal, com um paciente sob observação no Hospital de Curry Cabral, em Lisboa, deu negativo após  análises. "A Direção-Geral da …