Detetive holandês encontra quadro de Picasso 20 anos depois do desaparecimento

O retrato “Busto de Mulher”, pintado por Pablo Picasso em 1938 e furtado em 1999, foi entregue ao detetive holandês Arthur Brand, em Amesterdão. Antes de ser confiada ao especialista na recuperação de obras de arte, a pintura – que pode atingir um valor comercial de 25 milhões de euros -, era usada como moeda de troca para drogas e armas.

Há quatro anos que Arthur Brand procurava pela obra, roubada em 1999 no iate de xeque saudita Abdul Mohsen Abdulmalik – atracado no porto de Antibes (França) -, da qual só possuía uma fotografia. Vista pela última vez a 11 de março de 1999, nada mais se soube sobre a pintura até o detetive a ter recebido, avançou o Vida Extra, do Expresso.

De acordo com a Fortune, a pintura teria sido usada como moeda no submundo do crime de Amsterdão para pagar por tráfico de drogas e armas. A pessoa que estava na posse da obra teria decidido entregá-la e procurou Arthur Brand para fazê-lo.

O detetive holandês foi capaz de validar que a pintura é o original Picasso graças às costas da mesma. Embora os falsificadores de arte possam reproduzir uma pintura, geralmente não sabem como deve ser a parte de trás da tela.

Abdul Mohsen Abdulmalik adquiriu a obra nos anos 80, na Galeria Pace, em Nova Iorque, por um valor não confirmado. Quando roubado do seu iate, o quadro tinha um valor no mercado de quatro milhões de euros, indicou a EFE.

Aquando do furto, as câmaras de vigilância estavam desativadas e permitiram aos assaltantes levar “Busto de Mulher”, separando-o da companhia de um outro Picasso e de uma tela impressionista de Matisse, também estes guardados no barco.

Com a passagem do tempo, as autoridades francesas deram o caso por encerrado porque, na maioria das vezes, afirmou Arthur Brand, “quando um quadro desaparece assim totalmente é porque os ladrões não o conseguiram vender e acabam por destruí-lo para não terem problemas”.

O proprietário oferecia uma recompensa de 400 mil euros mas, depois de perder a esperança de encontrá-lo, recebeu quatro milhões de euros da companhia de seguros, empresa que agora tem consigo a obra em Amesterdão. A confirmação da autenticidade do quadro chegou na terça-feira, por um representante da seguradora.

“Picasso é o artista mais importante do século XX e também um dos mais falsificados, o que faz com que, frequentemente, apareçam quadros seus que são meras cópias”, frisou Arthur Brand, protagonista na resolução de outros raptos artísticos, tendo recuperado originais de Salvador Dalí, Josef Thorak e Tamara de Lempicka.

As dificuldades para a recuperação desta obra foram muitas, contou o detetive citado pelo El País, desde logo porque “Picasso pintou este retrato para ele mesmo e não o assinou”, tendo permanecido em casa do artista, sem nunca ter sido exposto.

Um especialista em arte americano está na capital holandesa a analisar o quadro para verificar o seu estado antes de ser oferecido de novo a Abdulmalik, que recupera uma obra avaliada em 25 milhões de euros em leilões.

Ao longo dos anos, várias falsificações da pintura foram oferecidas e rejeitadas pelas  seguradoras. A polícia holandesa não fez detenções relacionadas com o roubo ou com a recuperação da pintura.

TP, ZAP // EFE

PARTILHAR

RESPONDER

"Lavar as mãos". Vídeo da DGS é o mais popular do ano no YouTube

2020 foi um ano atípico em vários aspetos do quotidiano, obrigando à introdução de novas rotinas e ao reforço de outras por muitos já descuradas. Reflexo dessa disrupção é o ranking anual do YouTube, divulgado esta …

Drenthe falido: "Não é muito importante"

Antigo futebolista do Real Madrid não está preocupado com a declaração feita por um tribunal dos Países Baixos. Drenthe joga numa equipa da terceira divisão nacional. Royston Ricky Drenthe foi, enquanto adolescente, considerado um dos melhores …

Sonda espacial chinesa conclui recolha de amostras da superfície lunar

A sonda chinesa Chang'e 5 concluiu a recolha e armazenamento de rochas e detritos da superfície lunar, e prepara-se para voltar à Terra, informou esta quinta-feira a Administração Espacial Nacional da China. "Às 22 horas de …

Seca obriga Namíbia a por à venda 170 elefantes

A Namíbia, que se encontra em risco de seca, pôs à venda 170 elefantes vivos para reduzir o seu número no território, em parte devido ao crescente conflito entre humanos e animais desta espécie ameaçada …

Benfica 4 - 0 Lech Poznań | “Saco cheio” rumo ao apuramento

Um, dois, três e quatro. Foram estes os golos – apontados por Vertonghen, Darwin Núñez, Pizzi e Weigl – que o Benfica marcou na goleada que aplicou na noite desta quinta-feira ao Lech Poznań, num …

Cientistas encontram evidências de uso de drogas psicadélicas numa caverna com arte rupestre

Uma flor vermelha redemoinhada rabiscada numa parede de uma caverna há cerca de 400 anos é a primeira evidência definitiva de que os nativos norte-americanos consumiam drogas psicadélicas em locais de arte rupestre. Descoberta na caverna …

Musk queria batizar a sua tequila de "Teslaquila", mas o México disse que não

O multimilionário Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, quis batizar a sua tequila de "Teslaquila", mas as autoridades mexicanas impediram a utilização do nome, invocando os direitos do uso da palavra e …

Namíbia acaba de eleger um deputado chamado Adolf Hitler. É ativista e "anti-apartheid"

A Namíbia acaba de eleger nas eleições regionais um deputado chamado Adolf Hitler, um conhecido ativista e "anti-apartheid" em Uunona, a sua cidade natal, localizada no norte do país africano. "Adolf Hitler teve uma vitória …

Empresário de media pró-democracia preso por acusação de fraude em Hong Kong

O dono do jornal antigoverno Apple Daily, Jimmy Lai, conhecido pela luta pela democracia em Hong Kong, foi detido sem fiança, acusado de irregularidades no contrato de 'leasing' do edifício onde está o órgão de …

Novos drones de resgate usam Inteligência Artificial para encontrar pessoas perdidas na floresta

Em situações em que as pessoas se perdem na floresta, o tempo é essencial para resgatá-las, pois quanto mais tempo ficam perdidas mais perigosa a situação se torna. Mas será que existem todas as ferramentas …