Detetado um raro terramoto “boomerang” nas profundezas do Oceano Atlântico

Uma equipa de geólogos encontrou evidências de um terramoto “boomerang” raro e praticamente sem precedentes que fez tremer as profundezas do Oceano Atlântico em 2016.

O terramoto ocorreu ao longo da zona de fratura Romanche, que fica perto do Equador, aproximadamente a meio caminho entre a costa leste do Brasil e a costa oeste da África.

A zona de fratura, uma falha que percorre cerca de 900 quilómetros entre as placas tectónicas da América do Sul e da África produziu um terramoto de magnitude 7,1 em agosto de 2016, que foi detetado por sismómetros submarinos na região, bem como por estações de monitorização distantes.



A análise destes sinais revela que este não foi um terramoto comum, mas sim um tremor bizzaro que aconteceu numa direção e, depois, virou-se e voltou para trás com um aumento significativo de velocidade.

“Embora os cientistas tenham descoberto que este mecanismo de reversão de rutura é possível a partir de modelos teóricos, o nosso novo estudo fornece algumas das evidências mais claras para este mecanismo enigmático a ocorrer numa falha real”, disse o investigador Stephen Hicks, sismólogo do Imperial College London, em comunicado.

De acordo com a análise dos dados sísmicos, o terramoto de 2016 teve duas fases distintas. Primeiro, a rutura propagou-se para cima e para o leste na direção de um ponto fraco onde a zona de fratura se encontra com a Dorsal Mesoatlântica. Depois, numa súbita reviravolta, ocorreu uma “retropropagação incomum para o oeste”, com os tremores a voltar para o centro da falha, e em velocidades de “supercisão” muito aceleradas de até seis quilómetros por segundo.

“Mesmo que a estrutura da falha pareça simples, a forma como o terramoto cresceu não foi, e isso foi completamente o oposto de como esperávamos que o terramoto fosse antes de começarmos a analisar os dados”, disse Hicks.

Para já, os cientistas levantam a hipótese de que a primeira fase profunda do terramoto libertou energia de fratura suficiente para iniciar a reversão da rutura no terreno subaquático mais raso e oeste.

Embora terramotos de propagação reversa tenham sido estudados por sismólogos anteriormente, até agora, as evidências são escassas, tendo o fenómeno sido visto principalmente em modelagem teórica.

Este estudo foi publicado este mês na revista científica Nature Geoscience.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Checkmate". Rússia apresenta o seu novo jacto de combate revolucionário

O novo jacto é a aposta do governo russo para as exportações e pode vir a ditar o fim da supremacia (aérea e no mercado) do F-35 norte-americano. A Rússia apresentou o protótipo do novo jacto …

"É demasiado tarde". As palavras dos médicos aos doentes com covid-19 que recusaram a vacina

Estados Unidos da América contam com 48.49% da população totalmente vacinada, apesar de o processo ter estagnado nas últimas semanas. Os números de novas infeções crescem, assim como as mortes face ao crescimento galopante da …

"Pingdemic". Há uma nova "pandemia" a causar escassez de comida e combustível no Reino Unido

As medidas de distanciamento social no Reino Unido caíram e, como consequência, centenas de milhares de pessoas estão a ser notificadas para cumprir isolamento. A partir desta segunda-feira o uso de máscara e outras medidas de …

O lago mais improvável de Roma é um refúgio urbano (que impulsiona o ativismo ambiental)

O lago mais improvável de Roma, que nem sequer devia existir, motivou uma luta pela proteção ambiental do local. No anos 90, num local de construção a apenas alguns quilómetros a leste do Coliseu de Roma, …

Afeganistão. EUA lançam ataques aéreos enquanto Talibãs exigem a renúncia do Presidente

Os Estados Unidos (EUA) entraram num confronto pela cidade de Kandahar, realizando ataques aéreos em apoio às forças afegãs, enquanto os Talibãs apelam ao Presidente Ashraf Ghani para renunciar. O porta-voz do Pentágono, John Kirby, avançou …

A primeira casa impressa em 3D no Canadá é inspirada na sequência de Fibonacci

Depois de ter inspirado inúmeros edifícios, a sequência de Fibonacci serviu de musa à empresa de impressão em 3D Twente Additive Manufacturing (TAM), que criou a primeira casa impressa em 3D do Canadá. A Fibonacci House é …

Marcha do Orgulho de Budapeste será um protesto contra as leis anti-LGBTQI, diz organização

A marcha do Orgulho em Budapeste, que ocorrerá no sábado, será "uma celebração, mas também um protesto", disseram os organizadores, enquanto a comunidade LGBTQI húngara se prepara para desafiar a escalada da campanha anti-homossexual do …

PSD propõe máximo de 215 deputados e divisão de grandes círculos eleitorais

O PSD apresentou, esta sexta-feira, a sua proposta para a reforma do sistema eleitoral, que fixa um máximo de 215 deputados, menos 15 do que o total atualmente em vigor. A proposta do PSD para a …

Variante Lambda: o que saber sobre a nova mutação que preocupa as autoridades

Está a ter um foco mais circunscrito à América Latina, mas já houve dois casos desta mutação em Portugal. A OMS está atenta e de momento classifica a Lambda como uma variante de interesse. Foi inicialmente …

PSD força audição de Eduardo Cabrita sobre inquérito da IGAI

O PSD recorreu à figura da audição potestativa a que os partidos têm direito a usar regimentalmente para ouvir membros do Governo e entidades públicas.  O PSD requereu esta sexta-feira a audição parlamentar obrigatória do ministro …