O material mais antigo já descoberto na Terra é mais velho do que o Sol

(h) Janaína N. Ávila

Os grãos da poeira encontrada

Um grupo de cientistas descobriu, num meteorito que caiu há mais de 50 anos na Austrália, poeira estelar que é o material mais antigo até agora encontrado na Terra, anunciou esta semana o Field Museum, de Chicago, Estados Unidos.

A poeira estelar, que os investigadores calculam ter entre cinco e sete mil milhões de anos, encontrada no meteorito “é o material sólido mais antigo já encontrado e conta-nos como é que as estrelas se formaram na nossa galáxia”, disse Philipp Heck, curador do Field Museum e professor associado da Universidade de Chicago.

Comparativamente, a idade do Sol está estimada em 4,6 mil milhões de anos e a da Terra em 4,5 mil milhões de anos. O portal Science Alert frisa que a poeira encontrada é algumas centenas de anos mais antiga do que o próprio Sistema Solar.

As estrelas formam-se a partir de nuvens de poeira e gás e quando morrem produzem também nuvens de poeira cósmica, que voltam a formar outros corpos celestes, como novas estrelas, planetas, luas ou meteoritos.

Philipp Heck e a sua equipa analisaram o meteorito – que caiu no estado australiano de Victoria em 28 de setembro de 1969 – e encontraram partículas denominadas ‘grãos minerais pré-solares’, anteriores à formação do Sol, que terão ficado presas no meteorito e que já tinham sido isolados há cerca de 30 anos na Universidade Chicago.

De acordo com os investigadores, grãos pré-solares são encontrados em apenas cerca de cinco por cento dos meteoritos que caíram na Terra.

Jennika Greer, estudante do Field Museum e da Universidade Chicago e coautora do estudo, explica, num comunicado do Field Museum, que o processo de análise do material presente no meteorito “começa com a trituração de fragmentos do meteorito até ficarem em pó, que se torna numa espécie de pasta e cheira a manteiga de amendoim podre”. A ‘pasta’ é depois dissolvida em ácido até restarem apenas os grãos pré-solares.

Philipp Heck adianta que os grãos pré-solares foram analisados para detetar o seu tempo de exposição a raios cósmicos, que interagem com a matéria e formam novos elementos. “Quanto mais tempo estiverem expostos, mais elementos se formam”, explicou.

“Com este estudo, determinamos diretamente a vida útil da poeira estelar. Esperamos que investigadores possam usá-lo como ponto de partida para modelos de todo o ciclo de vida galáctico”, disse o cientista.

Os resultados da investigação foram esta semana publicados na revista científica PNAS.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Belenenses 0-3 Benfica | Vendaval suíço após o descanso

O Benfica venceu o dérbi com a Belenenses SAD, em jogo a contar para 22ª jornada da Liga NOS, por 3-0. Uma partida que teve uma primeira parte mal jogada e com muitas dificuldades para as …

Investigador apresenta nova geração de drones minúsculos e ágeis. São inspirados em mosquitos

Os mosquitos são insetos incrivelmente acrobáticos e resistentes durante o voo, o que os ajuda a navegar entre rajadas de vento, obstáculos e incertezas. Agora, uma equipa de investigadores construiu um sistema que se aproxima …

OMS considera que a pandemia podia ter sido evitada se alguns países não tivessem sido lentos a reagir

O diretor-geral da OMS afirmou esta segunda-feira que alguns países reagiram lentamente à declaração de emergência sanitária global em janeiro de 2020, desperdiçando-se uma "janela de oportunidade" para evitar a pandemia de covid-19. "A 30 de …

Louvre recupera armadura do século XVI roubada há quase 40 anos

O peitoral e o capacete elaboradamente decorados, que estavam desaparecidos desde 1983, datam do século XVI e voltaram finalmente ao museu do Louvre, em França. Quase quatro décadas depois, um peitoral e um capacete do século …

Queixas por cibercrime disparam. Fraude com MB Way foi o crime mais denunciado

O Ministério Público (MP) da Comarca de Lisboa registou 6676 denúncias por crimes informáticos em 2020, um aumento de 15% (mais 998) face a 2019. MB Way é um dos sistemas onde estão associadas mais …

Centro Hospitalar Lisboa Norte vai alargar uso de medicamento para fibrose quística a mais cinco doentes

O diretor clínico do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN), Luís Pinheiro, disse hoje que a instituição já usa há cerca de um mês um novo medicamento para a fibrose quística, que poderá chegar em …

No Porto, haverá transporte para vacinação disponível para todos a partir de terça-feira

Todos os munícipes do Porto que forem convocados no âmbito do plano de vacinação contra a covid-19 vão poder usufruir de um programa de transporte em colaboração com as centrais de táxis, anunciou hoje a …

Mina que produziu diamante para Isabel II investigada por abuso de direitos humanos

Uma mina da Tanzânia, que produziu um diamante rosa para um dos alfinetes de peito favoritos da rainha Isabel II, está a ser investigada por haver suspeitas de que os seguranças do local agrediram e …

Julgamento de polícia acusado de matar George Floyd adiado por pelo menos um dia

O julgamento do polícia branco acusado do assassínio do afro-americano George Floyd não começará antes de terça-feira, decidiu hoje o juiz após o debate sobre a natureza das acusações contra Derek Chauvin. Libertado sob fiança, Derek …

Nas presidenciais, os jovens votaram menos em Marcelo e André Ventura

Os jovens portugueses, entre 18 e 30 anos, votaram menos em Marcelo Rebelo de Sousa e em André Ventura do que a restante população, nas eleições presidenciais de janeiro, e colocaram João Ferreira na última …