Governo venezuelano anuncia detenção de seis suspeitos do atentado contra Maduro

Nicolás Maduro / Twitter

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro

O Governo venezuelano anunciou ter capturado seis suspeitos do alegado atentado de sábado em Caracas contra o presidente Nicolás Maduro, que fez sete feridos, três dos quais graves, e assegurou que todos os autores materiais e morais “estão identificados”

“Temos até agora seis terroristas e sicários detidos, vários veículos apreendidos e foram feitas várias buscas em hotéis da capital do nosso país onde se recolheram importantíssimas provas”, disse o ministro do Interior, Néstor Reverol, em declarações à televisão estatal VTV.

Maduro presidia a um ato oficial por ocasião da celebração dos 81 anos da Guarda Nacional Bolivariana (GNB) quando, segundo o Governo informou no sábado, terá sido vítima de um atentado com “objetos voadores de tipo ‘drone’ que continham uma carga explosiva”, do qual saiu ileso.

O atentado ocorreu quando o Presidente venezuelano proferia um discurso, transmitido pela rádio e pela televisão, em que defendia as mais recentes medidas económicas do seu Governo, que são criticadas pela oposição.

A transmissão televisiva mostrou os militares em formação a saírem das filas de forma desordenada e a retirarem do local o ministro da Defesa, Vladimir Padrino.

Hoje, Reverol disse que as investigações “evidenciaram” que o ataque constituiu “um crime de terrorismo e magnicídio frustrado”.

“O que deixa claro que estes terroristas e sicários passaram a um nível superior, aumentando a espiral de violência”, acrescentou. Segundo o ministro, no atentado foram usados dois ‘drones’ de modelo DJI M600, “concebidos para trabalhos industriais” e com capacidade para “suportar grandes cargas”.

Os objetos não feriram Maduro “graças às técnicas especiais” da Guarda de Honra, encarregada da segurança do Presidente, e à instalação de equipamentos inibidores de sinais que desorientaram os ‘drones’, que se ativaram “fora do perímetro planeado pelos sicários”.

Este sábado, Maduro acusou do ataque o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, bem como a “extrema-direita” daquele país e da Venezuela. Hoje, os militares venezuelanos declararam a sua “lealdade sem limites” a Maduro, e a oposição demarcou-se dos factos, declarando que a saída da crise deve ser “democrática”.

Um movimento paramilitar denominado Soldados de Franelas, criado em 2014, reivindicou no Twitter a autoria do alegado ataque.

O alegado atentado ocorreu num contexto de grave crise económica na Venezuela, país com as maiores reservas de petróleo no planeta, que se tem traduzido em escassez de todo o tipo de produtos, hiperinflação e numerosas deficiências nos serviços públicos.

Por estas razões, decorrem diariamente no país dezenas de protestos, exigindo comida, transportes, água, eletricidade e melhores salários, entre outras coisas.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Alverca 2-0 Sporting | Leões desinspirados afastados da Taça pelo Alverca

O Alverca surpreendeu hoje o Sporting com uma vitória por 2-0, na terceira eliminatória da Taça de Portugal, tornando-se no primeiro grande «tomba-gigantes» da competição ao afastar o atual detentor do troféu. Alex Apolinário, aos 10 …

A Barbie também arrenda casa no Airbnb

A boneca mais famosa do mundo celebra 60 anos. Agora, a empresa que produz a Barbie, a Matel, tornou a boneca uma anfitriã no Airbnb e vai arrendar uma mansão à beira-mar em Malibu, na …

Os primeiros bebés podem nascer no Espaço daqui a 12 anos

A empresa SpaceBorn United pretende realizar missões espaciais entre 24 e 36 horas para que algumas mulheres dêem à luz em órbita dentro de 12 anos. A notícia é avançada pelo fundador e CEO da empresa, …

Japão importou cinco vírus mortais, incluindo Ebola, por causa de Tóquio 2020

Com os Jogos Olímpicos à porta, um laboratório japonês decidiu importar cinco vírus mortais, nomeadamente Ebola, para fazer frente a um eventual surto durante a competição que vai levar ao país mais de 600 mil …

Empresa anónima quer os direitos do seu rosto para construir robôs (e paga 115 mil euros)

Uma empresa privada anónima está a oferecer 115 mil euros pelos direitos de usar o seu rosto numa nova linha de robôs humanóides. A empresa quer usar a imagem para dar uma cara a um robô …

Empresa está a vender vinho (com flocos de ouro) para celebrar o Brexit

Quando o Reino Unido abandonar a União Europeia, uma saída programada para 31 de outubro, é provável que as pessoas celebrem com um vinho especial com flocos de ouro. Para aqueles que querem celebrar a saída …

Neandertais ocuparam ilhas do Mediterrâneo dezenas de milhares de anos antes do que se pensava

Cientistas descobriram provas de que a ilha de Naxos, na Grécia, já era habitada por neandertais há 200.000 anos, dezenas de milhares de anos antes do que se pensava até agora. Um estudo publicado esta quinta-feira …

Testes "bárbaros" em macacos levam ativistas a pedir encerramento de laboratório alemão

Durante meses, um ativista pelos direitos dos animais trabalhou no Laboratório de Farmacologia e Toxicologia (LPT, na sigla inglesa), em Hamburgo, na Alemanha, onde testemunhou situações de violência contra os animais utilizados em testes e …

Próxima cimeira do G7 vai ser num resort de Donald Trump

A próxima cimeira do G7 será realizada num dos clubes de golfe do Presidente norte-americano, Donald Trump, na Florida, e o clima não constará da agenda de trabalhos, disse esta quinta-feira o chefe de gabinete …

Russos e ucranianos estão em guerra por causa de sopa

A sopa de beterraba é russa ou ucraniana? Um tweet do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação Russa veio falar em prato nacional e a reação na Ucrânia não tardou a chegar. O tweet é de …