Detetive holandês encontra quadro de Picasso 20 anos depois do desaparecimento

O retrato “Busto de Mulher”, pintado por Pablo Picasso em 1938 e furtado em 1999, foi entregue ao detetive holandês Arthur Brand, em Amesterdão. Antes de ser confiada ao especialista na recuperação de obras de arte, a pintura – que pode atingir um valor comercial de 25 milhões de euros -, era usada como moeda de troca para drogas e armas.

Há quatro anos que Arthur Brand procurava pela obra, roubada em 1999 no iate de xeque saudita Abdul Mohsen Abdulmalik – atracado no porto de Antibes (França) -, da qual só possuía uma fotografia. Vista pela última vez a 11 de março de 1999, nada mais se soube sobre a pintura até o detetive a ter recebido, avançou o Vida Extra, do Expresso.

De acordo com a Fortune, a pintura teria sido usada como moeda no submundo do crime de Amsterdão para pagar por tráfico de drogas e armas. A pessoa que estava na posse da obra teria decidido entregá-la e procurou Arthur Brand para fazê-lo.

O detetive holandês foi capaz de validar que a pintura é o original Picasso graças às costas da mesma. Embora os falsificadores de arte possam reproduzir uma pintura, geralmente não sabem como deve ser a parte de trás da tela.

Abdul Mohsen Abdulmalik adquiriu a obra nos anos 80, na Galeria Pace, em Nova Iorque, por um valor não confirmado. Quando roubado do seu iate, o quadro tinha um valor no mercado de quatro milhões de euros, indicou a EFE.

Aquando do furto, as câmaras de vigilância estavam desativadas e permitiram aos assaltantes levar “Busto de Mulher”, separando-o da companhia de um outro Picasso e de uma tela impressionista de Matisse, também estes guardados no barco.

Com a passagem do tempo, as autoridades francesas deram o caso por encerrado porque, na maioria das vezes, afirmou Arthur Brand, “quando um quadro desaparece assim totalmente é porque os ladrões não o conseguiram vender e acabam por destruí-lo para não terem problemas”.

O proprietário oferecia uma recompensa de 400 mil euros mas, depois de perder a esperança de encontrá-lo, recebeu quatro milhões de euros da companhia de seguros, empresa que agora tem consigo a obra em Amesterdão. A confirmação da autenticidade do quadro chegou na terça-feira, por um representante da seguradora.

“Picasso é o artista mais importante do século XX e também um dos mais falsificados, o que faz com que, frequentemente, apareçam quadros seus que são meras cópias”, frisou Arthur Brand, protagonista na resolução de outros raptos artísticos, tendo recuperado originais de Salvador Dalí, Josef Thorak e Tamara de Lempicka.

As dificuldades para a recuperação desta obra foram muitas, contou o detetive citado pelo El País, desde logo porque “Picasso pintou este retrato para ele mesmo e não o assinou”, tendo permanecido em casa do artista, sem nunca ter sido exposto.

Um especialista em arte americano está na capital holandesa a analisar o quadro para verificar o seu estado antes de ser oferecido de novo a Abdulmalik, que recupera uma obra avaliada em 25 milhões de euros em leilões.

Ao longo dos anos, várias falsificações da pintura foram oferecidas e rejeitadas pelas  seguradoras. A polícia holandesa não fez detenções relacionadas com o roubo ou com a recuperação da pintura.

TP, ZAP // EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Braga vence FC Porto e conquista Taça da Liga. Sérgio coloca lugar à disposição

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham …

Rara moeda de ouro com a cara de Eduardo VIII vendida por preço recorde

Uma rara moeda de ouro com o perfil do rei britânico Edward VIII foi vendida a um comprador particular pelo valor recorde de 1,3 milhões de dólares. A informação é avançada pela Royal British Mint, a …

Depois dos incêndios, Austrália está prestes a experimentar uma "bonança" de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é …

Governo admite retirar cidadãos nacionais de Wuhan

As autoridades portuguesas estão a cooperar com outros países europeus para reforçar o apoio aos cidadãos nacionais que se encontram em Wuhan, onde ocorreram os primeiros casos do novo coronavírus, admitindo a possibilidade de retirá-los …

Os cogumelos podem ser muito mais antigos do que pensávamos

Os cogumelos podem ser mais antigos do que pensávamos, concluíram cientistas que dataram vestígios de micélio (constituinte dos cogumelos) com 800 milhões de anos, divulgou esta quarta-feira a Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica. Estudos anteriores …

Comer iogurte natural pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama

Uma das causas mais apontadas para o cancro da mama é a inflamação causada por bactérias nocivas. Esta tese ainda não foi provada, mas é apoiada pelas evidências até agora disponíveis de que a inflamação …

Primeiro caso suspeito de infeção por coronavírus detetado em Portugal

Foi detetado o primeiro caso suspeito de infeção infeção pelo novo coronavírus , em Portugal, anunciou este sábado a Direção-Geral de Saúde. “Este doente, regressado hoje [este sábado] da China, onde esteve na cidade de Wuhan …

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …